Mulheres empreendedoras – 14 histórias de sucesso para você se inspirar

As mulheres empreendedoras são sinônimos de garra e poder feminino! Luiza Helena Trajano, por exemplo, é a responsável pelo sucesso do Magazine Luiza.

Graças aos movimentos feministas, atualmente está cada vez mais comum encontrar mulheres empreendedoras donas de grandes negócios. No entanto, entrar para o mundo do empreendedorismo feminino não é uma tarefa fácil, aliás, 45% dos lares brasileiros são chefiados por mulheres e a dificuldade de lidar com a dupla jornada é muito grande.

Além disso, é importante ressaltar que muitas mulheres empreendedoras enfrentam o medo de não serem levadas a sério no mundo dos negócios já que, infelizmente, ainda existe muita desigualdade no mercado. Afinal, o trabalho masculino ainda tem maior valorização.

No entanto, apesar das dificuldades, as mulheres empreendedoras felizmente existem e continuam inspirando muitas mulheres a conquistarem seu espaço no mercado financeiro e a tão sonhada independência financeira. Conheça a história de algumas delas!

Mulheres empreendedoras para se inspirar

Luiza Helena Trajano | Magazine Luiza

Mulheres empreendedoras - 14 histórias de sucesso para você se inspirar
Infomoney

Para começar com o pé direito, vamos contar um pouquinho sobre a brasileira Luiza Helena Trajano que é uma das mais inspiradoras, aliás, ela é uma das mulheres mais poderosas do Brasil.

Luiza está à frente de uma das maiores marcas do varejo do país, a Magazine Luiza, atuando como Presidente do Conselho de Administração do Magalu e Embaixadora Endeavor.

A Magazine Luiza além do e-commerce, conta com 113 lojas físicas, distribuídas por 819 cidades, de 21 estados e, está no ranking das “Melhores empresas para se trabalhar”, há 22 anos consecutivos.

Luiza Helena Trajano é uma das mulheres empreendedoras que mais recebeu reconhecimentos como empresária e líder – ficando em 1º lugar, por dois anos consecutivos, como líder de negócios com melhor reputação no Brasil, de acordo com a Merco, e também como a única executiva brasileira na lista global do WRC – World Retail Congress.

Cristina Junqueira | Nubank

Exame

Co-fundadora do Nubank, Cristina Junqueira é uma das mulheres empreendedoras que mais revolucionou os serviços financeiros do Brasil, oferecendo um cartão de crédito sem banco.

Cristina é engenheira de produção e mestre em engenharia pela USP. Além disso, ela também possui um MBA pela Northwestern University, uma das melhores escolas de negócios dos Estados Unidos.

Antes do Nu, ela foi analista interna no Itaú Unibanco, consultora na Booz Allen Hamilton e depois no Boston Consulting Group.

O Nubank que já conta com 10 milhões de clientes é considerada uma das fintechs mais revolucionárias do país.

Chieko Aoki | Blue Tree Hotels

Uol

Chieko Aoki é um exemplo que é possível começar do baixo, aliás, a empreendedora atuou na área de hotelaria desde os anos 80, mas, inicialmente, era apenas diretora de marketing de uma rede de hotéis de luxo. Hoje, Chieko é fundadora e presidente da rede Blue Tree Hotels, uma das maiores cadeias hoteleiras do país e benchmark.

Atualmente, a rede Blue Tree Hotels tem mais de 20 unidades em todo o território nacional e é referência em excelência de serviços.

Mulheres empreendedoras: Zica Assis | Beleza Natural

Globo

Quem diria que uma ex-empregada doméstica, um ex-taxista e dois ex-atendentes do McDonald ‘s seriam donos do primeiro e maior instituto especializado em cabelos crespos e cacheados do Brasil. Bom, essa é a história de Zica Assis, uma das maiores empreendedoras do país.

Tudo começou há 21 anos atrás, quando Zica começou a misturar produtos e matérias-primas em busca da fórmula ideal para seu cabelo cacheado. Quando finalmente encontrou a fórmula, Zica, em parceria com seus amigos, abriu a empresa Beleza Natural que, aliás, hoje, é sucesso entre todas as cacheadas do Brasil.

Mônica Hauck | Sólides Tecnologia

Exame

Graduada e pós-graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais e Fundação Getúlio Vargas, Mônica Hauck é empreendedora, founder e CEO da Sólides Tecnologia. Além disso, ela é vencedora do Prêmio Mulheres Notáveis, categoria tecnologia.

A Sólides é uma startup que desenvolve Software de Gestão Comportamental de Pessoas e chegou para inovar o mundo dos negócios!

Sônia Hess | Dudalina

Es Brasil

A história da marca Dudalina, nasceu em 1957, quando Seu Duda, por algum engano acabou comprando mais tecidos do que deveria para sua esposa, Dona Lina, fabricar as roupas que vendiam. No entanto, ao invés de se desesperar com o prejuízo, Dona Lina teve uma ideia genial de descosturar uma camisa que tinha muita saída na venda, aprender a confeccioná-la e contratar outras costureiras para passarem a vendê-las.

Mas, afinal, quem é Sônia Hess? Bom, a Sônia é a única filha mulher do casal que, aliás, possui outros 11 filhos homens. Com espírito empreendedor e vontade de crescer no mercado, Sônia Hess assumiu a presidência da camisaria dos pais e a transformou na maior exportadora de camisas do país.

Mulheres empreendedoras: Cecília Prado | Cecília

Mulheres empreendedoras - 14 histórias de sucesso para você se inspirar
Viviane Feitosa

Nascida no interior de Minas Gerais, Cecília Prado cresceu em meio artesãos, onde seus familiares atuavam fazendo tricô. Então, ela seguiu a carreira de estilista e resolveu expandir a produção do negócio. Para isso, ela uniu o artesanato com tecnologia e fundou, em 2006, a marca que leva seu nome: Cecília.

Hoje Cecília faz sucesso em todo o Brasil e exporta seus produtos para mais de 20 países nos 5 continentes.

Marina Silva | Black Money

Profissionais SA

CEO do Movimento Black Money, Marina Silva é uma empreendedora que chegou para inovar o mercado com uma proposta de autonomia da comunidade negra na era digital.

O movimento Black Money tem como foco a comunicação, educação e geração de negócios para pretos(as).

Alcione Albanesi | FLC

Globo

Alcione Albanesi começou a vida no mercado de trabalho cedo, aos 14 anos, com um trabalho de modelo. No entanto, o sonho de Alcione sempre foi ser uma grande empreendedora e confeccionar suas próprias roupas, por isso, aos 17 anos, ela montou sua própria confecção e já tinha 80 funcionários.

Então, com o decorrer do tempo, Alcione viu uma oportunidade de exportar lâmpadas fluorescentes dos EUA e da China onde eram vendidas com um preço muito menor que no Brasil, e implantou as vendas no país. Essa ideia vem dando muito certo desde então e tornou a FLC líder no mercado.

Paula Abreu | Escolha sua vida

Escolha sua Vida

Paula Abreu tinha a vida que muitos sonham ter, aliás, ela era uma advogada renomada, tinha escritório, uma casa boa e um ótimo carro. No entanto, ela sempre foi fascinada pelo mundo do empreendedorismo, então, decidiu que iria ajudar as pessoas a seguirem seus sonhos.

Atualmente, Paula é uma das coaches mais seguidas do Brasil.

Mulheres empreendedoras: Janete Vaz e Sandra Costa | Laboratório Sabin

GPS Lifetime

As bioquímicas Janete Vaz e Sandra Costa sempre quiseram ir além das suas profissões, do que acabar trabalhando em farmácias, hospitais ou laboratórios, aliás, desde criança as duas tiveram inspirações empreendedoras dentro de casa. Janete foi influenciada pelo pai que fazia negócios de alpendre e Sandra, por sua vez, pela mãe, que era costureira e vendia suas roupas.

Os valores herdados pela família, portanto, fizeram das duas uma das mulheres empreendedoras mais famosas do país. Isso porque as duas, com apoio de profissionais especializados, fundaram o Laboratório Sabin e fizeram da empresa uma das mais reconhecidas do Brasil.

Ana Fontes | Rede Mulher Empreendedora

Mulheres empreendedoras - 14 histórias de sucesso para você se inspirar
Reserva

Um dos maiores exemplos de mulheres empreendedoras que buscam inspirar outras pessoas, é a Ana Fontes. A empresária é criadora de uma rede online de sucesso, chamada “Rede Mulher Empreendedora” onde é possível encontrar dicas, fóruns e notícias relacionadas ao empreendedorismo feminino.

Arianna Huffington | The Huffington Post

Mulheres empreendedoras - 14 histórias de sucesso para você se inspirar
El País

Greco-americana, Arianna Huffington é fundadora da The Huffington Post, um site de notícias sobre ela mesma. Diferente, né? Apesar de muitos não acreditarem na proposta, o site se tornou referência no mundo inteiro e foi vendido por mais de 300 milhões de dólares.

Atualmente, Arianna, além de milionária, é conselheira da Uber.

Tânia Gomes | 33e34 Shoes

Mulheres empreendedoras - 14 histórias de sucesso para você se inspirar
Fashion Network

Tânia Gomes juntou seu espírito de empreendedora com um problema que passava no seu cotidiano, para criar seu negócio de sucesso. Mas, afinal, como tudo isso aconteceu? Bom, segundo os relatos da empresária, ela estava cansada de procurar sapatos para seu pé que, aliás, é 33 e 34. Portanto, vendo a dificuldade de encontrar opções nesse tamanho, ela notou uma oportunidade de investir em algo inovador e abriu sua fábrica de sapatos segmentada para pés pequenos.

Atualmente a 33e34 Shoes possui mais de 120 distribuidores dos seus calçados em todo o Brasil, inclusive, no Distrito Federal.

Então, o que achou dessa matéria? Aproveite para conferir também: Mulheres brasileiras – 20 nomes importantes para a história do país.

Fontes: Endeavor, Ideia no ar, Solides.

Fontes das imagens: Lista Marau, Fashion Network,  El País, Reserva, GPS Lifetime, Escolha sua Vida, Globo, Profissionais SA, Viviane Feitosa, Es Brasil, Globo 2, Exame, Uol, Exame 2, Infomoney.


Outras postagens

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários