Saúde

Coceira na cabeça, o que pode ser? Causas, doenças e tratamentos

Coceira na cabeça pode ser apenas uma irritação, mas se persistir, ela pode ser um sintoma de doenças que afetam a pele na região do crânio.

Atualizado em 10/10/2020

A coceira na cabeça irrita não somente a pele, mas também a mente. Chega a ser estressante o incômodo no couro cabeludo. Acontece que, essa irritação pode não ser só uma coceirinha rotineira, pois ao persistir ela pode ser um sintoma de doenças que afetam a pele na região da cabeça.

Contudo, não se espante de início, pois coçar a cabeça é normal, mas é bom ficar sempre atento. Essa irritação no couro pode ser ocasionada por diversos fatores, como chapinhas, secadores, alergias, irritações de shampoos ou cremes. Em casos mais graves, dermatites e psoríase podem ser a causa.

Dá vontade de coçar a cabeça só de ler, não é? Mas fique tranquilo, pois existem vários cuidados e dicas que podem evitar este mal e que não vão te custar muito dinheiro ou tempo. A coceira pode ser passageira se você identificar o problema e saber como pode ser solucionado. Vamos ver a seguir!

mulher coçando a cabeça
iStock

Causas da coceira na cabeça

1 – Dermatite seborreica

couro cabeludo com dermatite seborreica
Head and Shoulders

A dermatite seborreica é uma descamação na pele juntamente com manchas vermelhas, mais comuns no couro cabeludo, provocando coceira que pode ocasionar lesões na pele.

No entanto, essa é uma doença que pode não ter cura, tendo idas e vindas ao longo da vida. De acordo com especialistas, a dermatite seborreica acontece por conta do aumento de sebo no couro cabeludo, imunidade baixa, estresse e até infecção causada por fungos, mas seus sintomas podem ser controlados com uso de medicamentos ou produtos especiais indicados por um profissional.

2 – Micose do couro cabeludo

micose no couro cabeludo
Grupo Ghanem

Também conhecida como Tinea Capitis, a micose do couro cabeludo é uma infecção causada por fungos que provoca caspa, coceira e queda de cabelo pontuais, podendo até gerar ínguas doloridas no pescoço.

Por ser contagiante, é recomendável que não divida objetos de uso pessoal para os cabelos com outras pessoas.

Procure sempre um profissional para um melhor tratamento.

3 – Pediculose – Piolhos

criança com piolho coceira na cabeça
Drauzio Varella

Pediculose nada mais é que a infestação de piolhos, muito comuns em crianças que podem passar para pessoas em uma mesma casa. Por outro lado, esse problema pode ser eliminado facilmente.

Antes de mais nada, utilize shampoos de tratamento a vase de Permetrina 5%, como Kwell, Piosan ou Paranix, além de utilizar o pente fino diariamente até a extinção dos intrusos.

4 – Alergia no couro cabeludo

Coceira na cabeça
Freepik

Ao utilizar cosméticos para os cabelos, sendo eles tintas, shampoos, cremes ou máscaras, qualquer pessoa está suscetível a uma reação não esperada. Em resumo, dentre as irritações pode ocorrer coceira, vermelhidão, lesões, descamassão e até alta sensibilidade na região.

Para identificar o problema e assim um tratamento eficaz, procure um dermatologista que provavelmente ele vai te indicar remédios à base de corticoide ou anti-histamínicos de ação sistêmica. Além disso, pomadas, babosa, ou cremes específicos podem ser receitados.

5 – Foliculite

Coceira na cabeça
iStock

A foliculite é a inflamação onde o cabelo cresce, afetando várias partes do corpo. No couro cabeludo, por exemplo, ela aparece devido ao excesso de oleosidade e tem dois tipos:

  1. Foliculite decalvante: causa queda dos fios e pode ter efeito irreversível.
  2. Foliculite queloidiana: os fios nascem muito enrolados dentro do couro cabeludo, o que pode causar cicatrizes.

Sendo assim, caso você perceba que possui foliculite no couro, procure um dermatologista.

6 – Psoríase e outras doenças

psoriase na cabeça
Blog Bem Estar

A psoríase é uma doença autoimune que ainda não possui causas conhecidas, apenas se sabe que ela pode ser hereditária. Assim, a doença se manifesta através de placas vermelhas descamativas e pode ocorrer não somente na cabeça, mas também em todas as outras partes da pele. No entanto, ela não possui cura e não é contagiosa, mas existe tratamentos para amenizar os efeitos.

Para identificar a doença é necessário procurar um dermatologista, de preferência um especialista em psoríase para que o tratamento ocorra com mais eficiência e pontualidade.

Dicas para acabar com a coceira na cabeça

1 – Lavar o cabelo regularmente.

A limpeza regular dos cabelos ajuda a evitar irritações no couro cabeludo. Dessa forma, você previne a entrada de fungos, bactérias, caspas e piolhos. Contudo, veja qual é o melhor cronograma capilar e rotina de lavagem para o seu tipo de fio para não danificá-lo.

2 – Escolha shampoos e condicionadores sem substâncias irritantes

Os shampoos com pH neutro são uma ótima pedida para evitar alergias causadas pelos componentes do shampoo. Então a coceira que você tanto sente pode ter sido causada por alergia a essas substâncias.

mulher lavando o cabelo com shampoo
Toda Teen

3 – Evitar aplicar o condicionador na raiz

Aplicar condicionador ou cremes na raiz do cabelo pode ocasionar alergia e com isso coceira na cabeça. Além disso, caspas podem se formar na região. Sendo assim, utilize os cremes apenas no comprimento dos fios.

4 – Maneirar o uso de chapinha, secadores, entre outras ferramentas que esquentam

Utilizar ferramentas que esquentam o cabelo, além de danificá-los, pode gerar coceira na cabeça. Portanto, evite o uso exagerado de chapinhas, secadores, etc.

5 – Tá com coceira na cabeça? Procure um dermatologista!

A melhor forma de se ver livre da coceira na cabeça é procurando um profissional. Dessa forma, um dermatologista qualificado observará os sintomas e poderá dar um diagnóstico caso a coceira seja algo mais sério, indicando o melhor tratamento para resolver o seu problema.

Você viu que a coceira na cabeça pode ser algo simples, mas também pode ser coisa séria! Aproveita essas informações e aprenda sobre a aparência dos cabelos: tipos, lavagem técnica e dicas.

Fontes: Tua Saúde, Derma Club, Cabelo, Womens Health Brasil.

Imagens: iStock, iStock, iStock, FreePik, Head and Shoulders, Grupo Ghanem, Drauzio Varella, Blog Bem Estar e Toda Teen.