Ácido para espinhas: os mais indicados para a pele e como usar

O ácido para espinhas em síntese é um poderoso ativo. Ele basicamente desobstrui os poros e sobretudo controla a oleosidade da pele.

Antes de mais nada é importante ressaltar que os ácidos sempre foram ótimos para tratar vários problemas de pele. Portanto, além do ácido para espinhas existem opções para diversas outras coisas. Como, por exemplo, para clarear manchas, outros para amenizar cicatrizes, para diminuir rugas e até mesmo estrias.

Entretanto, a única semelhança entre eles é o pH inferior a sete, que caracteriza as substâncias ácidas. Sendo assim, jamais use um ácido específico para cumprir uma outra função.

Antigamente o ácido para espinhas era exclusividade de cremes e loções manipulados a pedido do médico. Contudo, hoje eles se popularizaram e fazem parte da composição de muitos outros cosméticos para o rosto.

Cuidados com o Ácido para espinhas

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Pergunte ao dermatologista

Definitivamente você não deve em nenhuma circunstância exagerar na aplicação. O uso abundante da substância pode causar irritabilidade, ressecamento e inclusive manchas na pele. Portanto, antes de mais nada você deve procurar um dermatologista e posteriormente seguir todas as recomendações de como usar o ácido para espinhas corretamente.

Outra questão é quando se trata de tratamentos com ácidos para a pele, é sempre importante avaliar se a substância não é fotossensibilizante. Isto é, se ela deixa a pele mais sensível quando exposta ao sol. Sobretudo ele não é indicado para se expor diretamente ao sol.

Além disso, teste sempre o ácido para espinhas em uma região pouco visível do corpo, como a orelha ou o vão entre os seios, para verificar se ocorre alguma reação alérgica.

Por fim, como a pele da região ao redor dos olhos é mais fina, existem produtos com uma concentração menor de ácido para espinha nessa área em específico.

O ativo que funcionou para uma amiga pode não funcionar para você

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Uol

O grau de acne, as características individuais e o estilo de vida determinam o caminho que o dermatologista seguirá para você. Então, antes de usar um ácido para espinhas procure aconselhamento de um médico.

Como o ativo deve ser usado?

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
M de mulher

Sobretudo o uso do ácido para espinhas vai depender muito da concentração. Basicamente em baixa quantidade, esse ativo pode ser utilizado em casa, com cremes e até gel de limpeza facial e sabonetes. Por outro lado, em altas concentrações, a substância deve ser utilizada somente no consultório dermatológico para tratamento da acne e oleosidade da pele.

Tipos de ácidos para pele

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Diário da manhã

Ácido salicílico

Em suma esse ácido é usado no tratamento de espinhas e acnes. Além disso, ele também afina a pele, diminuindo a produção de gordura e por fim protege contra as bactérias.

Mas é de suma importância salientar que ele não acaba com as espinhas que já existem, apenas impede que novas surjam. E sobretudo antes de iniciar um tratamento com ácidos, é necessário fazer uma limpeza de pele para eliminar as espinhas existentes.

Ácido reinóico

Muito popular assim como o ácido salicílico, o retinóico é muito recomendado para o tratamento das cicatrizes causadas pela acne. Isso porque ambos eles ajudam a melhorar a textura da pele, consequentemente tornando-a mais uniforme e amenizando as manchas. Os dois ácidos para espinhas funcionam muito bem juntos, tanto que alguns tratamentos costumam mesclar o uso desses dois ativos como em procedimentos de laser, dermoabrasão ou microagulhamento.

Ácido ferúlico

Sem dúvidas ele é um poderoso antioxidante de origem vegetal e ajuda a combater rugas e manchas, sendo um ótimo ácido para espinhas também. Bem como também é um dos que previne contra o envelhecimento precoce, além de proteger a pele contra o estresse oxidativo dos raios Ultravioleta UV, estimulando a produção de colágeno.

Ácido glicólico

Em síntese ele trata estrias, além de suavizar o fotoenvelhecimento, ou seja, os efeitos do sol na pele, como manchas, linhas de expressão e inclusive a flacidez.

Ácido azelaico

Definitivamente esse ácido é para quem pretende tratar espinhas mais severas. Já que possui propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, ou seja, age melhorando as inflamações das espinhas na pele. Por fim, ele também tem ação despigmentante, que ajuda a diminuir as manchas causadas pelas espinhas.

Produtos para espinhas mais utilizados e indicados

E para finalizar, alguns dos produtos com ácidos para espinhas mais indicados no mercado atualmente:

Clarité Sérum

Valor 150,00

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Farmagora

Coquetel de Ácidos da Bel Col

Valor: 36,49

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Bel col

Cleans AHA’s

Valor: 90,00

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Magazine Luiza

Secatriz

Valor: 50,00

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Giga farma

Azelan

Valor: 60,00

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Mercado livre

Actine

Valor: 40,00

Ácido para espinhas- como usar e dicas de melhores ácidos
Carrefour

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aliás, aproveite para conferir também: Ácido salicílico – O que é, como usar e contraindicações.

Imagem de destaque: Tudum 

Fontes: Purepeople M de mulher Derma club  Derma Club 


Outras postagens

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários