Esse é o método anticoncepcional mais eficiente do mundo

Quem não quer ter filhos ou não se sente preparado para fazê-lo imediatamente tem sempre dúvidas sobre qual o melhor método anticoncepcional a ser usado. O mais comum hoje em dia, ainda são as pílulas anticoncepcionais, mas elas estão longe de ser as mais confiáveis, já que é preciso ter uma boa memória para tomá-las todos os dias, no mesmo horário.

De acordo com especialistas, o método anticoncepcional mais eficiente do mundo é o implante, também chamado de implantanon. Como você vai ver na lista abaixo, ele oferece um risco de falha de apenas 0,05% e é um método de longo prazo, já que é inserido abaixo da pele. Ele é altamente eficaz e conta com mínimos ou nenhum efeito colateral.

Ao lado desse anticoncepcional mais eficiente do mundo, estão outros métodos de longo prazo, como o DIU hormonal e o não hormonal. Conforme um estudo publicado pelo New England Journal of Medicine, esses são considerados os métodos mais seguros depois do implante pois podem ser “esquecidos” pela mulher após serem implantados e sua eficácia dura por anos.

Saiba mais sobre o anticoncepcional mais eficiente do mundo e outros que também são seguros:

Implante

Considerado o anticoncepcional mais eficiente do mundo, o implante se trata de um pequeno bastão que se insere embaixo da pele do braço e que libera doses de progesterona no organismo. Ele dura três anos e seu índice de falha é de apenas 0,05%.

Ele precisa de anestesia para ser implantado e retirado, e precisa ser inserido por especialista, em consultório. Sobre a fertilidade, ela retorna de um a três meses após a retirada do implante.

Algumas mulheres relatam a diminuição da libido durante o uso desse método anticonceptivo.

 

DIU com hormônio

O DIU hormonal ou mirena libera, diretamente no útero, doses pontuais de progesterona e reduz as chances de engravidar para 0,2%. A duração desse método anticoncepcional é de até 5 anos e é indicado para mulheres que não querem ter filhos imediatamente.

As desvantagens é que a mulher pode parar de menstruar ou ter o fluxo bem reduzido. Ele também precisa de anestesia para ser inserido e deve ser colocado por um especialista, em consultório. No caso de mulheres que acabaram de dar à luz, é preciso esperar cerca de seis semanas após o parto.

Ele também pode ser retirado a qualquer momento, no entanto, a fertilidade da mulher só retorna ao normal dentre de um a três meses após a retirada, já que se trata de um método hormonal.

 

Injeções de progesterona

Essa é a melhor opção para quem sofre com anemia ou endometriose, já que cessa a menstruação. A injeção precisa ser aplicada a cada três meses e é indicado para quem não quer ter filhos em “médio prazo”.

Ela pode causar retenção de líquido e alteração no peso. Sua eficácia, no entanto, é de 0,3%.

DIU sem hormônio

Também conhecido como DIU de cobre, a chances dele falhar é menor de 1%. No organismo, ele dura 10 anos e pode ser colocado logo após o parto.

Ele também pode ser retirado a qualquer momento, caso a mulher queira engravidar, já que a fertilidade da mulher volta imediatamente após a retirada.

A desvantagem é que ele aumenta o fluxo menstrual.

E então, você sabia qual é o método anticoncepcional mais eficiente do mundo? Quais desse métodos considerado seguros você utiliza ou já utilizou? Não deixe de comentar!

Agora, falando em anticoncepcionais, você pode se interessar em conferir ainda: As chances de engravidar com cada método contraceptivo se usado errado.

Fontes: Revista Crescer, Vix