Saúde

Osteoartrite (artrose): conheça a doença da influencer Silvia Braz

A osteoartrite é uma doença que afeta a cartilagem e articulação, afetando principalmente mão, joelhos, quadril e ombro. Entenda.

A Osteoartrite ou como também é conhecida osteoartrose ou artrose é uma doença caracterizada pela degeneração das cartilagens e alterações nas estruturas ósseas. Aliás, e a doença mais comum dentro do conjunto de reumatismos, sendo responsável por 30 a 40% das consultas na área de reumatologia.

Sendo assim as partes do corpo mais propensas a sofrer com os sintomas da osteoartrite são mãos, joelhos e a ligação da coxa com o quadril. Não por acaso a doença é a causa de 7,5% dos afastamentos do trabalho no Brasil, em alguns casos resultando em aposentadoria, já que a pessoa não consegue trabalhar devido a doença.

Recentemente a influenciadora digital Silvia Braz compartilhou com seus seguidores no Instagram que recebeu o diagnóstico da doença. Ela relatou que já vinha a um tempo sentido dor e desconforto em um dos dedos da mão e que depois passou a sentir em outro.

Enfim, depois de uma série de exames e consultas foi constatado que ela sofria com osteoartrite. No caso dela é uma questão hereditária, já que a sua mãe e avó também tem a doença. No entanto, apesar de ter ficado com o dedo torto, ela tranquilizou os seguidores, dizendo que não é nada grave e que irá fazer o tratamento adequado. 

A seguir vamos entender melhor a doença, seus sintomas e como tratar a osteoartrite.

O que é osteoartrite?

Se trata de uma doença reumática que acaba causando a degeneração da cartilagem das articulações do corpo. A osteoartrite pode afetar áreas como joelho, ombro, quadril, coluna e as mãos, sendo a área mais afetada. Desse modo, resulta em uma inflamação da área afetada, principalmente pelo contato de um osso com o outro, dificultando os movimentos e causando muita dor. 

A osteoartrite pode afetar homens e mulheres, porém é muito mais comum entre as mulheres. Além disso, as chances de desenvolver a doença aumentam com a idade, já que ela é rara em pessoas antes dos 40 anos e muito frequente em pessoas acima dos 60.

Para se ter uma ideia, depois dos 75 anos, cerca de 85% das pessoas tem alguma evidência da doença. Contudo, apenas 50% sofrem com o sintomas e alterações.

Causas da osteoartrite

Não está completamente definido as causas da osteoartrite, no entanto, se sabe que ela é resultado do desgaste da articulação, devido a realização de movimentos repetitivos, traumatismos entre outros fatores. Além disso, quando não tem causa conhecida, é chamada de osteoartrite primária, e quando tem causa identificada é secundária.

Confira a seguir alguns dos principais fatores que podem causar a doença:

  • Histórico familiar da doença;
  • Desgaste natural da articulação, que ocorre devido à idade;
  • Excesso de peso ou obesidade;
  • Profissão baseada em movimentos repetitivos;
  • Deformidades na articulação;
  • Fraqueza muscular;
  • Desalinhamento da articulação;
  • Traumatismos como fraturas, torções ou pancadas que afetem a articulação;
  • Baixa densidade óssea ou osteoporose;
  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Artrite reumatoide;
  • Gota;
  • Diabetes mellitus;
  • Displasia óssea;
  • Esforços repetitivos;
  • Prática de esportes que sobrecarregam as articulações;

Sintomas da osteoartrite

Os primeiros sintomas observados incluem dor intensa e dificuldade para realizar atividades cotidianas. No entanto, pode ocorrer outros sintomas como:

  • Inchaço e vermelhidão na área afetada;
  • Muita sensibilidade na articulação;
  • Perda de flexibilidade;
  • Movimentos mais limitados no membro afetado;
  • Rigidez na articulação;
  • Sensação de dormência ou formigamento;
  • Presença de estalos ao movimentar a articulação;
  • Sensação de areia ao mexer a articulação;

Além disso, conforme a doença evolui sem tratamento, pode resultar em sintomas mais grave, como deformidades na área afetada, o que pode tornar tudo ainda mais doloroso.

Portanto, caso perceba um ou mais desses sintomas, o ideal é procurar um médico ortopedista para um consulta e realização de exames para determinar o diagnóstico. Então, se confirmar osteoartrite, poder começar o tratamento o quanto antes.

Locais mais atingidos pela osteoartrite

Como dito anteriormente, a osteoartrite pode afetar diferentes partes do corpo com cartilagem, sendo as mais comuns:

1 – Mãos

O região mais afetada pela doença, atingindo principalmente as articulações dos dedos, principalmente o polegar. Desses modo, causa muita dor, inchaço e até deformação nos dedos, como aconteceu com a influenciadora Silvia Braz. Além disso, é comum o paciente sofrer para realizar tarefas comuns, como segurar objeto pequenos como lápis, pela falta de força.

2 – Joelho

Quando a osteoartrite afeta a cartilagem do joelho, os sintomas são ainda mais graves, já que pode dificultar e até impossibilitar a pessoa de andar, abaixar ou subir escadas. Normalmente, ela afeta os dois joelhos ao mesmo tempo, porém com graus diferentes.

3 – Quadril

A osteoartrite no quadril pode comprometer as articulações que sustentam o peso do corpo. Nesse caso, também pode causar problemas para a pessoa se movimentar e andar.

4 – Coluna

Então quando a artrose afeta diretamente a coluna, é observado o desgaste na vértebras, podendo afetar diversas regiões da coluna, desde o pescoço até a lombar. Sendo assim, causando muita dor e dificultando a mobilidade do paciente.

5 – Ombro

Por fim, outra região mais afetada pela osteoartrite: o ombro. Quando a doença afeta essa região do corpo, ela acaba atingindo também o pescoço e braços, consequentemente causando muita dor ao mesmo tempo em que a movimentação dos mesmo se torna muito mais difícil.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico deve ser feito por um médico ortopedista ou reumatologista. Ele irá observar os sintomas, bem como histórico familiar e realizar exames físicos. Feito isso ele irá indicar o melhor tratamento.

Contudo, é importante ressaltar que nenhum tratamento irá retardar a evolução ou reverter a doença, mas é necessário para controlar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do paciente. Portanto, o principal objetivo aqui é aliviar os sintomas e ajudar a pessoa a ter uma vida normal, livre de dor e limitação. 

Podem ser indicado o uso de medicamentos, como analgésicos ou anti-inflamatórios para controlar a dor e a inflamação. Bem como a fisioterapia que tem a finalidade de fortalecer os músculos ao redor da região afetada pela osteoartrite. Além disso, poderão ser usados aparelhos eletroestimuladores para estimular a articulação. Sendo assim, aumentando a flexibilidade e reduzindo a dor.

Nos casos da doença afetando o joelho ou quadril devido ao excesso de peso, uma forma de tratar pode ser através de uma dieta e acompanhamento nutricional, com o intuito de perder peso de forma saudável.

Em quadros em que a dor não melhora com remédios por via oral, pode ser indicado infiltração nas articulações. Se trata de um uma injeção de medicamentos corticóides diretamente nas articulações. Esse método pode melhorar a dor por até 12 semanas.

Por fim, em casos mais graves em que nem o uso de remédio ou fisioterapia ofereceu resultados satisfatórios, pode ser indicado uma cirurgia. Sendo assim, é feito uma raspagem nas articulações ou em casos mais extremos, a remoção da articulação afetada e a troca por uma prótese.

Prevenção

Contudo, o melhor tratamento da osteoartrite é sempre a prevenção. Portanto, há alguns cuidados e hábitos que podem ajudar a prevenir o aparecimento da doença. Os principais são:

  • Ter uma alimentação saudável, afim de evitar o ganho de peso exagerado;
  • Ter uma boa postura corporal;
  • Procurar ter cuidado no levantamento de pesos;
  • Ficar atento a realização de exercícios repetitivos;
  • E evitar quando possível a realização de trabalhos forçados.

Por fim, não há cura para a doença, o que pode ser feito é o tratamento para aliviar os sintoma e retardar o seu progresso, afim de ter uma melhor qualidade de vida.

LEIA MAIS:

Bibliografia:

  • ABOULENAIN, S.; SABER, A. Y. PRIMARY IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Osteoarthritis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK557808/>. Acesso em 13 set 2022
  • NHS. Arthritis. 2018. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/arthritis/>. Acesso em 27 mai 2019
  • PEREIRA Duarte; RAMOS Elisabete; BRANCO Jaime. Osteoartrite . Acta Med Port. Vol.1. 28.ed; 99-106, 2015

Fontes: Reumatologia BVSMS Drauzio Tua Saúde

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você