10 comidas que dão mais fome e como driblar esse efeito

Quem nunca terminou de comer e, depois de um tempinho, já estava com fome de novo? Embora isso seja bem comum, especialmente durante a TPM, a verdade é que não é certo e, segundo os nutricionistas, existem comidas que dão mais fome e são as verdadeiras responsáveis por esse efeito.

Conforme os especialistas, isso acontece porque alguns tipos de alimentos, como você está prestes a ver, abrem o apetite e fazem com que você coma mais. Petiscos são um bom exemplo disso e nem mesmo o cafezinho preto de cada dia escapa dessa lista miserável, que você confere a seguir.

Continuar com fome depois de comer não é nada incomum quando não nos alimentamos com comida de verdade. Carboidratos simples como bolos, pães, biscoitos, etc alimentos com alto teor de gordura saturada e sódio bloqueiam os mecanismos fisiológicos que proporcionam sensação de saciedade. Ao ser ingerido, o carboidrato é transformado em açúcar pelo nosso organismo para ser utilizado como energia pelo corpo. Quanto mais rápido essa transformação acontece, mais rápido o açúcar é inserido no nosso sistema, o que gera uma liberação maior de insulina, hormônio que precisa ser devidamente metabolizado e é aí que o problema começa: o aumento dessa liberação diminui os níveis de glicose, podendo causar até uma hipoglicemia. Conclusão: você sente mais necessidade de comer para repôr a energia que já foi gasta, começando um ciclo vicioso cujas possíveis consequências são compulsão alimentar, resistência insulínica e até a diabetes.

Uma publicação compartilhada por Patricia Davidson Haiat (@patriciadavidsonhaiat) em

De acordo com a nutricionista Patrícia Davidson, que cuida a alimentação de várias famosas, carboidratos simples e alimentos ricos em gordura satura e sódio, como a batata frita, são ótimos exemplos de comidas que dão mais fome.

Isso acontece, segundo ela, eles bloqueiam os mecanismos fisiológicos que dão a sensação de saciedade e, por isso, a gente fica com vontade de comer mais.

Açúcares e carboidratos

Os carboidratos simples, como as massas a base de farinha de trigo, conforme a nutricionista, são piores que a gordura saturada dentre as comidas que dão mais fome. Eles geram picos de glicose no sangue e de insulina também.

A insulina, por sua vez, faz a glicose cair rápido e essa oscilação abre o apetite, já que o corpo começa a sentir necessidade de repor açúcar.

Quando frequente no organismo, esse processo que altas e quedas pode causar sérios problemas à saúde, como a resistência à insulina, ou seja, a diabetes.

Como contornar as comidas que dão mais fome

De acordo com a nutricionista, o ideal é evitar os alimentos da “lista negra” e, em especial, os carboidratos simples. No entanto, você não precisa cortá-los radicalmente de sua alimentação, apenas procurar consumi-los de um forma mais saudável e nutritiva.

Pipoca de micro-ondas, por exemplo, pode ser substituída pela pipoca comum, estourada com azeite ou óleo de coco ou, talvez, sem óleo nenhum, como você já aprendeu nessa outra matéria (clique para ler). Torradas e biscoitos integrais, ricos em grãos e sementes e sem muitos ingredientes industrializados na receita também são boas opções.

Além da quantidade consumida, uma boa dica para contorna os efeitos das comidas que dão mais fome é comer carboidratos acompanhados de uma fonte de boa proteína, como queijo, carne, ovos; ou de uma gordura boa, como guacamole. Isso ajuda a manter a saciedade por mais tempo e reduz a velocidade da absorção da glicose.

E aí, aprendeu? Agora, se quiser ficar firme na dieta e cortar o doce por um tempo mais longo, essa outra matéria vai ajudar bastante: Gisele Bündchen revela truque para matar vontade de comer doce.

Fonte: Vix