Saúde

Espinha interna – O que é, o que fazer e o que não fazer para tratá-la

Apesar de menos comum, a espinha interna consegue ser altamente desagradável e dolorosa. Nós reunimos todas as informações como o que fazer se ela aparecer.

Espinha interna é um dos problemas de pele mais desagradáveis que existem. Apenas quem já teve sabe como ela pode ser incomoda e dolorida. Em contraste com uma espinha externa, ela é bem mais difícil de lidar.

Além disso, elas podem se manifestar de duas formas. Primeiramente, ela podem sair apenas como uma bolinha vermelha. Elas também podem sair como cisto, o caso mais comum.

Quando se trata de espinha interna, muitas dúvidas surgem. Como remover essa lesão? Tem como espremer a espinha interna? É seguro fazer limpeza de pele profunda? O Área de Mulher te conta.

O que é uma espinha interna?

Espinha interna - o que é, prevenção, causa e como extrair
Catraca Livre

Primeiramente, uma espinha interna surge na derme, a segunda camada da pele. Ela se forma por acúmulo de secreção sebácea associada à ação bacteriana.

Além disso, essa lesão é bem diferente da acne comum que se forma na pele. Enquanto a espinha normal é superficial, podendo eliminar-se o sebo com ou sem pus, a interna não vai ter saída de secreção à expressão manual.

Podemos furar espinha interna?

Espinha interna - o que é, prevenção, causa e como extrair
Tudo Ela

Não podemos de maneira alguma manipular uma espinha desse tipo e a Dra. Tatiane explica o porquê: “Além de não sair secreção, a espinha vai se tornar mais inflamada e pode inclusive haver formação de cicatrizes”.

Ou seja, nada de mexer na lesão! Quanto à limpeza de pele profunda, o ideal é procurar um dermatologista para receber o tratamento adequado.

Como fazer a limpeza?

Espinha interna - o que é, prevenção, causa e como extrair
Peelings

Primeiramente, o melhor tratamento para esse tipo de espinha está nos remédios de uso oral. O uso indicado pelos dermatologista são isotretinoína ou antibióticos.

Além disso, caso a lesão tenha surgido por conta de uma disfunção hormonal, é importante investigar a causa e tratar o problema separadamente”.

Espinha interna deixa manchas?

Espinha interna - o que é, prevenção, causa e como extrair
Tua Saúde

A espinha interna,aliás, pode causar manchas na pele. Basicamente, ela danifica a membrana que separa a primeira e segunda camada da pele. Na membrana está as células de melanina, aquelas que vão dar a pigmentação chamada hipercromia pós-inflamatória da acne.

Além disso, para remover essas manchas na pele, existem várias opções, como cremes clareadores, esfoliação, uso do filtro solar ou procedimentos estéticos, como peeling físico e químico, lasers e microagulhamento.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Espinhas: 10 principais causas do problema e como tratá-las

Fonte: Derma Club

Imagem de destaque: Marco da Moda

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

5 1 vote
Dê a sua opinião

guest
3 Comentários
Antigos
Novos Mais votados
Feedbacks
Ver todos os comentários
Victor
Victor
5 de janeiro de 2022 00:53

Realmente precisa de remédio para a espinha externa.

Ana Luiza
Ana Luiza
3 de fevereiro de 2022 07:01

Mano eu tô com uma espinha interna no nariz tá doendo pra caramba

Kauanny Victória
Kauanny Victória
26 de julho de 2022 00:43
Responder para  Ana Luiza

E essa sua espinha já sumiu??? eu tô com uma no queixo vc sabe quantos dias mais ou menos isso ficou no seu rosto????eu tô horrorosa não sei como é que eu vou para a escola com isso daqui no meu queixo porque as aulas vai voltar dia 1 nessa segunda-feira e eu tô com essa espinha horrorosa no meu rosto na no meu rosto eu não tenho nenhuma espinha acabou de nascer essa porcaria aqui e eu tô.


Escolhidas para você