5 testes de gravidez caseiros para acabar com a dúvida

Que atire a primeira pedra quem nunca, antes, ficou apreensiva, achando que estava grávida? Mesmo para quem está querendo engravidar a dúvida é cruel e, muitas vezes, é preciso algo mais rápido para ter certeza da gravidez. É aí que entram em cena os testes de gravidez caseiros, mais baratos que os de farmácia, com coisas que todo mundo tem em casa e que, segundos as vovós por aí, dão mesmo certo.

Claro que a forma mais correta e insubstituível para saber se a mulher está ou não grávida é o teste de sangue, feito nos laboratórios e hospitais. Nem mesmo os testes de farmácia, populares no mundo inteiro, são 100% seguros quanto ao resultado.

Mas, na hora do aperto ou da ansiedade, os testes de gravidez caseiros e antigos podem “quebrar um galho”. Como você vai ver, na lista abaixo, a maioria deles é feito a partir do xixi da mulher, por ser uma substância que reflete o que está acontecendo no interior do corpo, especialmente com relação aos hormônios.

Assim, há testes de gravidez caseiros para todos os gostos. Há os que são feitos com agulhas, com produtos de limpeza, como água sanitária e óleo de pinho, os que mandam colocar a urina na fervura e até mesmo os que são feitos usando cotonetes. Ficou curiosa para aprender a fazer esses testes?

Então confira, abaixo, alguns testes de gravidez caseiros:

1. Teste da água sanitária

1

Esse é um dos testes de gravidez caseiro mais famosos. Você precisa colocar um pouco de água sanitária no xixi. Se mudar de cor, passando para um tom marrom avermelhado, é sinal de que você pode estar grávida. A explicação para isso está no cloro da água sanitária que, como no teste de gravidez das farmácias, reage na presença do hormônio hCG, em maior quantidade no organismo durante a gestação.

2. Teste do óleo de pinho

2

Outro dos testes de gravidez caseiro que você confere nessa lista é o de óleo de pinho. Ele funciona, basicamente, da mesma forma que o teste da água sanitária, que você conferiu acima. Para matar a curiosidade, a mulher precisa misturar a urina ao uma porção do produtor. Se o tom se alterar, é sinal de gravidez.

3. Teste Marroquinho

3

Esse é outro dos testes de gravidez caseiros muito conhecidos. Ele também é conhecido como teste da agulha, porque consiste em jogar a agulha, daquelas de costura, dentro do recipiente onde está a urina. Depois de um tempo, se a agulha mudar de cor, é porque existe sinais de gravidez. Aliás, esse é um dos testes de gravidez caseiros que se aconselha fazer à noite, antes de dormir, para deixar a urina agir com tempo sobre o material da agulha, sem causar ansiedade.

4. Teste da fervura

4

Mais um dos testes de gravidez caseiros, muito provavelmente, do tempo de sua avó é o que leva a urina da mulher ao fogo, para ferver. Se, ao atingir o ponto de ebulição, a urina ferver normalmente, borbulhando como aconteceria com água, a gravidez está descartada. No entanto, se ferver como o leite, criando uma camada espessa na superfície, é melhor fazer um teste médico, porque pode ser sinal de gravidez.

5. Teste do cotonete

5

Embora esse não essa exatamente um dos testes de gravidez caseiros, ele pode indicar se a menstruação está próxima ou não. Bom, a forma de executar esse teste não é muito ortodóxica, mas pode ajudar. Isso porque a mulher precisa introduzir o cotonete no canal vaginal e raspar, delicadamente, a parede colo do útero. Se a haste sair com um tom marrom ou avermelhado, é sinal de que a menstruação, mesmo atrasada, está próxima.