Advogado salva casamento com 4 perguntas em bilhete

Parece até história inventada, mas aconteceu de verdade, em Minas Gerais, na cidade de São Sebastião do Paraíso. O advogado Rafael Gonçalves, que se tornou conhecido nas redes sociais, nos últimos dias; conseguiu salvar o casamento de uma cliente com um bilhete e apenas quatro perguntas simples.

Segundo ele, no momento em que a mulher o procurou no escritório, em busca de informações sobre o processo de divórcio, ele propôs um desafio a ela e ao marido: que eles respondessem e refletissem sobre como haviam chegado àquele estágio tão crítico.

Conforme contou o advogado, enquanto a cliente relatava a ele os problemas que estava enfrentando e porque havia tomado a decisão de se divorciar ele conseguiu perceber que ainda havia carinho naquela relação. De forma geral, a mulher reclamava da falta de atenção do marido e de como ele havia se tornado uma pessoa diferente depois do casamento.

A salvação do casamento

Foi assim que Rafael escreveu, no mesmo papel onde anotou a documentação necessária para dar entrada ao divórcio, as perguntas que salvaram o casamento da cliente e que estão viralizando na internet, como uma receita de tolerância e amor.

Veja, abaixo, o bilhete:

1

1. Eu fiz tudo o que pude para salvar meu casamento?
2. O divórcio é a melhor opção hoje?
3. Quem são minhas maiores influências?
4. Quantos momentos vocês superaram juntos e como se conheceram?

O advogado explicou que era para o casal responder a essas perguntas juntos. Se, depois disso, entendessem que a separação era o melhor, que voltassem com a documentação.

Reconciliação

Rafael conta que perdeu uma cliente, mas que ficou feliz quando, dias mais tarde, a mulher e seu marido voltaram, juntos, ao escritório. O casal chegou ao entendimento que estavam passando apenas por uma crise comum e que desmanchar o casamento seria precipitado. Eles devolveram o bilhete ao advogado, para que ajudasse a salvar o casamento de mais pessoas.

Agora, se você está se perguntando o que levou o advogado a agir assim, a resposta dele é ainda mais emocionante que a história do casamento salvo. Conforme explicou, que só fez o que aprendeu na faculdade: intermediar um conflito e tentar solucioná-lo antes de levá-lo à justiça e sem cobrar nada.

2

O conselho de Rafael para todos que estão prestes a destruir um casamento é para que reflitam juntos, pesem tudo o que viveram juntos, pensem se já esgotaram todas as opções e tentativas de corrigir a relação. No entanto, o mais importe, segundo ele, é não permitir que nem familiares, nem amigos (especialmente os divorciados), interfiram na decisão.

Uma verdadeira lição de amor, não acharam?

E, se quiser continuar se emocionando, leia também: Mãe com câncer terminal prepara cartas para confortar filha depois da morte.

Fonte: Rede TV