Saúde

O que causa espinha? Graus de tratamento, prevenção + dúvidas comuns

Já imaginou ficar com a pele lisinha? Para alcançar esse sonho, é preciso primeiro entender o que causa espinha, para assim livrar-se delas.

Provavelmente você já sofreu, ou sofre, com os terríveis cravos, bem como grande parte da população. Por isso, nós te explicaremos o que causa espinha, quais os tratamentos e como evitá-las na pele.

Embora essa lesão aconteça principalmente na adolescência, é normal que também ocorra em adultos.

Há diversas razões que podem causar as acnes no rosto e corpo, como, por exemplo: peles oleosas, estresse, má alimentação e distúrbios hormonais. Portanto, a melhor maneira de conquistar a pele lisinha e não sofrer com esses incômodos, é investindo em uma vida saudável e em cuidados diários.

Ademais, existem outros tratamentos e cuidados para evitar as espinhas. Continue lendo e descubra!

O que são as acnes?

Antes de tudo, é importante entender o que é a Acne. Pode-se dizer que é uma inflamação de pele, que ocorre quando os folículos pilosos ficam tampados, em outras palavras, quando há uma presença excessiva de gordura ou células mortas na pele.

As regiões mais afetadas por espinhas são o rosto, pescoço, peito, ombros e costas.

O que causa espinha?

As espinhas são causadas pela junção de vários fatores. Entre eles, está o excesso de oleosidade na pele, o acúmulo de bactérias, estresse, tendências à inflamação, má alimentação, genética, desregulamento hormonal e, por fim, o acúmulo de células e tecidos mortos. A seguir, vamos explicar um pouco mais sobre cada causa.

1.Puberdade

O que causa espinha - Puberdade

Na fase da adolescência, entre os 8 e 14 anos de idade, é o período mais comum das espinhas. Isso se deve ao aumento da produção de hormônios androgênicos, como, por exemplo, a testosterona, que estimula a produção de oleosidade e causa os cravos.

2. Dormir com a maquiagem

Cuidados com a pele

Outro fator que aumenta as chances de ter espinhas, é não retirar a maquiagem do rosto antes de dormir, principalmente quando é usado produtos à base de óleos ou de baixa qualidade.

Portanto, prefira maquiagens boas e à base de água e lembre-se sempre de retirar todo o reboco com demaquilante, antes de dormir.

3. Má alimentação

Antes de tudo, a boa alimentação é importante não só para evitar espinhas, mas também para manter o organismo saudável.

Alguns alimentos, como, por exemplo, leite, doces, carboidratos e frituras, quando consumidos em excesso, podem aumentar as chances de acne. Isso porque, eles alteram a produção hormonal e estimulam a inflamação da pele.
Portanto, prefira uma dieta rica em antioxidantes, como legumes, frutas, água e peixes.

4. Estresse

O estresse faz com que o organismo sofra um desequilíbrio hormonal, o que pode aumentar a oleosidade da pele e, por fim, resultar em cravos e espinhas.

5. Reação a medicamentos

O que causa espinha? Reação a medicamentos

Alguns medicamentos podem causar efeitos colaterais, como a inflamação da pele. Entre eles estão, por exemplo: corticóides e anti-inflamatórios.

Nesses casos, converse com um médico sobre a possível mudança do medicamento.

6. Limpeza incorreta da pele

O que causa espinha na pele - limpeza incorreta da pele

A princípio, quando a pele não é bem higienizada, existe o acúmulo de oleosidade e sujeiras, o que obstrui os poros e facilita o aparecimento das espinhas.

Para a boa higienização da pele, é preciso lavá-la ao menos 2 vezes ao dia, ao acordar e ao dormir.

7. Uso de produtos oleosos

Como dito anteriormente, a oleosidade é uma das principais causas do aparecimento de cravos. Produtos como, por exemplo, protetor solar ou cremes hidratantes muito oleosos, estão entre os principais produtos que causam a inflamação.

8. Doenças hormonais

Doenças hormonais causam espinha

Outro motivo para o surgimento de espinhas está o desequilíbrio hormonal que, na maioria das vezes, é causado por doenças, como, por exemplo, a síndrome dos ovários policísticos.

9. Sol em excesso

O sol em excesso causa diversas doenças na pele, entre elas, as espinhas. Isso acontece pois a radiação UV pode acelerar a inflamação e a produção de oleosidade.

Para evitar esse problema, use um protetor solar adequado para sua pele. Além disso, evite se expor ao sol entre 10h e 16h da tarde.

10. Genética

Genética causa espinha

Ter um familiar que já sofreu com as acnes, pode aumentar as chances de também adquirir os cravos.

11. Gravidez

Gravidez causa espinha

Por fim, o aparecimento de espinhas pode ser devido à uma gravidez. Isso acontece porque algumas mulheres sofrem com o aumento da progesterona, o que causa oleosidade da pele, resultando em cravos.

Graus da acne

Pode-se dizer que as espinhas são classificadas em diferentes graus, sendo eles:

  • Grau 1: presença apenas de comedões, sem indícios inflamatórios;
  • 2: presença de comedões, com inflamações;
  • 3: presença de comedões, pústulas, pápulas, cistos, com grande nível de inflamação e dor;
  • 4: presença de comedões, pústulas, pápulas, cistos, placas e local bastante infeccionado.

Como tratar as espinhas

Primeiramente, o passo mais importante para combater a acne é seguir uma rotina de cuidados. Fazer a limpeza da pele, seguir uma alimentação saudável e manter o corpo sempre hidratado são os melhores hábitos a se seguir caso você deseje manter a pele lisinha.

Entretanto, caso o seu grau seja mais difícil de ser tratado, há alguns medicamentos e procedimentos estéticos que podem ser feitos. Confira:

Limpeza de pele

A limpeza de pele é um tratamento estético próprio para remover o excesso de oleosidade e as células mortas do rosto. Além disso, ela deixa a pele mais firme e com elasticidade. O procedimento é mais indicado para remoção de espinhas e cravos.

Peelings

O peeling é um tratamento não invasivo, eficaz tanto para rugas e manchas, quanto para combater a acne. O procedimento descama a pele, fazendo assim com que ela se renove. Portanto, para quem tem a pele oleosa, essa opção é ideal.

Entretanto, se você se encaixar na acne de grau 1, recorra ao peeling com ácido retinóico. Mas, caso faça parte do grupo de pessoas com outros graus, pode estar recorrendo ao peeling com ácidos salicílico.

Luz pulsada

Luz pulsada para a pele

Por fim, está o procedimento feito através de luz pulsada. Esse método é capaz de combater a acne, atingindo apenas a área do rosto com a inflamação, sem prejudicar o restante da pele.

Para o tratamento de luz, é preciso do auxílio de um aparelho específico que emite uma concentração de luz no local inflamado, destruindo as bactérias e intensificando a cicatrização.

Como evitar espinhas

Em resumo, para evitar espinhas:

  • Evite alimentos como doces, frituras e bebidas alcoólicas;
  • Tenha uma alimentação rica em ômega 3, zinco e antioxidantes, como, por exemplo, salmão, sementes de girassol, frutas e legumes;
  • Limpe o rosto diariamente, com produtos próprios para a sua pele;
  • Passe protetor solar antes de se expor ao sol;
  • Faça uma esfoliação, pelo menos uma vez por semana, para retirar as células mortas.

Dúvidas frequentes

via GIPHY

Posso espremer as espinhas? O indicado pelos dermatologistas é não espremer as espinhas. Essa ação pode machucar a pele e atrair bactérias.

Fazer exercício físico regularmente ajuda a diminuir a acne? Sim, a prática de exercícios contribuem para a minimização do estresse que, como citado acima, pode provocar a acne.

Chocolate dá espinha? Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o chocolate não causa espinhas e sim o açúcar contido nele. Portanto, ao comprar doces, dê preferência para os 70% cacau ou sem açúcar.

Durante o período menstrual, as espinhas aparecem com mais frequência? Sim! Devido às alterações hormonais sofridas no organismo durante a menstruação, a pele fica com uma presença maior de oleosidade, o que resulta em espinhas e cravos.

Então, o que achou dessa matéria? Aproveite para ler também: Benefícios do mel para a pele, quais são? Receitas e curiosidades.

Fontes:  Dermaclub, Skinlaser, Tua Saúde.

Fontes das imagens: Tem meu Tamanho, Tribuna do Norte, Santa Madra,Call Clínica, Buzzfeed, PartMed, Uol, Esaq, Graces e Nome An.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você