Saúde

Dolomita, o que é? Benefícios do uso externo e interno do mineral

Dolomita é um mineral de origem calcária, rico em cálcio e magnésio que tem inúmeros benefícios, podendo ser consumido e/ou utilizada na pele.

Atualizado em 15/10/2020

Cuidar da pele exige tempo e dedicação, por isso compramos diversos produtos para inúmeros problemas, sejam eles de acne, manchas, celulites e até estrias. Mas, e se você descobrisse um produto natural e barato, com vários benefícios que resolve esses e vários outros problemas, de uma vez só? Estamos falando do dolomita, um mineral derivado de rochas de origem calcária, rico em cálcio e magnésio que pode ser ingerido ou usado externamente na pele.

A dolomita foi descoberta pelo geólogo francês Deodat Dolmieu e desde 1930 ela já é utilizada para tratamentos de osteoporose, pela grande concentração de cálcio em sua composição. Assim, sua coloração é branca e bem fininha, o que favorece a troca de minerais com a pele.

Contudo, ela sozinho não resolve todos os problemas de pele, mas ele é um forte aliado para a prevenção de manchas, é anti-inflamatório, cicatrizante, possui ação anti-hemorrágica, calmante, entre diversos outros benefícios para o organismo, podendo ser até consumido diariamente.

pedras dolomitas
Agriurbana

Para entender melhor como a dolomita funciona, vamos conhecer seus benefícios para a pele e o corpo humano!

Benefícios da dolomita

Benefícios do uso externo

argila branca no rosto
Mercado Livre

Primeiramente, bom ressaltar os benefícios da dolomita na pele, que são inúmeros. Ao criar uma pasta de dolomita, utilizando apenas o pó e água, assim como é com as outras argilas, pode-se usar em diversas partes do corpo.

Podemos citar, por exemplo, a ação anti-inflamatória, sendo incrível para o tratamento de acne, cicatrizações e até queimaduras. Com essa mesma ação, ela combate dores, tendo efeito calmante na pele, podendo ser utilizada em todas as partes do corpo humano.

Os efeitos da dolomita na pele são perceptíveis após a primeira aplicação, por ter ação penetrante nos poros e por ser bem fininha, suas trocas de minerais com a pele são em grande escala.

argila dolomita
Beleza de A a Z

Ela é tão poderosa que por isso também é indicada para lesões mais profundas, que envolvem tecido conjuntivo ou muscular como contusões, hematomas, escoriações, queimaduras ou seja, acidentes que precisam de uma aplicação mais rápida, estancando de imediato o sangramento e diminuindo a temperatura, por ter açãos cicatrizante, anti-hemorrágica, analgésica e anti-inflamatória.

Além da acne e de lesões, a dolomita é uma aliada para diminuir e fazer até sumir manchas de qualquer tipo na pele, incluse até as de psoríase, que descamam. Desde estrias, manchas de acne e até celulite, você pode contar com a aplicação da dolomita na pele para ajudar a diminuir esses males.

Benefícios do uso interno

argila branca
Elo7

O poderoso mineral dolomita também pode ser consumido: uma colher em um copo de água já é capaz de trazer grandes benefícios para o organismo.  Além disso, ela também é vendida em forma de cápsulas, e os valores são bem acessíveis. O pó você encontra a partir de R$ 1 e as cápsulas a partir de R$ 12, em farmácias ou lojas de produtos naturais.

Dentre os benefícios podemos citar, por exemplo, o combate à osteoporose, já que ela deixa os osso mais fortalecidos. Por ser rica em cálcio e magnésio, sendo 95% pura, ela traz todos os benefícios desses minerais para o ser humano.

Sendo assim, a dolomita auxilia na melhor circulação, através da flexibilização das artérias, melhorando o desempenho cardiovascular. Além do mais, o consumo da substância desenvolve elasticidade dos músculos, evitando assim a fadiga e promovendo a hipertrofia do órgão. Dessa forma ela ajuda o desempenho muscular e auxilia na diminuição de espasmos involuntários e câimbras;

dolomita e músculos
Boa Forma

Os benefícios não param por aí: a dolomita melhora a condução dos sinais nervosos, o que amplia a capacidade da memória e a agilidade mental. Enquanto isso, ela também combate a gastrite, por ser um elemento alcalino, responsável por controlar o ácido estomacal, neutralizando a acidez excessiva do estomago e melhorarando até os casos de úlceras, uma vez que pode exercer ação cicatrizante.

Dosagens da dolomita

consumindo água e dolomita
Dr. Consulta

Se o que você deseja é os benefícios do cálcio, tratar osteoporose, coagulação do sangue e coração; é recomendada a ingestão de 1.000mg (19-50 anos) desse mineral no dia, dissolvidos em água.

Por outro lado, se o que você deseja são os benefícios do magnésio como melhorar a transmissão de impulsos nervosos, atividade nueromuscular e absorção de proteínas; é recomendada a ingestão de 310 mg para mulheres e 400mg para os homens ao dia.

Para melhorar a saúde dos dentes, é recomendado que você dose uma colher de café rasa em meio copo de água, uma vez ao dia, antes da sua principal refeição.

Contraindicações e cuidados

crianças bebendo água
Treze Tilias

A dolomita é um mineral super seguro, no entanto, ele não substitui um tratamento. Por isso, consulte sempre o seu médico para que ele avalie a utilização da substância.

Gestantes e crianças de até 3 anos são as únicas contraindicações da dolomita, pois estas somente devem consumir sob orientação de nutricionista ou médico.

Vale ressaltar que o Ministério da Saúde adverte: não existem evidências científicas comprovadas de que este alimento previna, trate ou cure doenças.

Dolomita para os Cabelos

Acreditem! A dolomita além de todos os benefícios aqui citados, ela também é ótima para os cabelos. As propriedades fortificantes e reestruturadoras podem ser usadas como creme hidratante natural para as madeixas.

O mineral ajuda a reequilibrar a produção de óleo no couro cabeludo, combatendo a seborreia, queda dos fios e até a psoríase.

argila no cabelo
Beauty Market

Como usar nos cabelos

Ferva uma poção de água suficiente para aplicar nos seus cabelos. Em seguida, adicione uma colher de sopa de dolomita e deixe que o pó sugue toda a água do recipiente até formar uma argila uniforme. Caso fique muito mole ou muito dura, acrescente água para amolecer e dolomita para endurecer.

Em seguida, aplique o produto no cabelo, da raiz até as pontas e deixe agir por cerca de 30 minutos. Por fim, lave os cabelos normalmente. Você pode repetir uma vez por semana até ter o resultado desejado!

Como fazer a aplicação da dolomita na pele

Certamente, este mineral é um poderoso produto, mas é sempre recomendável conversar com seu dermatologista para intercalar a dolomita com demais tratamentos que você esteja realizando.

Na pele, a dolomita pode ser utilizada como argila, misturando uma porção de pó com água até formar uma pasta molenga. Sendo assim, o ideal é passar ela onde você deseja eliminar alguma maleza, como manchas, estrias, acne, celulites, etc, mas você pode passar no corpo todo, se quiser. No caso de cataplasmas ideal é deixar entre 40 a 60 minutos na pele para um melhor efeito.

Já se o desejo é usar apenas como máscara facial, 20 minutinhos são necessários para produzir grandes efeitos, podendo atenuar cicatrizes, olheiras e até rugas.

argila branca no rosto
Clinica Leger

Veja o passo a passo da preparação:

  • Separe um recipiente com água;
  • Cubra-o todo com argila e espere até que o pó absorva toda a água, formando uma pasta molenga;
  • Caso fique muito dura, acrescente mais água;
  • Caso fique muito líquido, acrescente mais dolomita;
  • Utilize um pincel para a aplicação, ou as próprias mãos, caso elas estejam bem limpas;

Várias receitinhas misturam a dolomita com mel, pepino, entre outros ingredientes para potencializar os efeitos. Veja no vídeo abaixo!

Por fim, você viu todos os benefícios da dolomita na pele e no organismo! Ela é incrível, não é mesmo? Que tal ler: Rotina de beleza – Guia prático de como montar a sua.

Fontes: Loja Relva Verde, Natulha, Cevisa, Beleza de A a Z.

Imagens: Agriurbana, Mercado Livre, Beleza de A a Z, Beauty Market, Elo7, Boa Forma, Dr. Consulta, Treze Tilias, Clinica Legger.