Saúde

Leucemia: tudo o que você precisa saber sobre a doença

Leucemia tem cura? É câncer? Quais são seus sintomas? Tudo o que você precisa saber sobre a doença da atriz global Suzana Vieira.

Atualizado em 13/11/2018

Entre as doenças mais temidas, a leucemia com certeza figura entre os primeiros lugares. Apesar de rara, ela é um dos tipos de câncer mais agressivos.

Na última segunda-feira, 12, saiu na imprensa que a icônica Suzana Vieira está com a doença, porém, está sob controle. Segundo a assessoria de imprensa da atriz, “não é algo de agora.

Já tem algum tempo. Está totalmente controlada”. Além disso, completaram: “Não existe nenhuma restrição de nada e por isso ela tem seguido a agenda pessoal e profissional normalmente”.

Leucemia: tudo o que você precisa saber sobre a doença

A enfermidade, que afeta cerca de 150 mil de brasileiros por ano, está sempre sendo retratada na cultura pop. Filmes de sucesso como Uma Prova de Amor e Um Amor para Recordar tem a leucemia como assunto central.

Aqui nas terras tupiniquins não ficamos atrás, uma vez que Laços de Família, uma novela do horário nobre da Globo do inicio dos anos 2000, tinha a doença como plot principal. O que você sabe sobre leucemia?

O que é leucemia e os tipos

Leucemia: tudo o que você precisa saber sobre a doença

Considerada a 9° doença mais comum entre os homens, e a 11° entre as mulheres, a leucemia pode ser fatal. Colocado de maneira simples, ela é um câncer que ocorre na corrente sanguínea, dificultando o organismo a conseguir combater infecções. Sua principal característica é o acumulo de células jovens defeituosas na medula óssea. Essa células anormais entram no lugar das células sanguíneas, despertando o problema.

A leucemia será classificada a partir da velocidade da progressão. Ela poderá ser classificada como aguda, aonde ela evolui rapidamente e de forma mais violenta; crônica, que se desenvolve devagar e pode demorar anos até aparecer o primeiro sintoma; linfocítica, que ataca o sistema imunológico diretamente e; mielógena, que afeta a produção de células brancas, células vermelhas e plaquetas.

Os tipos mais comuns são leucemia linfocítica aguda, leucemia mielóide aguda, leucemia mielóide crônica e leucemia linfocítica crônica. Além delas, existem outros tipos ainda mais raros, como a leucemia de células pilosas.

Causas

Leucemia: tudo o que você precisa saber sobre a doença

Falar sobre as causas da leucemia pode ser um pouco complexo, isso por que os motivadores da doença não estão muito claros até hoje, existindo pouca informação sólida. O que se sabe, é que existem algumas pré-disposições genéticas favorecem a enfermidade, porém, não é hereditária e não passa de pai para filho, nem é contagiosa e por isso não passa para outras pessoas.

Ainda sim, existem alguns fatores de risco claros para a medicina. Em primeiro, pessoas que tiveram algum outro tipo de câncer e fizeram tratamento com quimioterapia ou terapia de radiação, tem os riscos aumentados. Em segundo, certos distúrbios genéticos, como a síndrome de Down, também aprofundam os riscos. Em terceiro, a exposição a certos produtos químicos como benzeno. Por último, fumar também aumenta as chances de se desenvolver leucemia.

Sintomas

Leucemia: tudo o que você precisa saber sobre a doença

Existem muitos sintomas que podem ser causados pela leucemia. Na maioria das vezes, como são comuns em outras doenças, é comum que confundam os sintomas de leucemia com o deu outras doenças. Veja quais são eles:

  • Febre
  • Fadiga
  • Fraqueza
  • Infecções
  • Perda de peso sem esforço
  • Aumento do fígado ou baço
  • Sangramentos
  • Manchas vermelhas pelo corpo
  • Suor excessivo
  • Dor pelo corpo e articulações

Tratamento

Leucemia: tudo o que você precisa saber sobre a doença

Para saber se você está com leucemia, é necessário uma consulta imediata com um médico. Os especialistas que poderão fazer esse diagnóstico são o oncologista, hematologista e o clinico geral. Os tratamentos irão depender do tipo e intensidade me que a doença está. os tipos de tratamento são:

  • Quimioterapia
  • Terapia biológica
  • Terapia direcionada
  • Terapia de radiação
  • Transplante de células tronco

A leucemia tem cura, porém, isso irá depender do tipo e da violência dela. Quanto mais cedo o diagnóstico for feito, mais chances de cura existem.

Se você gostou dessa matéria, pode ser que também goste dessa aqui: 10 antes e depois de pessoas que venceram o câncer e recomeçaram a vida

Fonte: Minha Vida