Dicas & Truques

Marmita para o trabalho: dicas e receitas para marmitar com estilo

Se você prepara sua quentinha todas as noites para levar para a firma no dia seguinte, segura essas dicas e receitas para a sua marmita para o trabalho.

Atualizado em 26/11/2018

Comer em restaurante todos os dias é um trabalho colossal. Existem alguns detalhes que podem tornar esse trabalho mais árduo. O primeiro deles é o valor gasto, que acaba pesando no bolso no fim do mês.

O segundo é a qualidade da comida, que pode até ser boa, porém, nunca será a mesma coisa da que você mesma prepara em casa. Por isso, a melhor opção é fazer a sua marmita para  o trabalho.

Fazendo sua marmita, você irá conseguir equilibrar as contas. Segundo pesquisa da Associação de Empresas de Benefício ao Trabalhador (ABBT), comer fora de casa no Brasil custa mais do que 80% do valor do salário mínimo.

Além disso, fazendo a sua própria marmita, você irá conseguir deixar a dieta mais balanceada, diminuindo a quantidade de sal e açucares. Reunimos algumas dicas para você.

Confira algumas dicas para fazer marmita para o trabalho

Escolhendo os alimentos e armazenando

Algumas dicas e duas receitas para fazer marmita para o trabalho

Escolha sempre ingredientes de boa qualidade e frescos. É importante estar atento aos ingredientes da época, já que os preços são melhores e o sabor mais intenso.

Para que o armazenamento seja adequado é preciso resfriar o alimento o mais rápido possível. Assim você diminui os riscos de que ela estrague rapidamente. Opte por embalagens ecologicamente corretas de vidro (retornáveis) ou plástico reutilizável e congele.

Fazendo a marmita

Algumas dicas e duas receitas para fazer marmita para o trabalho

Escolha um dia na semana para cozinhar. Uma refeição bem armazenada na geladeira dura até 5 dias, dependendo dos ingredientes da marmita. Junte temperos e ervas frescas apenas no dia que for comer.

Planeje seu prato para uma proporção saudável de carboidratos, proteínas e gorduras boas. Você vai precisar de um tipo de carboidrato (inhame, batata-doce, arroz e massas integrais ou um mix de vegetais variados, como brócolis, couve-flor e vagem); um tipo de proteína (animal ou vegetal); um tipo de grão ou leguminosa (feijão, lentilha, grão-de-bico, ervilha, entre outros) e folhas verdes à vontade.

Os legumes para a salada podem estar temperados e pré-cozidos ou refogados, para não ter que levar temperos à parte. Se preferir cru, leve o tempero separadamente para não murchar a salada.

Gorduras boas são bem vindas e podem vir do abacate, do azeite extravirgem ou de castanhas variadas para incrementar a salada da marmita no trabalho, por exemplo.

Levando a marmita

Algumas dicas e duas receitas para fazer marmita para o trabalho
Separate food portions into containers

Para levar a marmita no trabalho, a melhor opção é o pote de vidro. O plástico, ao ser aquecido, contamina os alimentos.

Alguns lugares não tem um local adequado para esquentar a marmita. Se for esse o caso, leve refeições como tabules ou saladas de grãos e leguminosas, que podem ser servidas frias. Tabule de quinoa, salada de feijão branco, sanduíches naturais completos com folhas, grãos e proteína também são boas opções de marmitas que não precisam ser servidas quentes.

Finalizando

Algumas dicas e duas receitas para fazer marmita para o trabalho

Prefira alimentos sem muito molho ou caldos, para diminuir o risco de acidentes, como o vazamento na mochila. Se for levar molho, faça em outro recipiente para garantir que sua refeição chegue “inteira”.

Uma bolsa térmica vai ajudar muito a manter a rotina de levar marmita no trabalho. Ela fica bem armazenada e livre de bactérias que possam estragar a refeição.

Agora, confira duas receitas para fazer sua marmita deliciosa

Salada brasileira no pote

Algumas dicas e duas receitas para fazer marmita para o trabalho

Ingredientes

1 abacate em cubos

1/2 cenoura ralada

1/2 pimentão vermelho fatiado e refogado

1/8 de repolho roxo fatiado

1/2 tomate grande em cubos

2 xícaras de chá de folhas verdes

Molho de vinagrete balsâmico

Receita do molho de vinagrete balsâmico Ingredientes

1/4 de xícara de mel

1 colher de sopa de mostarda

1/4 de xícara de vinagre balsâmico

1/2 colher de chá de sal marinho

4/5 de xícara de azeite de oliva extra virgem

2 colheres de café de limão

Modo de preparo

Molho

Coloque todos os ingredientes em uma vasilha. Misture bem até incorporar tudo e virar um molho cremoso e aveludado.

Salada

Coloque os ingredientes todos em um pote de vidro, com as folhas por cima sem misturar. Leve o vinagrete balsâmico à parte. Leve o pote para o trabalho, na hora de servir basta misturar o tempo e agitar o pote para a salada se misturar.

Arroz de couve-flor “à grega” e salada de rúcula, rabanete e tomates cereja (Receita da Veganana)

Algumas dicas e duas receitas para fazer marmita para o trabalho

Arroz: Ingredientes

Uma couve-flor média (400g de flores)

1/2 cebola média picada

1 dente de alho grande picado

1 xícara de vagem

1/2 xícara de pimentão amarelo

1/2 xícara de pimentão vermelho

1 xícara de cenoura ralada

Sal a gosto

Azeite ou óleo vegetal a gosto

Salsinha e cebolinha picadas

Pimenta moída

Curry

Arroz: Modo de preparo

Separe as flores da couve-flor, lave as bem e triture em um processador ou liquidificador. Em uma panela antiaderente em fogo baixo, coloque um fio de óleo ou azeite e refogue a cebola e o alho até ficarem levemente dourados.

Adicione a vagem e deixe por alguns minutos. Coloque o pimentão, a cenoura ralada e por último a couve-flor triturada. Tempere a gosto: sal, ervas, curry e páprica são algumas boas opções. Depois de 5 a 10 minutos no fogo baixo, desligue e está pronto para servir.

Salada: Ingredientes

1 maço de rúcula

2 rabanetes pequenos fatiados

5 a 10 tomates cereja cortados ao meio

Mostarda em grãos

Azeite extra-virgem

Limão

Sal

Salada: Modo de preparo

Coloque em um pote de vidro, os grãos de mostarda, mel, azeite, limão e sal e misture até que forme um molho. Em seguida, adicione os tomates cereja cortados ao meio, o rabanete e por último algumas folhas de rúcula.

E aí, o que você achou dessas dicas e receitas? Se gostou, vai gostar dessa aqui também: 5 formas de consertar o excesso de sal na comida

Fonte: Ativo