Ruby Rose: atriz de Batwoman denuncia abusos e acidentes graves no set

Segundo Ruby Rose, que viveu Kate Kane em Batwoman, a produção negligenciou seu elenco e os abusos e acidentes em set.

Ruby Rose, atriz que participou da série Batwoman, dos estúdios DC, revelou recentemente os motivos que a fizeram deixar o elenco ainda durante a primeira temporada do show. De acordo com ela, tudo está relacionado à negligência por parte da produção. Nesse sentido, é possível citar acidentes graves, abusos e até mesmo mortes nos bastidores. Por outro lado, nenhum dos executivos acusados se pronunciou a respeito do caso, e da mesma forma, Rose também pediu aos fãs que parassem de insistir para que voltasse à série.

A atriz australiana de 35 anos viveu, em Batwoman, a personagem Kate Kane, anunciada em agosto de 2018. Todavia, Ruby Rose deixou o show em maio de 2020, sendo substituída por Javicia Leslie. Por meio de uma série de postagens no Instagram, Rose contou aos fãs sobre seu caso pessoal contra a produção. Segundo ela, após sofrer uma lesão no pescoço que fez com que tivesse que passar por uma cirurgia completa, teria sido forçada a retornar às gravações 10 dias depois. As fraturas da atriz poderiam tê-la deixado paraplégica.

Além disso, Ruby Rose também confessou ter sofrido, durante gravação de uma cena, “cortes tão perto do rosto que poderia ter ficado cega”. Da mesma forma, teria sido obrigada a gravar um vídeo para explicar sua ausência na San Diego Comic Con. No vídeo, foi instruída a cobrir seus ferimentos com maquiagem, de forma que o público não percebesse que havia se machucado no set.

Outros relatos de Ruby Rose

Ruby Rose: atriz de Batwoman denuncia abusos e acidentes graves no set

Assim como a atriz teria sofrido diversas injustiças e se ferido várias vezes durante as gravações, o mesmo teria acontecido com colegas de trabalho. Um de seus colegas, por exemplo, teve queimaduras de 3º grau por todo o corpo. Contudo, ninguém o apoiou, mesmo com sua pele caindo. Após Ruby Rose enviar flores e cartões pedindo por melhoras, logo depois foi instruída pela produção a fazer uma cena de relações íntimas, sem que sequer pudesse processar a situação do colega.

Em seu desabafo, Ruby Rose também conta sobre como o elenco perdeu dois dublês e uma assistente de gravação ficou tetraplégica. A produção teria tentado culpá-la por estar no telefone, todavia, a colega precisava do aparelho para trabalhar. Por outro lado, enquanto muitos sofriam com a negligência, o colega de elenco de Rose, Dougray Scott, chegava e ia embora da gravação sempre que quisesse. Scott também foi acusado de machucar uma dublê. Para Ruby Rose, seu comportamento é antiprofissional.

Abusos da produção

Ruby Rose: atriz de Batwoman denuncia abusos e acidentes graves no set

De acordo com a atriz, o presidente da Warner Bros TV, Peter Roth, abusava de mulheres de forma costumeira, pedindo que passassem suas calças enquanto ainda estava vestido com elas. Roth teria ameaçado Ruby Rose ao contratar uma investigadora particular, de forma que criasse outra narrativa para contra-atacar os relatos de Rose. Além disso, teria negado tratamento adequado à mulher quando se machucou severamente em seu set.

Ruby Rose também contou sobre o tratamento do presidente durante a época em que esteve lesionada. “Dez dias [seu prazo de retorno] ou todos seriam demitidos e eu estaria decepcionando todo mundo, pois Roth não iria escalar outra pessoa e o estúdio perderia milhões”. Segundo a atriz, o estúdio perderia dinheiro por ter se machucado no set de Peter Roth.

Já Caroline Dries, showrunner da série, recebeu a acusação de Ruby Rose de não parar o seriado nem mesmo durante a pandemia. Enquanto outras produções da emissora como Riverdale, Supergirl e The Flash tiveram pausas, Batwoman precisou continuar. Assim, Rose conta sobre como algumas maquiadoras precisaram ir ao hospital por conta do coronavírus.

Enquanto isso, o colega Dougray Scott negou as acusações de Ruby Rose, chamando-as de “afirmações difamatórias e prejudiciais”, bem como um relato “completamente inventado”. Da mesma forma, o estúdio divulgou um comunicado relatando que resolveram não contratar a atriz para a segunda temporada por conta de reclamações sobre seu comportamento. Segundo eles, houve revisão de reclamações em particular de forma que respeitassem os envolvidos.

Seja como for, a atriz australiana pede aos fãs que parem de pedi-la se irá retornar ao show. Para Ruby Rose, ela não volta àquela “série horrível”, nem por “qualquer quantia de dinheiro”, nem se “colocarem uma arma em sua cabeça”.


Outras postagens

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários