Como acabar com a celulite em 8 passos bem simples

Tem gente que não se incomoda com o aspecto da celulite, mas para muitas mulheres a celulite e um grande vilão. Algumas deixam até usar saias e shorts mais curtos e eliminam até mesmo os biquínis por causa dos furinhos nas pernas e no bumbum.

A boa notícia é que é possível amenizar o aspecto da celulite na pele e até mesmo acabar com ela fazendo apenas algumas mudanças simples no dia a dia.

Como você vai ver, além da predisposição genética, alguns hábitos acabam piorando o acúmulo de gordura e de líquidos sob a pele, contribuindo para aquele aspecto ondulado e tão odiado pela mulherada.

Escolher melhor o que colocamos no prato, aumentar a ingestão de líquidos e sair do sedentarismo são apenas algumas das medidas que podem ajudar você a deixar de vez esse problema no passado. Quer ver?

Descubra como acabar com a celulite:

1. Entenda o seu tipo de celulite

Existe um jeito mais profissionais de identificar e classificar a celulite, mas existe um jeito mais popular de classificar seus furinhos em casa. Abaixo você conhece os conhecidos 4 graus da celulite:s

Grau 1 – Sem ondulações ou irregularidades. Ao comprimir a pele, surgem pequenas ondulações e “furinhos”
Grau 2 – Ondulações e “furinhos” já são percebidos sem comprimir a pele
Grau 3 – Nódulos claramente perceptíveis. Pode haver dor local
Grau 4 – Vários nódulos, celulite “dura”. Inchaço, comprometimento da circulação de retorno, pele com aspecto acolchoado.

2. Beba muito líquido

Água é o líquido mais milagroso para o seu corpo, tanto para a sua saúde quanto para a sua estética. Quando você bebe muita água durante o dia, as toxinas são eliminadas mais rápido do corpo e os nutrientes são absorvidos também com maior velocidade, especialmente pela pele.

No caso da celulite, a água funciona porque ela se trata de um acúmulo de água e de gordura sob a pele. Então, quando você toma mais líquidos e o expele mais rápido do organismo, você ajuda a melhorar a circulação dessa camada e a varrer esses excessos.

Agora, se você acha difícil consumir tanta água, alguns chás diuréticos podem ajudar nessa eliminação de líquidos e toxinas. Sucos naturais e sem açúcar, como o de limão; e chás como o verde, de cavalinha, hibisco, melão, melancia, abacaxi, morango, melancia e assim por diante podem ajudar bastante nessa missão.

3. Escolha os alimentos corretos

A melhor forma de acabar com a celulite, com certeza, é mudando o corpo de dentro para fora. A perda dos quilos extras ajuda muito a desinchar esses buraquinhos, assim como a escolha de alimentos. Hortaliças, proteínas magras, como ovos, frango, peixe e carne; além de lentilha, grão de bico, feijões e assim por diante são as melhores escolhas para o dia a dia.

Alimentos ricos em fibras, como aveia, quinoa, arroz integral, além de ajudarem a manter o corpo funcionando mais rápido, melhoram também o funcionamento do intestino, o que reflete no melhoramento da celulite. Isso porque o um intestino que funciona mal acaba também interferindo na circulação linfática do corpo.

4. Fuja dos alimentos “ruins”

Mas, se você quiser acabar com sua celulite, não adianta nada comer bem no almoço e se esbaldar em alimentos gordurosos, açucarados e cheios de outras coisas que ativam a inflamação das células de gordura. Da mesma forma são as comidas muito salgadas, ricas em sódio, nos fazem reter líquidos.

Mas, calma, nem toda gordura é ruim. Você deve evitar frituras e alimentos ricos em gordura hidrogenada, por exemplo, mas pode e deve consumir boas gorduras, como azeite, abacate, oleoginosas e assim por diante.

5. Faça exercícios físicos

Malhar pode ser chato no começo, mas depois que você pega o ritmo muda seus hábitos, sua saúde e sua beleza física, tudo para melhor, claro. No caso da celulite, o exercícios físicos ajudam a melhorar a circulação, impedem a retenção de líquidos e tonificam o corpo.

Os melhores, nesse caso, são os que ajudam a eliminar a gordura localizada no quadril e nos glúteos, por exemplo. Além da musculação, outras atividades que ajudam nisso são a corrida, a caminhada, andar de bicicleta e o pilates.

6. Experimente a drenagem linfática

Se você aliar a boa alimentação, com uma melhor hidratação do corpo e a prática de exercícios com alguns tipos de massagens específicos para ativar a circulação e reduzir as toxinas, os resultados para acabar com a celulite serão potencializados.

A drenagem linfática, por exemplo, é uma ótima opção. Ela tira o acúmulo dos líquidos, quebra a gordura cristalizada e ajuda a emagrecer a a perder medidas. Embora para manter os resultados o tratamento deva ser contínuo, é possível perceber as roupas mais folgadas e o aspecto mais liso da pele a partir da 4 sessão, por exemplo.

7. Abuse dos tratamentos caseiros

Você também pode fazer massagens em casa, todos os dias, para melhorar o aspecto da celulite, sabia? Cremes a base de retinol e de cafeína ajudam bastante nessa missão, mas é preciso massagear bem para que os nutrientes penetrem na pele.

Estudos em laboratório mostraram que essas substâncias aumentam a quantidade de colágeno na pele, fazendo que ela fique espessa e mais elástica. Isso ajuda muito a melhorar o aspecto da celulite.

O próprio pó de café pode ser usado nas regiões que concentram a celulite. Aliás, nós já ensinamos como usar essa solução caseira nessa outra matéria aqui.

8. Potencialize os resultados com tratamentos estéticos

Para casos mais graves de celulite ou para resultados mais rápidos, existem também os tratamentos estéticos, como a endermologia, manta térmica radiofrequência, mesoterapia, carboxiterapia, ultrassom com lipolíticos (ultrassom estético), gesso liporedutor, criolipólise, subcisão, lipocavitação, ondas acústicas, corrente russa, entre outras.

Mas, nesse caso, claro, vai depender bastante do bolso de cada uma.

E aí, gostou das dicas? Como dá para perceber, as dicas não se tratam de milagres. Se a celulite incomoda você, é preciso dedicação e disciplina para melhorar a saúde e o aspecto da pele.

Agora, falando em melhorar a forma física, você pode gostar de conferir também: Como evitar assadura em coxas grossas ou gordinhas.

Fontes: Minha Vida, Mundo Boa Forma