Gêmeas nascem com cor da pele diferente e o motivo é surpreendente

Essas pequenas gêmeas americanas são o sucesso da internet desde que nasceram, isso porque são uma raridade genética. Apesar de gêmeas, as irmãs não são nada parecidas: Uma é caucasiana e a outra negra.

Essa condição é raríssima e pode acontecer 1 em 500 casos. Elas são gêmeas fraternas, ou seja foram dois espermatozoides separados, que fertilizaram dois óvulos diferentes, assim produzem gêmeos com cromossomos diferentes.

A raridade genética que encantou a internet

Outro fator decisivo para que as crianças nascessem tão diferentes, é que os pais formam um casal inter-racial. A mãe, Whitney Meyer, é caucasiana e o pai, Jarani é afro-americano.

Os pais se orgulham muito dos bebês, e para alegria dos internautas, sempre postam fotos das pequenas celebridades na internet.

O caso das gêmeas de cor de pele diferente ganhou os jornais do mundo todo, e a mãe relatou “Quando as minhas filhas nasceram eu quis acreditar. Como é tão raro eu nunca pensei que lhes aconteceria”.

“Quando saímos à rua as pessoas começam a olhar para elas porque eu visto-as da mesma maneira”, acrescentou a mãe.

“Nós somos um casal inter-racial e isso significa tudo para mim. Somos iguais”, revelou Meyer.

Kalani e Jarani Dean não são as únicas gêmeas com cor de pele diferente

Apesar de raro, esse não foi o único caso de gêmeas que nasceram com a cor da pele diferente. As britânicas Maria e Lucy Aylmer, é outro exemplo dessa inusitada situação genética.

Lucy é ruiva, tem olhos azuis e cabelo liso, já Maria é negra, olhos escuros e cabelos encaracolados. São filhas de mãe jamaicana e pai inglês. As gêmeas, hoje adultas, disseram já terem que mostrar documentos para comprovar serem irmãs.

E por falar em gêmeos, leia essa matéria da mãe que teve 7 gêmeos em uma só gravidez: Veja como estão os primeiros séptuplos do mundo, 19 anos depois.

Fonte: Hypeness