Ela chegou a pesar 25 kg, mas venceu a guerra contra a anorexia

Todo mundo já ouviu falar em anorexia pelo menos uma vez na vida, não é mesmo? Esse é um transtorno alimentar, infelizmente, muito comum hoje em dia devido à ditadura da magreza.

Quem sofre de anorexia se alimenta cada vez menos para perder peso e, não raro, chegam a um ponto que quase não comem. Essas pessoas ficam paranoicas com calorias e com o peso e costuma chegar a beira da morte já que o corpo começa a não funcionar como deveria por falta de nutrientes.

Essa, basicamente, é a história de vida da britânica Hanna Lucas. Conforme contou aos jornais em todo o mundo, ela chegou a pesar 25 kg e esteve à beira da morte várias vezes devido a sua obsessão por contar calorias e emagrecer.

Início da anorexia

De acordo com Hanna, seu transtorno começou na adolescência. Na época, ela pesava 80 kg e queria viver da dança e sua professora disse a ela que era preciso ser magro para ter sucesso na carreira. Foi então que ela começou a seguir uma dieta baseada em maçãs e iogurte.

À medida que ela emagrecia, as pessoas começaram a elogiar seu corpo e a anorexia foi se agravando. Hanna conta que chegou ao ponto de consumir apenas 100 calorias por dia.

Foi só quando ela ultrapassou a faixa dos 50 kg que a família começou realmente a ficar preocupada. Antes disso, nem os médicos conseguiam ver problema no emagrecimento agressivo da garota.

Falta de apoio

Depois disso, não demorou muito para que a aparência de Hanna começasse a se transformar. Ela conta que chegou a um ponto que ela aparentava ter, pelo menos, 60 anos de idade.

O grande problema é que no ápice de sua doença, a menina não recebia ajuda de seus familiares. Na época, a mãe de Hanna estava tratando um câncer e acabou precisando amputar um braço. Ao mesmo tempo, a irmã dela enfrentava uma depressão pós-parto e não conseguia dar a assistência que necessária a ela.

Com o tempo, Hanna passou a perder a força física devido à anorexia. Ela já não tomava banho sozinha e passou a precisar de uma cadeira de rodas para se locomover. Foi então que a menina foi internada em uma clínica especializada.

Guerra contra o transtorno

A vontade de Hanna vencer a anorexia, no entanto, só chegou quando sua mãe lhe presenteou, em uma de suas visitas à clínica de recuperação, com um kit de maquiagem com espelho. A garota conta que ficou aterrorizada com sua aparência e não conseguia se aceitar daquele jeito.

Aos pouco, suas batalhas contra a doença começaram a ser vencidas. Recaídas aconteceram e Hanna precisou ser internada outras vezes, mas agora ela está recuperada, como você pode conferir nas imagens.

Aos 23 anos, Hanna conta que quer ser médica para ajudar outras pessoas com o mesmo problema.

Impressionante essa recuperação, não acha? Conhece outras pessoas que sofreram com o problema e que conseguiram se curar? Não deixe de nos contar nos comentários.

Agora, falando em obsessão por emagrecer, você vai ficar chocado também com essa outra matéria: 7 dietas bizarras que existem pelo mundo.

Fonte: Mistérios do Mundo