Saúde

Benefícios do pompoarismo para a saúde da mulher

Já conhece as vantagens de praticar pompoarismo? Além da vida sexual, os exercícios podem trazer muitos benefícios para a sua saúde!

Atualizado em 10/10/2018

Ter uma vida sexual ativa é de extrema importância para nossa autoestima e bem-estar. Certo? E sabemos que o sexo está ligado diretamente à nossa saúde, física e mental.

Por isso, hoje trouxemos alguns exercícios super simples que podem te ajudar a ter mais desenvoltura na vida sexual, além de provocarem efeitos positivos no seu dia a dia, como a diminuição do período menstrual e tratamento dos sintomas da menopausa.

O pompoarismo (nome dado a esses exercícios milagrosos), se trata da técnica para que fortalece os músculos do assoalho pélvico – tanto na mulher quanto no homem -, por meio de contração e do relaxamento desses mesmos músculos. Com essa prática, a mulher se torna capaz também de massagear o órgão masculino com os músculos internos durante o contato íntimo.

Para as curiosas de plantão, a pompoarismo funciona como uma espécie de musculação. E, para treinar essa musculatura em específico, são necessários alguns acessórios encontrados em sex shops, mas isso é um assunto para uma próxima matéria!

Interessou? Vem com a gente e descubra benefícios do pompoarismo para a saúde da mulher.

Confira alguns benefícios que o pompoarismo traz à saúde feminina:

Diminui cólicas e período menstrual

Para quem ainda não sabe, as cólicas acontecem em decorrência de contrações involuntárias feitas pelo útero para expulsar a camada interna que não recebeu o óvulo fecundado.

São esse movimentos que causam as famigeradas dores das cólicas menstruais.

Pesquisas indicam que mais de 90% das mulheres que menstruam sentem dor nesse período.

Com os movimentos do pompoarismo e da masturbação a mulher é capaz de conseguir aliviar (e muito!) esse desconforto, pois passam a ter maior controle sobre as contrações.

Como consequência, há melhora na regulação hormonal e a quantidade de sangue que sai durante a menstruação acaba diminuindo, reduzindo os dias do período.

É importante lembrar que também existem outras possíveis causas para a cólica, como útero invertido (atinge cerca de 5% das brasileiras, de acordo com pesquisas da USP) e endometriose (que atinge cerca de 15% das mulheres brasileiras), e devem ser acompanhadas por um médico especialista.

Diminui os sintomas da menopausa

O pompoarismo ajuda as mulheres no período da menopausa, principalmente nos seguintes sintomas: secura vaginal, redução da libido e dispareunia (dor durante o ato sexual), entre outros.

Ajuda na preparação do parto e recuperação pós-parto

Mulheres que praticam pompoarismo têm maior consciência de toda sua área pélvica, o que ajuda demais na hora do parto.

Isso acontece porque elas desenvolvem força em toda a região, o que irá ajudar na hora das contrações naturais, impulsionando o bebê mais facilmente durante  o parto normal.

Além disso, esse reforço do assoalho pélvico acelera a recuperação pós parto, porque os movimentos do pompoar deixam a musculatura mais trabalhada.

Depois de um período, conforme liberação do obstetra, é possível que a mulher volte a realizar os exercícios vaginais de forma leve, voltando aos poucos à ginástica íntima.

Melhora o funcionamento do intestino

Por essa você não esperava, né? E o que tem a ver uma coisa com a outra?

Bom, o pompoarismo também compreende o auxílio nessa área, porque além da região pélvica, os exercícios também trabalham a musculatura abdominal.

Fazendo com que o trânsito intestinal seja estimulado, tanto pelo movimento em si quanto por aumentar a irrigação, ajudando a combater qualquer ressecamento.

Trata incontinência urinária

Os movimentos do pompoarismo também trabalham o períneo, região que, entre outras coisas, controla a saída de urina e fezes.

Realizando os exercícios íntimos, a mulher consegue controlar esses músculos e, assim, amenizar os sintomas da incontinência urinária.

Combate a flacidez vaginal

A força da gravidade, um dos inimigos mortais das mulheres. Assim como “tudo cai”, não seria muito diferente com a vagina.

Especialmente em idades mais avançadas na vida da mulher, quando a pele perde elasticidade e o corpo fica menos hidratado.

Toda a região do assoalho pélvico sofre com constante desgaste, tanto pelas relações sexuais quanto pelo peso que a bexiga, uretra, reto e útero exercem sobre essa área.

Assim, a ginástica íntima surge como uma excelente maneira de prevenir a flacidez da vagina, fortalecendo e sustentando os órgãos internos.

A mulher fica mais “apertadinha”

Então, esse é um dos grandes benefícios do pompoarismo!

Com os exercícios toda a região pélvica da mulher fica mais forte, fazendo com que a mulher consiga – literalmente – apertar completamente o pênis do parceiro.

Em uma brincadeira saudável, ela pode, até, simular virgindade, elevando o patamar de prazer durante a relação.

Aumenta a lubrificação e libido

Fazendo contrações vaginais e relaxando por meio dos exercícios, faz com que o grau de excitação aumente. Assim, a mulher fica mais lubrificada e sente mais prazer, melhorando sua libido como um todo, de maneira progressiva.

Se o pompoarismo for realizado de maneira constante, a região fica totalmente irrigada, elevando o nível de sensibilidades, o que facilita a penetração e melhora ainda mais o sexo.

E então, gostou das dicas? Você já praticou, conhece alguém que pratica ou, pelo menos, já tinha ouvido falar na técnica do pompoarismo? Comente!

Agora, aproveitando que o papo está quente, não deixe de conferir também: 7 coisas para nunca fazer antes da hora H se quiser que a noite seja boa.

Fonte: Mulheres Bem Resolvidas, Tua Saúde