Saúde

Ácido fólico, o que é? Para que serve, benefícios e como tomar

O ácido fólico, também conhecido como vitamina B9 é um nutriente muito importante para o organismo, principalmente para mulheres grávidas.

Atualizado em 16/07/2020

Você muito provavelmente já ouviu falar sobre o ácido fólico. Conhecido também como metifolato, folato ou vitamina B9 do complexo B, o ácido fólico está presente em diversos alimentos da nossa dieta cotidiana. Desse modo, nos alimentos o folato se dá de forma natural, e o que chamamos de ácido fólico é a sua forma sintética, a que é usada comumente em diversos medicamentos.

O folato por sua vez, é uma substância essencial para diversas funcionalidades do nosso corpo. Entre elas podemos citar a síntese e reparação do DNA, a divisão do crescimento celular, além da produção de proteínas e formação de hemácias. Sendo assim, o ácido fólico é muito importante para um bom funcionamento do sistema cardiovascular e nervoso.

No caso de mulheres grávidas, essa vitamina se mostra ainda mais necessária. Isso porque o consumo regular de ácido fólico contribui para o desenvolvimento do feto durante a gestação. Principalmente antes da concepção e durantes os primeiros meses de gravidez.

Sendo assim, vamos entender melhor o que é o ácido fólico, seus benefícios e como tomar essa vitamina.

Ácido fólico

Ácido fólico - O que é, para que serve, benefícios e como tomar
Review Box

A primeira vez que o ácido fólico foi identificado foi na década de 1940, sendo extraído do espinafre. Desde então, vem sendo estudado para entender mais sobre a sua importância para o organismo. E como o corpo não consegue armazenar essa vitamina por muito tempo, ela precisa ser reposta diariamente. Até porque ela é usada constantemente para produzir células sanguíneas, curar feridas e “fabricar” músculos entre outros.

E mais do que isso, o ácido fólico é essencial para a formação do DNA e RNA, o que garante que as células se dupliquem corretamente. E isso é ainda mais importante durante a fase de desenvolvimento fetal, já que contribui para a produção das substâncias químicas fundamentais para o cérebro e o sistema nervoso.

Ácido fólico na gravidez

Ácido fólico - O que é, para que serve, benefícios e como tomar
Bebê

Sendo assim, o ácido fólico é um dos elementos nutricionais essências durante a gravidez, fundamental para a saúde e boa formação do bebê. Essa vitamina é a responsável por reduzir os riscos de deficiência no feto, principalmente no cérebro e na coluna vertebral, o que conhecemos como deficiência do tubo neural.

O tubo neral por sua vez se forma no cérebro e na medula espinhal do feto já no primeiro mês da gestação. Portanto, é durante esse período que há uma maior probabilidade de haver alguma deficiência. Por esse motivo que o ácido fólico é frequentemente recomendado para mulheres grávidas. Inclusive, o ideal é aumentar a ingestão dessa vitamina dois meses antes da concepção e mantê-la durante os três primeiros meses da gravidez.

Mantendo os níveis de ácido fólico corretos durante esse período, reduz consideravelmente os riscos de defeitos congênitos graves.

Benefícios do ácido fólico

Ácido fólico - O que é, para que serve, benefícios e como tomar
Minuto Saudável

Além disso, o ácido fólico também trás diversos outros benefícios para o corpo. Tais como:

Bom para pele, cabelo e unhas

O ácido fólico pode ser especialmente benéfico para a pele, o cabelo e as unhas. Isso porque todas as vitaminas do complexo B, incluindo o folato ajudam no crescimento dos cabelos e das unhas, e ajuda no combate da acne e dermatite. Além de promover um aspecto mais brilhante e saudável para a pele, já que controla a oleosidade.

Melhora a imunidade

As vitaminas do complexo B, como o ácido fólico são muito eficazes para fortalecer o sistema imunológico, o que evita várias doenças e infecções.

Bom pra o cérebro

Além de contribuir para o desenvolvimento do feto, o ácido fólico também é muito importante para uma boa função cerebral. Desse modo, desempenha uma parte importante na capacidade cognitiva.

Tratamento de depressão

Estudos já mostram que cerca de 40% dos casos de depressão estão relacionados à deficiência de folato no organismo. E isso é explicado pelo fato de que o folato atua como cofator na produção de serotonina, um neurotransmissor responsável pelo bom humor. Sendo assim, manter os níveis de ácido fólico regulares pode ajudar a diminuir os principais sintomas da depressão.

Bom para o coração

Aliado as vitaminas B6 e B12, o ácido fólico pode formar uma coenzima que diminui os níveis de homocisteína no organismo. A homocisteína é um aminoácido que em grandes quantidades pode afetar o sistema cardiovascular e o coração. Sendo assim, pode impedir a reparação celular do órgão. Além de aumentar as chances de endurecimento dos vasos sanguíneos, o que resulta no aumento da pressão arterial.

Bom para os ossos

Altos níveis de homocisteína também contribuem para o surgimento da osteoporose, a ingestão regular de ácido fólico ajuda a manter os ossos fortificados.

Alimentos com ácido fólico

Ácido fólico - O que é, para que serve, benefícios e como tomar
Super Club Fit

Diversos alimentos comuns do dia a dia contam com a vitamina B9. Folhas escuras são ricas em ácido fólico, especialmente o espinafre, o brócolis, o couve, o alface e a salsa. Em frutas, o melão, a melancia, o morango, a laranja, o abacate, a manga entre outras, também são fontes dessa vitamina. Grãos como lentinhas e feijões, cereais integrais, cogulemos, ovos, levedo de cerveja e germe de trigo também são fontes desse importante nutriente.

Com esse tanto de opção, não é muito difícil incluir essa vitamina à sua dieta alimentar diária. Contudo, apenas uma alimentação regular não é suficiente para suprir totalmente a necessidade de folato no organismo. Sendo assim, o ideal é aliar uma alimentação saudável a um suplemento multivitamínico com ácido fólico. Até porque, o suplemento será mais facilmente absorvido pelo organismo.

Quantidade ideal

Ácido fólico - O que é, para que serve, benefícios e como tomar
Quem Coruja

Quando o nível de folato no organismo é muito baixo, pode aumentar os riscos de doenças cardíacas entre outros problemas. Portanto, o Ministério da Saúde determina uma quantidade ideal de consumo de folato para manter os níveis equilibrados.

  • Para uma saúde equilibrada e prevenção de doenças cardíacas, uma dose diária de 400 a 800 mcg já é suficiente.
  • Já para mulheres que pretendem engravidar, uma dose diária de 800 mcg é o ideal.
  • Para pessoas com depressão, uma dose de 400 mcg ao dia é indicada como parte de um suplemento do complexo B.

O consumo mesmo que em excesso de folato na alimentação não causa nenhum tipo de problema à saúde. Até porque se trata de uma vitamina solúvel em água, portanto o excesso é eliminado naturalmente por meio da urina.

Contudo, o uso de suplemento em doses excessiva de ácido fólico pode ocasionar problemas digestivos, dor de estômago, náusea e reações cutâneas. Sendo assim, consumir mais do que 5000 mcg por dia pode ser maléfico à saúde, além de perigoso.

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aproveite para conferir também vitamina E para a pele e os cabelos.

Fontes: Huggies Seleções Minha Vida

Imagem destacada: Gênese 

Imagens: Review Box Bebê Minuto Saudável Super Club Fit Quem Coruja