Dicas & Truques

Relacionamento abusivo, o que é, como identificar e o que fazer

Para você que tem dúvidas sobre como é e como identificar um relacionamento abusivo, separamos 6 exemplos de atitudes que pessoas abusivas cometem

As mulheres cada dia mais estão conquistando seu espaço no meio da sociedade. Por mais que ainda existam casos difíceis, é possível dizer que melhorou o tratamento para com as mulheres. Entretanto, casos de relacionamento abusivo continuam em alta, e preocupando grande parte da população.

Basicamente, um relacionamento abusivo, não necessariamente tem somente violência física. Um relacionamento abusivo tem diversas formas de violência, dentre elas estão as violências psicológicas, sexuais, físicas e também financeiras.

O relacionamento abusivo ocorre tanto em casos amorosos, como também em uma relação familiar, ou até mesmo, profissional. Basicamente, se você estiver convivendo com uma pessoa que te tira sua paz, autoestima, autoconfiança e principalmente tenta te controlar, então você está em um relacionamento abusivo.

Agora levando em base dados da ONU Mulheres, nosso país ocupa o 5º lugar no ranking de feminicídio. Por conseguinte cerca de 41% dos casos de violência acontecem dentro de casa. Além de, 3 em cada 5 mulheres são vítimas de relacionamento abusivo.

Como identificar se estou em um relacionamento abusivo?

3 em cada 5 mulheres são vítimas de relacionamento abusivo. Saiba mais

Basicamente, muitas pessoas estão vivendo constantemente um relacionamento abusivo, porém não conseguem decifrar tal situação. Em grande maioria, pensam ser comportamentos e ciúmes normais, ou então, ser uma forma de cuidado e de carinho a mais por parte do parceiro.

Contudo, há casos também que ocorrem agressões físicas. Na maioria das vezes, as vítimas imaginam ser apenas uma briga de momento e que o agressor pode mudar, ou que aquela situação não irá se repetir. Até porque, na cabeça da vítima, eles se amam. Porém, na verdade, essa pessoa está vivendo uma violência silenciosa.

Para exemplificar melhor, irei expor algumas particularidades de um relacionamento abusivo: sentir-se submisso(a), ameaçado(a), inferior, destruído(a), controlado(a), dominado(a), isolado(a), anulado(a), dificuldade de dizer não, sempre ceder às vontades alheias, depender financeiramente, o outro lado ter mais “poder” etc.

Relacionamentos abusivos basicamente, se resumem em ações de constrangimentos, humilhação, manipulação, vigilância, insulto, perseguição, dependência e limitação do direito de ir e vir. Além de, também a vítima sempre priorizar o outro lado.

Para te explicar melhor, separamos 6 casos frequentes de um relacionamento abusivo.

6 formas de um relacionamento abusivo

1- A pessoa te monitora constantemente?

3 em cada 5 mulheres são vítimas de relacionamento abusivo. Saiba mais

Basicamente, o monitoramento ocorre nas redes sociais. Por exemplo, a pessoa exige suas senhas de todas as redes sociais, exige ler todas as suas mensagens do direct ou do Whatsapp?

Se sim, isso além de ser invasão de privacidade é uma das primeiras portas para construir um relacionamento abusivo. Você pode achar que é exagero, mas fazer isso uma vez ou outra talvez, considera-se como normal. Agora você aceitar dar satisfação de absolutamente tudo que ocorre nas suas redes sociais, não é certo não.

Caso, você esteja, se perguntando sobre o ciúmes em um relacionamento. Iremos te explicar, que a diferença das ações mora na intensidade dos casos. Sentir ciúmes de uma pessoa que está dando mole pra você, é claro, que é normal.

O problema, mora em casos simples, e que a pessoa monta um castelo de perseguições, desconfianças e monitoramentos. Por isso, se liga nas ações do seu parceiro.

2- Seu parceiro ou parceira tenta te diminuir?

3 em cada 5 mulheres são vítimas de relacionamento abusivo. Saiba mais

Brincadeiras bobas, sem sentidos e sem intenção de diminuir o outro, tudo bem. Até porque um relacionamento também sem brincadeiras e risadas se torna monótono e sem graça. O errado que queremos lhe mostrar é situações frequentes do parceiro, que ele faz questão de “jogar na sua cara” que você não presta pra nada.

Basicamente são situações que diminuem sua autoestima, te fazem se sentir mais fraca, frágil e impotente. Os constrangimentos podem ocorrem tanto só com vocês dois, ou em casos piores, que ele te constrange em público. Sendo assim, fazendo você ficar sem graça e triste.

Entretanto, situações como essa ocorrem xingamentos, palavras que machucam e destroem a pessoa por dentro aos poucos. Até que chega o momento que a pessoa, não se acha capaz de viver sem o outro, ou se acha fraco o suficiente a ponto de não conseguir agir de nenhuma forma sozinho.

3- A pessoa tenta mudar hábitos que fazem parte de quem você é?

3 em cada 5 mulheres são vítimas de relacionamento abusivo. Saiba mais

Situações como essa, são aquelas que o parceiro tenta mudar seu estilo de vida, seu estilo de roupa, suas maquiagens, gostos musicais e até mesmo sua profissão. Basicamente, são situações, que seu parceiro te oprime até o ponto de você mudar exatamente para a forma como ele quer.

Caso, você não mude como ele “indicou” ele começa a te insultar, te zoar e te constranger. Além de te oprimir ou te ignorar. Enfim, essas são formas de te diminuir para ele alcançar o que ele quer, ou seja, ter o poder todo sobre você.

Você é incrível, não aceita nada menor que isso.

4- Seu parceiro se importa apenas consigo mesmo?

3 em cada 5 mulheres são vítimas de relacionamento abusivo. Saiba mais

Você nunca sai para comer aquele sanduíche que você gosta, ou então só vai para o sinema para ver os filmes que ele quer? Então você pode estar em um relacionamento abusivo.

Basicamente, são aquelas situações que o parceiro quer que você se preocupe frequentemente com ele, porém quando é para ele cuidar de você ele não dá importância. Relacionamentos assim, no final das contas, só um tem a voz ativa, enquanto o outro só escuta e aceita.

Até porque, para o agressor, a opinião do outro não vai importar, pois só a dele está certa. Ou seja, você está namorando uma pessoa egoísta e mimada.

5- Seu parceiro não entende seus sentimentos ou faz joguinhos emocionais?

3 em cada 5 mulheres são vítimas de relacionamento abusivo. Saiba mais

Basicamente, esse caso é aquele que você diz estar passando por uma situação difícil, e que está precisando desabafar, e ter um ombro amigo para te acalmar. Porém, o seu parceiro não te ouve e ainda te julga como chata e mimada, por dar importância pra pouca coisa.

Ou então, são aqueles casos que o seu parceiro faz todos os joguinhos emocionais com você para te fazer culpada de algo. Ou seja, ele cria qualquer motivo para criar uma treta entre vocês e ainda no final coloca toda a culpa em você, fazendo com que você se sinta culpada e idiota.

Toma cuidado, não acredite em tudo que os outros falem. Respeite o seu momento também, se você está se sentindo mal e quer chorar, chore. Não deixa ninguém diminuir sua dor.

6- Justifica comportamento abusivo com uso de drogas?

3 em cada 5 mulheres são vítimas de relacionamento abusivo. Saiba mais

São os casos mais abomináveis de todos.

Basicamente, são as situações que os parceiros agridem tanto fisicamente, como também psicologicamente a parceira e depois aparecem arrependidos, colocando a culpa na cerveja de ontem.

Resumindo, não aceite qualquer falta de respeito, seja físico ou psicológico. Jamais tolere esse tipo de situação.

O que fazer se seu relacionamento for abusivo

Enfim, se você se identificou com alguma dessas situações, então procure ajuda! Seja de amigos, ou de um profissional. Além de buscar desenvolver o seu autoconhecimento.

Você precisa se conhecer mais, trabalhar mais com sua autoestima. Eu sei que falar é mais fácil do que praticar. Porém, as palavras no seu pensamento têm poder. Então, repita frequentemente que você é forte e que ninguém vai te fazer mal, que o universo te ajuda a tornar isso realidade.

Porém, o ideal mesmo é você fortalecer sua inteligência emocional, descobrir os seus limites, reconhecer o seu eu interno e os seus próprios valores. Pois, a partir do momento que você conseguir separar as situações negativas das positivas, você saberá decifrar o que é ou não melhor pra você.

Se ame mais.

O Área de mulher espera ter te ajudado com esse assunto. Por isso, indicamos pra você mais essa outra matéria: Relacionamentos saudáveis e felizes são resultado dessas 10 atitudes

Fontes: Febracis, G1.globo, Psicologia viva, Revista Marie Claire

Imagens: Guru da cidade, Bloco garotas solteiras, F-utilidades

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você