Microagulhamento: veja o que é, para que serve e como fazer

Já imaginou um tratamento que basicamente faz micro-furos na sua pele? Conheça o microagulhamento e como ele pode te ajudar a cuidar da pele.

Você já ouviu falar do microagulhamento? Este é um novo procedimento estético que tem como intuito tratar a pele do corpo. Talvez você só tenha ouvido falar do microagulhamento no rosto, mas a verdade é que ele pode ser realizado em diferentes partes do corpo.

Assim como em todo procedimento estético é preciso muita atenção no momento de escolher o profissional. Como é um procedimento que perfura a pele, é preciso ter garantia que o trabalho será realizado da melhor forma possível.

Você deve estar se perguntando: afinal, para que serve o microagulhamento? Bom, a técnica pode ser realizada para vários fins, desde o tratamento de manchas até para tratar a calvície. Nós vamos te explicar melhor sobre o procedimento e todos os cuidados necessários.

Entenda como funciona e para que serve o microagulhamento

1 – Como funciona o microagulhamento?

O microagulhamento é também conhecido como Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas (IPCA). Para realizar essa indução percutânea, portanto, são utilizadas microagulhas que perfuram a pele. A profundidade dessa perfuração, contudo, é definida pelo profissional.

Além disso, há duas formas de realizar o procedimento, com rolos que já tem uma profundidade de perfuração definida. Ou com equipamentos mais modernos que permitem definir a profundidade ali no meio do procedimento. Então, caso seja necessário agulhas que vão mais fundo ou mais superficialmente, o profissional consegue ajustar no mesmo momento.

O microagulhamento estimula a produção de colágeno e também facilita o tratamento da pele já que o produto é absorvido mais facilmente pela pele.

2 – Dói fazer o microagulhamento?

A técnica do microagulhamento consiste, basicamente, em perfurar a pele com agulhas. Então realmente dói, mas não é uma dor insuportável. E essa dor, sobretudo, pode ser ainda mais amenizada já que alguns profissionais utilizam pomadas anestésicas antes de realizar o procedimento. Há também algumas regiões que doem mais que outras, mas como dissemos, é uma dor suportável.

3 – Para que serve?

O microagulhamento, afinal, pode ser usado para vários fins e em diferentes partes do corpo. Algumas das coisas que a técnica pode tratar, em resumo, são as cicatrizes de acne, as estrias, o melasma e até mesmo a flacidez e a calvície. Cada uma dessas coisas é tratada de uma maneira diferente e cada uma com as agulhas necessárias.

4 – Existem contraindicações?

O procedimento, em suma, não é indicado em algumas situações pontuais, como por exemplo quando há uso de anticoagulantes. Pessoas que já sofreram com herpes, aliás, podem voltar a ter o problema e também existe o risco de uma infecção bacteriana. No entanto, se o procedimento for feito corretamente e você seguir as orientações do especialista, o risco de uma infecção é mínimo.

5 – Quais os cuidados necessários?

O microagulhamento requer nenhum grande cuidado. O necessário, contudo, é seguir as recomendações do especialista e utilizar os produtos necessários, além da pomada cicatrizante. E claro, usar o protetor solar diariamente.

 


Outras postagens

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários