Maternidade

Grávida pode tomar dipirona? Como e quando usar o medicamento

Essa é uma dúvida muito comum e válida nessa fase, se grávida pode tomar dipirona. A resposta é sim e não, já que demanda alguns cuidados.

Se tem um remédio que praticamente todo mundo sempre tem a disposição, esse remédio é a dipirona. Quando se trata de dores de cabeça, no corpo, de dente ou febre, a maioria das pessoas recorrem a boa e velha dipirona. A gestação é uma fase em que a mulher vivência muitas dores diferentes, devido as mudanças no corpo, mas ao mesmo tempo tem a preocupação com o bebê, então surge uma dúvida pertinente: grávida pode tomar dipirona?

A resposta para essa pergunta é ambígua, sendo sim e não. Se trata de um analgésico voltado para o alívio de dores e o combate a febre, e apesar de não precisar de receita médica para sua aquisição, a dipirona ainda é um medicamento que tem influência no organismo da pessoa que o toma. Então, quando se trata de uma mulher grávida essa preocupação é maior, já que pode afetar o bebê.

No entanto, a dipirona não é um medicamento proibido para grávidas, apesar de não ser muito indicado. Mas caso necessário, a dipirona deve ser tomada com cuidado e recomendação médica, levando em consideração a fase da gestação e as condições de saúde da mãe.

Sendo assim, hoje iremos entender como e quando a grávida pode tomar dipirona.

Dipirona

Minuto Saudável

Antes de esclarecer se grávida pode tomar dipirona, precisamos falar sobre esse medicamento. Como dito anteriormente, a dipirona é um tipo de analgésico, um dos mais comuns quando se trata de aliviar dores e combater a febre. A dipirona sódica tem vários nomes comerciais, como Novalgina, Anador, Difebril, Nofebrin entre outros, sendo encontrada facilmente em qualquer farmácia.

A dipirona é classificada como MIP (Medicamento Isento de Prescrição), portanto, não há necessidade de uma receita médica para adquirir o medicamento. Aliás, esse é também um dos principais motivos que fazem da dipirona um dos remédios para dor mais populares. Desse modo mundo tem sempre um comprimido na bolsa ou na caixa de medicamentos. Bem como o fato de ser muito eficiente no tratamento de dores e incômodos comuns do dia a dia.

Esse medicamento atua inibindo a prostaglandina, uma sinal químico semelhante aos hormônios, porém, que age apenas sobre algumas células. Uma das principais funções da prostaglandina, é justamente sinalizar a dor e ativar o sistema imunológico, quando necessário, o que explica a febre. Durante a gestação, esse sinal químico pode ser usado para causar as contrações no momento que o bebê está pronto para nascer.

Grávida pode tomar dipirona?

Knap Well

Essa é uma dúvida muito comum, se grávida pode tomar dipirona sem riscos para a saúde do bebê. Até porque, durante essa fase, as dores podem ser ainda mais frequentes, devido as diversas mudanças no corpo da mulher. Então, conforme o bebê se desenvolve, o seu peso e da mãe aumentam, causando algumas dores incômodas, pode ser fácil recorrer à dipirona, mas é preciso tomar certos cuidados quanto a isso.

No Brasil, o medicamento é de fácil acesso, mas em outros países, como os Estados Unidos, a dipirona foi retirada de comercialização por estar relacionada à agranulocitose e anemia alpástica. E mais do que isso, alguns estudos já mostraram que altas doses do medicamento apresentam um pequeno potencial mutagênico ou carcinogênico.

Contudo, apesar disso, o uso de dipirona não é completamente proibido para grávidas, uma vez que não há nada comprovado sobre o medicamento estar relacionado a malformações no feto. No entanto, o uso do medicamento só deve ser feito com acompanhamento médico, quando o próprio profissional receita e indica o uso, limitado a menores doses e tempo possível.

Como e quando a grávida pode usar dipirona?

Mundo Boa Forma

Então, sim, grávida pode tomar dipirona, mas isso dependerá da fase gestacional e das condições da saúde da mulher. De modo geral, por questões de segurança, seria melhor evitar o medicamento durante o primeiro e o terceiro trimestre de gestação, uma vez que já foi comprovado que a substância atravessa a barreira placentária.

Durante o primeiro trimestre de gestação, pode haver o risco de malformações fetais. Já no último trimestre, o medicamento pode fazer com que o ducto arterial se feche antes do tempo.

Contudo, durante o segundo trimestre, mais especificamente entre quarto e sexto mês, a dipirona pode ser usada pela gestante. Ainda assim somente com indicação médica, já que somente o médico poderá confirmar a necessidade do medicamento ou se ele não causará nenhum problema para a mãe ou o bebê.

Opção de remédio para grávida

Veja

Sendo assim, apesar de grávida poder tomar dipirona, o medicamento não deve ser a primeira opção de remédio nessa fase. Existem outros remédios com a mesma finalidade de aliviar dores que não são a dipirona, e que são mais seguros.

Durante a gravidez, a mulher pode se queixar com mais frequência de dores de cabeça e de dente, essas situações, ela pode optar por outro medicamento, como o paracetamol, por exemplo. O paracetamol é outro medicamento analgésico, que pode ser uma alternativa para mulheres grávidas, uma vez que apresenta um risco menor para o feto.

Independentemente disso, antes de tomar qualquer remédio que seja durante a gestação, a recomendação é sempre consultar um médico antes. Até porque dependendo das condições de saúde, qualquer medicamento pode apresentar riscos. No caso do paracetamol, pessoas com problemas do fígado, por exemplo, não podem tomar o remédio, bem como problemas de pressão.

Portanto, se você está grávida, no segundo trimestre ou não, converse com o seu médico antes de recorrer a dipirona para aliviar as dores. E se estiver no primeiro ou último trimestre, evite o medicamento.

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aliás, aproveite para conferir também O que não comer na gravidez? 13 alimentos que precisam ser evitados.

Fontes: Minha Vida Minuto Saudável Médico Responde CordVida

Imagens: Guia da Farmácia Minuto Saudável Knap Well Mundo Boa Forma Veja

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você