Curiosidades

Conheça a história bizarra do Christian Gray da vida real

E se o galã de 50 Tons de Cinza existisse de verdade? Acredite, seria terrível! Conheça, abaixo, a história bizarra do Christian Gray da vida real:

Atualizado em 10/10/2018

Enquanto, para muitas mulheres, ter um Christian Grey da vida real seria um verdadeiro sonho (depravado) se tornando realidade. Mas, a história que você vai conhecer hoje está longe de ser um conto de romance e mais longe ainda do enredo do livro e do filme 50 Tons de Cinza, que encantou a mulherada.

Isso porque o Christian Grey da vida real parece não ter nada de bom para compartilhar, nem mesmo na hora do rala e rola. Alexandre Boettcher, como você vê na foto, é um cara bonito, de 30 anos, do tipo que seria cobiçado por qualquer mulher (e até mesmo pelos homens), viciado em malhação, ricaço e super, mega, hiper narcisista.

Até aí, tudo parece igual com o filme polêmico, não? O problema, no entanto, é que a polícia teve que intervir na história do Christian Grey da vida real, que chegou a ser condenado pela justiça italiana a 14 anos de prisão! O que ele fez?

1

De acordo com a imprensa, o Christian Grey da vida real, apesar de casado com a modelo croata Gorana Bulog, manteve um caso extraconjugal “tóxico”, durante muito tempo, com uma estudante de 20 anos, chamada Martina Levato. O problema dessa história, no entanto, não é somente a traição: o Christian Grey da vida real mantinha amante como escrava “pessoal”!

Ele conheceu Martina em um bar, na Itália, e a partir dai começou sua relação com ela. Mas, apaixonado em jogos sexuais como ele sempre foi, tratou de fazer da garota uma espécie de Anastasia Steele piorada, transformando a amante em sua submissa em todos os sentidos.

3

O Christian Grey da vida real tinha tamanho controle sobre Martina que chegou a gravar as iniciais de seu nome no rosto da amante, em sinal da eterna devoção dela a ele. E detalhe: com bisturi! Tem lógica?

Mas, pelo que parece, o Christian Grey da vida real não tinha somente Martina como escrava. Ele sempre manteve trios para apimentar sua vida íntima e chegava a obrigar suas amantes a pedir autorização antes de tocá-lo, já que se considerava o “rei” e um “mestre”. Esses, aliás, era alguns dos nomes pelos quais a garotas eram obrigadas a chamá-lo.

2

Com relação a Martina, o problema se tornou caso de polícia quando o Christian Grey da vida real resolveu forçar a amante a jogar ácido no rosto de seus ex-namorados. A proposta, segundo contou a menina (idiota) era purificá-la de seus pecados anteriores.

Uma das vítimas do ácido, como você vê na foto abaixo, foi Pietro Barbini, namorado de Martina na adolescência. O rapaz precisou passar por cirurgias para reconstituir as pálpebras e o nariz, depois que garota atirou ácido clorídrico em seu rosto. Segundo registros da polícia italiana, Pietro ainda tentou dissuadir Martina da missão e convencê-la a largar Alexandre, mas a reação da moça foi bem ruim, já se sentia na obrigação de proteger seu “amo”.

4

Segundo o jornal Daily Mail, o Christian Grey da vida real e sua escrava, Martina, foram presos e condenados a 14 anos de prisão, cada um. Eles, no entanto, não apresentaram qualquer sinal de remorso durante o julgamento e a condenação.

Apesar disso, o Christian Grey da vida real tentou se defender. Ele disse, para o Juiz, que Martina agia sem o conhecimento dele e que só estava interessado no dinheiro que ele tem.

5

Pegou mal ou pegou muitíssimo mal?

Ainda sobre histórias bizarras, você precisa conhecer também: Ex-modelo desfigurada por fogo choca o mundo por superação.

Por <a href='https://areademulher.r7.com/author/thamyris/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Thamyris Fernandes</a>
Por Thamyris Fernandes
Jornalista pela PUC Goiás. Já flertou com assessoria de imprensa, passou um tempo em jornais impressos e encontrou na internet seu habitat natural. Basicamente, uma taurina curiosa. Gosta de vinho, café, livros, um bom papo e aconchego. Ama o que faz e faz o que ama por aqui. Instagram: @thamyriscf