Moda

Moda circular: o que é e como praticar?

Moda circular é um conceito muito interessante que visa aumentar o tempo de vida de peças de roupa ao passá-las para frente. Entenda.

Se você já está familiarizada com o termo moda circular, ótimo, se não é hora de conhecer, entender e implementar isso na sua vida. A moda circular é um conceito baseado na possibilidade de reutilização de peças de roupa. 

Sendo assim, ela é caracterizada por ser o oposto do caminho linear dos produtos, que são fabricados, vendidos, usados e descartados de forma contínua. A moda circular por sua vez surge como uma opção à esse padrão que está diretamente ligado ao consumismo desenfreado que acaba afetando não só o meio ambiente, mas tem efeito em cadeia afetando todas as etapas de produção. 

Então, ao praticar a moda circular, as roupas e acessórios vão e voltam, ganhando um novo ar, sendo utilizado e reutilizado por outras pessoas ou até mesmo tendo um uso compartilhado. Enfim, a seguir vamos entender melhor o que é moda circular, o quão positivo essa medida é e dicas de como praticar.

O que é moda circular?

A moda circular, se baseia nos princípios básicos da economia circular e do desenvolvimento sustentável. Ou seja, preservar e amplificar o capital, otimizar a produção dos recursos e estimular os processos.

Tudo isso está ligado o ciclo de vida de um produto, desde o design até o fim da vida, passando pela produção e uso. Portanto, a moda circular é uma forma de questionar como as roupas são feitas, usadas e principalmente reutilizadas. 

Então basicamente moda circular é o princípio do seu próprio nome: a circulação de peças de roupa, sapato e acessórios, com a ideia de reduzir a necessidade de produção e a exploração das matérias primas. 

É uma oportunidade para todo mundo observar a forma como se consome moda. O que você leva em consideração na hora de escolher uma peça de roupa? E o que você faz quando não usa mais essa roupa? A moda circular questiona e faz repensar tudo isso e como isso pode ser benéfico para todo mundo, para o planeta, para outras pessoas e para as futuras gerações. 

Importância

Quando falamos em poluição, a indústria têxtil fica em segundo lugar entre as mais poluentes do planeta. Sendo assim, com todos o problemas ambientais que estamos vivendo, a indústria da moda começou a mostrar preocupações com tendências que vão além do que vestir, mas que pensam sobre sustentabilidade, consumo consciente e como esses produtos impactam o mundo todo.

Na atual circunstância em que estamos, pensar e se preocupar com os rumos que o planeta está indo é uma obrigação de todos. Então, incluir práticas sustentáveis e regenerativa nada moda é fundamental em todas as etapas do ciclo de vida de um produto. 

Portanto, essa ideia de moda circular é extremamente importante e que só trás benefícios para todos. Primeiramente, a indústria da moda, na qual as peças passam a representar muito mais ao serem passadas para frente. O meio ambiente que acaba sendo menos explorado para fins de matéria prima.

E não para por ai, praticando essa ideia, também aumenta a valorização de quem faz moda de verdade, proporcionado salários maiores, o que acaba estimulando a indústria a valorizar mais a mão de obra. Além disso, evita o que é chamado de fast fashion, que é fundamentada em cima da exploração do trabalho.

Como praticar a moda circular?

No primeiro momento pode parecer um tanto quanto desafiador e desmotivador colocar o conceito de moda circular em prática, mas não precisa ser. Não veja isso como uma obrigação, você pode começar com passos pequenos, entendendo cada etapa do processo como uma transformação até isso fazer parte do seu cotidiano.

Confira a seguir algumas dicas valiosas para começar a praticar a moda circular:

1. Se informe sobre o modo de produção das marcas

O primeiro passo é saber mais sobre as peças que você. Desse modo, pesquise as marcas que você usa, procure saber como é o modo de produção. Então, se houver exploração da mão de obra ou não tiver nenhuma política de sustentabilidade envolvida no processo, não é uma marca que deve estar presente na sua vida se você se importa com o todo.

2. Aumente a vida útil das suas peças

Essa dica é fundamental e imprescindível para praticar a moda circular. Comece a olhar para suas roupas e calçados como parceiras de longo prazo, e não algo descartável. Então, quando você começar a pensar que precisa prolongar o tempo útil dos seus produtos, vai entender que isso não é uma medida de preservação, mas principalmente uma escolha.

Desse modo, quando for comprar uma roupa, você vai pensar duas vezes, refletindo o tempo útil que ela poderá ter com você e não simplesmente comprar por impulso.

3. Opte por roupas usadas

Durante muito tempo usar roupa de segunda mão era visto como algo ruim, mas agora isso é tendência, e muito boa inclusive. Visite brechó e bazares regularmente, afinal, na moda circular você não pode apenas ser a primeira pessoa a usar uma peça.

Então, para praticar a moda circular você deve pensar em se beneficiar de um produto em qualquer etapa da vida útil dele. E fala a verdade, brechós são ótimas opções para atualizar o guarda-roupa e ainda economizar dinheiro.

4. Pratique o upcycling

O upcycling nada mais é do que a reutilização criativa, dando uma nova cara a produtos que aparentemente não tinham mais nenhum apelo. Aliás, essa essa transformação é fundamental para que a moda circular aconteça de verdade. Então, que tal customizar uma peça antiga e dar um charme a mais, dependendo do que você fizer, a peça vai parecer nova em folha, além de exclusiva.

Consumo consciente e Moda Circular

O conceito de consumo consciente anda lado a lado com a moda circular e felizmente vem se tornando mais popular a cada dia. Isso é resultado de um consumidor mais antenado que está começando a se preocupar com outras questões além de estilo.

“A conexão direta e afetiva que nós consumidores temos com nossas roupas fazem com que as pessoas, especialmente as mais jovens, tornem-se cada vez mais sensíveis aos impactos do setor – seja no meio ambiente, seja na vida dos/as trabalhadores/as dessa indústria. Muitos consumidores querem se relacionar com marcas que se posicionem com relação ao assunto e que estejam transformando essa realidade.”, explica a gerente de transformação circular do Instituto C&A, Margarida Lunetta.

Mas quando se fala em consumo consciente, não estamos falando apenas de comprar produtos com selo eco-friendly, mas sim estar consciente do que comprar e por quê se compra. Além de pensar na utilidade daquela peça no dia a dia e o tempo de vida do produto. Tudo isso é determinante para se consumir conscientemente.

Livros sobre Moda Circular

Enfim, o que achou do conceito de moda consciente? Ficou curiosa para entender mais sobre o tema? Então confira algumas dicas de livros para aprofundar nesse assunto, com dados e pesquisas. 

1. Cradle to Cradle de William McDonough e Michael Braungart

Esse primeiro livro é uma das principais fontes de informações sobre economia circular, que engloba a moda circular. Infelizmente, não tem tradução para o português. Contudo, se você saber ler em inglês é válida a leitura.

2. Economia Circular, da Catherine Weetman

Agora esse segundo livro é uma das maiores referências sobre o assunto com tradução para o português. O livro é uma ótima dica para quem trabalha com moda, já que apresenta estratégias para empreendedores.

3. Fios da Moda, do Instituto Modefica

E por último, essa dica de leitura que é um relatório completo que apresenta várias teorias da moda circular, bem como dados e desafios de praticar essa ideia no Brasil.

LEIA MAIS:

Fontes: Herself Linus Etiqueta Única 

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você