Beleza

Corretivo: 5 erros que você (provavelmente) comete ao aplicar o corretivo

Você sela o corretivo? E sabe qual a diferença do corretivo para camuflar as olheiras e as espinhas? Confira essas 5 dicas e saiba onde você está errando.

Corretivo, como você já deve ter descoberto, é vida! Ele camufla as olheiras, ajuda a ressaltar os traços mais bonitos do rosto na hora do contorno, esconde as manchinhas, as espinhas e tem um monte de outras funções na maquiagem.

Mas, será que você realmente está usando esse produtinho milagroso do jeito correto? Será que a forma que você o aplica, e a função para qual você o escolhe, estão mesmo certas? Será que você está aproveitando todo potencial do seu corretivo?

Abaixo, na lista, você tira essa dúvida.

Confira os erros que você, provavelmente, comete na aplicação do corretivo:

1. Mesmo corretivo para olheiras e espinhas

Por mais potente que seja o produto que você comprou, ela nunca vai ter a mesma performance para todas as funções de um corretivo.

Isso porque existem corretivos com funções (e cores) diferentes, apropriados para colheiras, espinhas e manchas avermelhadas, manchas roxas e assim por diante.

Para ter uma boa cobertura, você deve primeiro usar o corretivo correto: os líquidos e cremosos são bons para as olheiras, os em bastão e coloridos, servem bem para pontos específicos, como espinhas e assim vai.

2. Aplicar corretivo antes da base

Não é que seja errado aplicar o corretivo antes da base. Só que no dia a dia, quando você aplica a base ou mesmo um BB Cream primeiro, é possível utilizar menos produto para tapar as olheiras.

Isso deixa o semblante menos carregado e reduzindo também as marquinhas de expressão que as camadas muito grossas de corretivo formam abaixo dos olhos.

3. Não finalizar com esponjinha

Os dedos são mesmo perfeitos para espalhar o produtinho e fazer com que ele se adapte bem à pele. O calor da sua pele proporciona esse efeito ótimo no caso do corretivo.

No entanto, o ideal é finalizar a aplicação com um esponjinha umedecida. Ela, assim como um pincel dua fiber (aquele que as pontinhas das fibras são polidas), deixam o aspecto final do corretivo mais natural, retirando o excesso do produto.

4. Não selar o corretivo

O segredo da maquiagem com efeito profissional, além da aplicação correta, é construir camadas. E, se você pula alguma, muito provavelmente, seu look final não vai ter o mesmo resultado.

No caso do corretivo, se você não selar com pó – especialmente se você tiver a pele oleosa -, o produto não vai ter uma boa durabilidade e o aspecto visual não será tão bonito. Mesmo que seja o corretivo mais caro do mundo.

Uma dica, na hora dessa etapa, é utilizar o pó translúcido. Como você já conferiu aqui, nessa outra matéria, uma de suas várias funções é retirar a oleosidade da pele e fazer com que os produtos cremosos fiquem no lugar por mais tempo.

5. Usar produto fora da data de validade

Por mais que a gente goste de fazer o produto durar mais um pouquinho, especialmente se for de uma marca cara, é preciso ficar atenta à data de validade.

Como você já conferiu aqui (clique para conferir), além da data de validade impressa nas embalagens, é possível conferir também um símbolo (especialmente nos produtos importados) que indicam quanto tempo ele pode ser utilizado depois de aberto.

Respeite sempre a data limite informada pelo fabricante para evitar espinhas, alergias e outros problemas mais sérios.

E então, quantos desses erros você cometida na hora da aplicação desse produtinho? Não deixe de comentar!

E, falando sobre dicas de maquiagem, é muito importante também que você confira essa outra matéria: 8 coisas que acontecem se você não tirar a maquiagem.

Fonte: Revista Glamour

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você