Dicas & Truques

Chá de hibisco – Benefícios, contraindicações e dieta

O chá de hibisco é conhecido por ter propriedades que auxiliam no emagrecimentos e ajuda e auxilia em bastantes processos do corpo.

Atualizado em 12/02/2020

O hibisco não é uma flor nova no Brasil. Contudo, apesar de causar bastante movimento no mercado atualmente, a flor veio para o Brasil na época dos navios negreiros, sendo trazida da África. Hoje, está presente em diversos locais para compra, mas o que mais a deixou famosa foi o chá de hibisco.

Basicamente, o chá de hibisco tem propriedades fantásticas para quem quer emagrecer. Não só isso, também ajuda e auxilia em bastantes processos do corpo. O cálice do botão seco da flor chamada Hibiscus Sabdariffa que é utilizado para a preparação do chá. Não é a espécie de hibisco que geralmente é vista em jardins e paisagens.

Para quem quer garantir a qualidade de vida e saúde do corpo, o chá da planta é recomendado. Assim, com alto teor de compostos fenólicos e polifenóis, como antocianinas, vitaminas e minerais por trás da cor vermelha, o chá atua na prevenção e manutenção das células do corpo. Em soma, tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, combatendo inflamações e ajudando a evitar a retenção de líquidos. Além disso, possui efeito cardioprotetor e vasodilatador, ou seja, protegem o coração a circulação sanguínea.

Chá de hibisco - é bom para a saúde e ajuda no emagrecimento
Fonte: Tricurioso

Benefícios do chá de hibisco

1. Ajuda no processo de emagrecimento

Entre os usos do chá de hibisco, sua procura principal é para ajudar a emagrecer. Assim, esse efeito é possível graças a redução da adipogênese que o chá causa. Adipogênese, em suma, é o processo da produção de células de gorduras, os chamados adipócitos. Dessa forma, quanto mais células de gordura são produzidas, maior é o acúmulo de gordura no corpo. Assim, o chá atua diretamente no processo, inibindo que células pré-adipócitas se tornem maduras.

O chá de hibisco também entra em outra parte no processo de emagrecimento. Contendo um inibidor de amilase (enzima que transforma amido em açúcar), a bebida contribui para que menos gorduras fiquem acumuladas na região do abdômen e dos quadris. Logo, beber o chá após as refeições auxilia na redução de todos esses componentes, o que de pouco a pouco vai levando ao emagrecimento em uma dieta.

Contudo, é válido ressaltar que para que os resultados sejam efetivos e certeiros, é necessário atividade física. Sim, o chá de hibisco é um grande auxílio, porém sozinho não tem um funcionamento grande. Em primeiro lugar, é necessário manter uma dieta bem regulada, e, em segundo lugar, se tem que lincar isso a atividade física.

2. Ação diurética

É comum que o corpo humano retenha líquidos. Porém, o chá de hibisco tem como reduzir tal retenção. Rico em quercetina, o chá possui alta função de ação diurética. Ou seja, aumenta a produção de urina ao longo do dia, conforme a quantidade da bebida que vá ingerindo, fazendo o corpo desinchar.

Assim, o consumo do chá retira do corpo, junto com a urina e líquidos que ficariam retidos, uma maior quantidade de toxinas indesejadas pelo corpo. Dois estudos, publicados separadamente pela Society for Medicinal Plant and Natural Product Research e pela Journal of Ethnopharmacology comprovam os fatos. O chá de hibisco age diretamente na aldosterona, que é um hormônio presente nas glândulas suprarrenais, que favorecem a ação diurética. Em soma, foi observado que o flavonoide presente na bebida é um nutriente que a ajuda a ação.

Além disso, também é feito um controle de pedra nos rins. Além da constante hidratação, o efeito diurético também diminui o risco de cálculos renais. Desse modo, atuando diretamente no sistema renal, é uma ótima escolha quando se trata de saúde.

Chá de hibisco - é bom para a saúde e ajuda no emagrecimento
Propriedades do chá de hibisco. Fonte: Saúde Fortaleza

3. Controla o colesterol e diabetes

Pessoas com diabetes, colesterol alto e síndromes metabólicas podem fazer uso da bebida para controlar o colesterol e triglicérides. Estudos realizados pelo Journal of Alternative and Complementary Medicine, feito com 60 pacientes portadores da doença diabetes concluiu que, de fato, a bebida tem sucesso na redução de problemas de saúde.

O colesterol ruim, LDL, mostrou índices de diminuição em até 8%. Já os índices de colesterol bom, HDL, aumentaram em 16,7% em ingestões diárias.

4. Controla a pressão arterial

Um estudo publicado pelo Journal of Nutrition, realizado em 65 pacientes, mostrou que os índices de pressão arterial dos mesmos foram diminuídos significantemente com a ingestão do chá. A pressão alta, precisamente, ocorre quando os vasos sanguíneos se contraem, podendo causar problemas cardíacos e até mesmo AVC. A condição é bastante comum atualmente.

Os estudiosos que pesquisam sobre as propriedades do chá lincam essas ações que melhoram a saúde a flavonoides presentes na bebida, que proporcionam a diminuição de enzimas atuantes na condição. Além disso, o hibisco também possui antocianinas, responsáveis pelo efeito anti-hipertensivo. Ou seja, soma-se também o efeito diurético, que também baixa a pressão.

5. Ajuda com o envelhecimento precoce

Por mais que muitos garantam que o hibisco ajuda com o envelhecimento precoce, a causa ainda estar a ser comprovada. O que já, de fato, está comprovado é que o chá de hibisco é rico em antioxidantes. Assim, como a função dos antioxidantes ajuda em reduzir os radicais livres que causam danos às celular e aumentam o risco de envelhecimento precoce, estuda-se que a ingestão do chá possa ter o mesmo efeito.

6. Diminui o risco de câncer

Também ainda a ser comprovada, mais uma vez os antioxidantes entram em ação. Já existem diversos estudos que pesquisam e apontam que os antioxidantes tem uma taxa de contribuição na prevenção da doença. Quem está a frente na divulgação de pesquisas é a Nutrition Cancer, que divulgou um estudo mostrando que o extrato de hibisco prejudicou o crescimento celular de células cancerígenas na boca.

Chá de hibisco - é bom para a saúde e ajuda no emagrecimento
Fonte: Casa e Jardim

Contraindicações

Sim, o chá de hibisco possui bastante benefícios. Porém, é necessário se ligar nas contraindicações da bebida. Principalmente em relação a quantidade de ingestão, mas também algumas ligadas a saúde. São elas:

  • As vantagens só ocorrem com a ingestão da quantidade certa da bebida. O indicado é que não se beba mais do que duas xícaras de chá por dia, não ultrapassando um litro de ingestão, que seria equivalente a quatro xícaras de chá.
  • O consumo excessivo pode causar dor de cabeça, câimbras, hipotensão, náuseas e problemas no fígado.
  • O chá de hibisco reduz o nível de estrogênio no organismo. Assim, para pessoas que fazem terapia hormonal ou tomam anticoncepcional, o uso não é recomendado.
  • A redução do nível de estrogênio também pode alterar a fertilidade, já que o hormônio faz parte do processo de ovulação.
  • Pode interferir na eficácia de medicamentos, como por exemplo o anti-hipertensivo.
  • Não recomendado para gestantes e lactantes, pois altera os níveis de hormônio e com a musculatura do útero. Além disso, em grávidas é comum que o uso do chá acarrete em quedas de pressão bruscas e até desmaios.

Dessa forma, se quiser iniciar uma dieta de chá de hibisco, ou apenas iniciar o uso do chá, é recomendado que um médico, nutricionista ou especialista seja consultado.

Chá de hibisco - é bom para a saúde e ajuda no emagrecimento
Fonte: Vix

Dieta do chá de hibisco

Para fazer a bebida é simples. A melhor forma de fazer é através da infusão. O processo começa com o aquecimento de 200 ml de água, que após fervida, a adição de 1/5 de uma colher de chá da planta. A medida é a cada 200 ml, 1/5 de colher.

Após colocar a colher da flor seca, o ideal é tampar o recipiente e deixar descansar de 3 a 10 minutos. A preferência é usar recipientes de cerâmica ou vidro, e após o descanso, tem-se que coar o chá. Se preferir toma-lo gelado, pode o colocar na geladeira, com uma validade de até seis horas após o preparo. Lembre-se também que não é um chá que permite a adoção de açúcar ou adoçantes sem que perca suas propriedades.

Ainda com chá, como falado anteriormente, é necessário equilibrar com exercícios físicos e uma dieta bem balanceada. Assim, algumas dicas podem te ajudar na hora de escolher o que comer e de como ingerir a bebida.

  • Beba pelo menos, a cada duas xícaras de chá, outros 2 litros de água por dia.
  • Se alimente de 3 em 3 horas
  • Aposte nas verduras e legumes que gosta de comer.
  • Evite alimentos que atrapalhem a ação diurética, controle de pressão e colesterol, como açúcares artificiais e sódio.
  • Evite frituras e gorduras.
  • Garanta uma boa noite de sono, para que os efeitos do chá sejam maximizados.

Como deixar o chá mais gostoso sem açúcar?

Na hora de preparar o chá, alguns ingredientes podem contribuir no sabor sem prejudicar o hibisco, conforme o gosto. Alguns ingredientes que podem ajudam amoras e outras frutas vermelhas como morango, hortelã e picolé de iogurte.

Chá de hibisco - é bom para a saúde e ajuda no emagrecimento
Fonte: Dicas de Treino

O chá de hibisco tem suas maravilhas. Quer aprender mais sobre chás? Confira essa matéria então: Chás para desinchar – Por que retermos líquidos e 9 receitas potentes

Fontes: Oul Minha Vida Saúde

Fonte imagem destacada: Jetss