Maternidade

Leite empedrado, como tratar? Dicas para aliviar o desconforto na mama

A amamentação é uma fase de determinação para a mãe, já que o leite empedrado pode ser um problema, visto que essa é uma das principais queixas das mulheres

Atualizado em 23/09/2020

O leite empedrado ou ingurgitamento mamário, é uma das principais queixas das mamães durante a amamentação do bebê. Em síntese, o leite materno é a principal alimentação do recém-nascido até os 6 meses de vida.

Nesse sentido, as mulheres imaginam a amamentação como um momento mágico. Não deixa de ser! Entretanto, essa fase exige muitos cuidados especiais. Em contrapartida, a amamentação pode se tornar uma fase de determinação para a mãezinha, já que é necessário alimentar o bebê, mesmo sentindo dores nas mamas.

Na maioria dos casos, o bico do seio racha, machuca, sangra, além do leite empedrado que pode surgir. Sendo assim, vamos entender melhor os sintomas, causas e tratamentos que ajudam a aliviar os desconfortos do leite empedrado na mama.

O que é Leite empedrado?

O leite empedrado é o excesso do líquido que o bebê não mamou, ou seja, é a sobra do leite que endurece dentro da mama. Isso acontece por causa da alta produção de leite, mais do que o necessário.

dores nas mamas
Grão de gente

Ademais, o leite empedrado cria pequenos nódulos doloridos nas mamas, estes fazem com que a mãe sinta dor durante a amamentação.

Sintomas

  • Dor ao amamentar;
  • Mamas duras e inchadas;
  • Vermelhidão nos seios;
  • Febre nas mamas;
  • Fissuras no bico.

Caso houver febre alta, procure um médico para evitar que o leite empedrado se agrave ainda mais. É necessário ter acompanhamento médico após o parto.

Prevenção ou tratamento do leite empedrado

Para evitar o leite empedrado nas mamas, alimente o seu bebê mais vezes ao dia. No início, deixe o leite livre para quando o seu filho(a) sentir vontade de se alimentar. Nesse sentido, há recomendações que limitam a amamentação somente a cada 2 horas ou 3 horas.

Bebês mamando
Rádio Web

No entanto, se o bebê chora e pede o peito, o ideal é deixá-lo mamar para evitar o excesso de leite na mama. Assim, a mãe consegue evitar o leite empedrado ou maiores problemas durante o período de amamentação.

Além disso, existe um sutiã de amamentação ideal para proteger a mama e posicioná-la de forma confortável,sendo esse produto vendido em mercados e farmácias. Contudo, separamos algumas dicas de prevenção e tratamento para que você possar fazer em casa.

1- Massagem nos seios

Primeiramente, se a mãe preferir seguir os horários fixos de amamentação, ela pode usar a técnica de massagem na mama para evitar o leite empedrado. Isto é, massagear os seios com as pontas dos dedos, em movimentos circulares, na vertical, em direção ao mamilo e nos gânglios linfáticos da axila.

massagem na amamentação
Pinterest

Nesse ínterim, a massagem vai agir preventivamente para que o leite acumulado não empedre. Logo, esse procedimento deve ser feito 15 minutos antes da amamentação, para que o bebê se alimente em seios macios e confortáveis sem machucar a mãe.

Ademais, uma dica interessante é fazer a massagem em conjunto com a compressa quente. Dessa forma, quando a compressa estiver quase esfriando, retire-a e faça a massagem. Por último, se a mama ainda tiver muito dura, coloque uma nova compressa morna.

2- Compressas mornas nas mamas

As compressas mornas podem ser colocadas na mama entre 10 a 20 minutos antes de amamentar o bebê. Como resultado, a saída do leite fica mais suave, aliviando as dores e os desconfortos durante a amamentação. Em suma, os discos térmicos como a Nuk ou Philips Avent são muito utilizados para essa função, estes são encontrados em farmácias.

Compressa quente
Irene

3- Banho quente para alívio das dores do leite empedrado

Outra solução é o banho quente, visto que a água cai sobre as mamas cheias de leite trazendo alívio imediato. Como também, o efeito quente da água dilata as glândulas mamárias, fazendo com que o leite escorra com mais facilidade. Porém, esse procedimento também estimula a produção de leite.

Leite empedrado, como tratar? Dicas para aliviar o desconforto na mama
Total Construção

4- Tirar excesso de leite com bombinhas

A extração de leite com as bombinhas garante que o leite não endureça dentro das mama. No entanto, não é recomendado retirar o leite em todas as mamadas, já que essa ação pode estimular o aumento da produção de leite.

Ao passo que, se as mamas tiverem muito inchadas e endurecidas, a mãe também pode fazer a retirada antes da amamentação. Assim, o bebê consegue mamar com facilidade, sem machucar a mãe.

Leite empedrado
Solo Maternidad

5. Compressa fria após amamentar

Por último, a compressa fria após a amamentação, alivia a dor, diminui o inchaço das mamas e a inflamação. Antes de colocar a compressa fria, a mãe pode usar a tática da bombinha. Lembre-se que, com o passar o tempo, a produção de leite da mama vai se adaptando a quantidade que o seu bebê consome. Portanto, o problema vai se resolvendo naturalmente, basta ter um pouquinho de paciência e cuidado com os seios.

Leite empedrado
Agora Resposta

Por fim, o que achou dessa matéria sobre leite empedrado? Aliás, aproveite para conferir essa também: Amamentação: 5 maiores dificuldades das mães e como resolvê-las

Fontes: Trocando Fraldas, Tua Saúde, Tua Saúde II e Pais e Filhos

Imagens: Grão de gente, Metrópoles, Rádio Web, Pinterest, Irene, Total Construção, Solo Maternidad e Agora resposta

Por <a href='https://areademulher.r7.com/author/karinybianca/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Kariny Bianca</a>
Por Kariny Bianca
Jornalista, goiana e aventureira, sempre em busca de conhecimento e informação. É amante da escrita, interessada em boas conversas e autora de um livro. (@bianca.kariny)