Beleza

Pedra hume, o que é? Utilidade e benefícios

A pedra hume é um produto de fácil aquisição que pode ser valioso tanto para a saúde quanto para a estética. Confira como utilizá-la.

Você já ouviu falar sobre pedra hume? Muito utilizada na indústria de cosméticos e da saúde, o produto possui diversas aplicações diferentes. Ele é normalmente procurado por sua ação antisséptica, antibacteriana e cicatrizante. Ainda mais, pela facilidade com que pode ser encontrado em qualquer loja de produtos naturais, mercados e feiras.

Também conhecida como pedra alúmen, pelo fato de ser feita a partir do alúmen de potássio, o produto possui aparência esbranquiçada e semitransparente. Sobretudo, pode ser encontrada como pedra, em spray, em pó e em sais. Todavia, é recomendado adquirir o produto no formato de spray, pelo fato de evitar o atrito com a região da pele que necessita da aplicação.

De antemão, a pedra hume é utilizada como um antitranspirante natural, sendo o alúmen de potássio excelente ao contrair os poros da pele e regular o suor. Seu uso, porém, pode ir muito além disso: a pedra ajuda a diminuir estrias, acelerar a cicatrização e tratar aftas.

Fonte: Tua Saúde

Confira abaixo 6 maneiras diferentes de usar o produto, bem como as possíveis contraindicações.

Uso da pedra hume

Por sua versatilidade, a pedra hume é uma ótima pedida quanto ao uso na saúde e na beleza. Suas aplicações mais populares são valiosas quando se precisa de um tratamento mais rápido, barato e facilmente encontrado no mercado.

1 – Pedra hume como antitranspirante natural

Pedra hume
Fonte: Incrível

O alúmen de potássio presente na pedra é responsável por um grande feito: diminuir os poros da pele, bem como regular o suor produzido durante o dia. Além disso, o cheiro de suor pode ser reduzido pela camada transparente deixada pelo produto no local aplicado, de ótima durabilidade e excelente ao eliminar as bactérias.

É possível aplicar o produto em seu formato natural, como pedra, ao molhá-la e esfregar na região desejada, em pó ou em spray. É extremamente indicada para as axilas, sola dos pés e costas.

2 – Para aftas

Fonte: Green Me

A ação cicatrizante e antibacteriana da pedra hume é valiosa quando o assunto é se livrar das aftas. Ao eliminar as bactérias, o produto ainda cicatriza a região. Além disso, seu tempo de ação é extremamente rápido, já que em alguns casos, as aftas desaparecem em até 24 horas.

O modo mais indicado de aplicação da pedra hume é por meio da diluição do pó. Em uma xícara de água, devem ser diluídas 2 colheres de sopa do produto, que pode ser tanto em pó quanto em grão. Em seguida, deve ser feito o gargarejo da mistura, repetindo o processo duas vezes ao dia. Ainda é possível aplicar o pó ou o spray diretamente sobre a afta, mas a técnica pode causar queimação intensa e incômoda.

3 – Atenuação das estrias

Fonte: OCP

Ao ser adquirido em pó ou em sais, os cristais da pedra hume ainda funcionam como um excelente esfoliante, atenuando as estrias avermelhadas e diminuindo o relevo das estrias brancas. Contudo, é extremamente importante que um bom creme hidratante seja aplicado após realizar a esfoliação.

Para utilizá-la, é preciso passar sabonete líquido na região das estrias e então esfregar uma pequena quantidade dos sais ou do pó na pele, em movimentos circulares. Também é possível massagear a pele com a pedra em seu formato natural. É possível repetir a ação de 2 a 3 vezes por semana.

4 – Pedra hume para as espinhas

Pedra hume
Fonte: Fala Moda

Da mesma forma, a pedra também possui grandes propriedades antissépticas e adstringentes, eliminando as bactérias da pele. Assim, a limpeza que sua aplicação promove é valiosa o suficiente para auxiliar no tratamento contra as espinhas, por reduzir os poros e aumentar o tônus da derme, dificultando o surgimento da acne. Além disso, a pedra hume ainda auxilia no controle da oleosidade.

Todavia, no caso do quadro de acne ser severo ou as espinhas muito inflamadas, é preciso consultar um dermatologista e evitar tratar a situação por conta própria. No mais, para utilizar a pedra, é preciso misturar sua versão em pó com água o suficiente para formar uma mistura homogênea, como uma máscara facial. Em seguida, deve se aplicar a mistura no rosto e deixá-la agir por alguns minutos.

Também é possível misturar a pedra em pó com duas claras de ovos, utilizando a mistura como máscara facial. Ela deve permanecer no rosto por 20 minutos, ser lavada com água morna e seguida da aplicação de um hidratante específico para pele com espinhas.

5 – Cicatrização com a pedra hume

Pedra hume
Fonte: Tua Saúde

Pelo fato de contrair os poros, a pedra hume é uma ótima indicação quando o assunto é a cicatrização de feridas, bem como seu poder antibacteriano, que diminui a possibilidade de infecções. O produto deve ser utilizado no caso de pequenos machucados ocasionados pela manicure e por giletes ou navalhas na barba, por exemplo.

Apesar de seu poder de cicatrização, no caso de cicatrizes maiores ou alteradas, como as hipertróficas ou queloides, é preciso suspender imediatamente seu uso. No mais, é extremamente simples utilizar a pedra hume para cicatrização: após molhá-la, só é preciso aplicar diretamente no local do corte, ou borrifar a versão em spray.

6 – Para a barba

Fonte: Green Me

Tal qual a cicatrização, o uso da pedra hume para a barba é o mesmo. Após fazer a barba, aplicar o produto na pele pode evitar a alergia ou a coceira, pelo fato de fechar os poros, bem como acelerar a cicatrização.

Para utilizar a pedra hume, é necessário lavar o rosto com água gelada, passar a pedra suavemente pela região de preferência por 30 segundos e então enxaguar. Contudo, quem possui a pele mais sensível deve utilizar a versão do produto em spray, evitando o atrito dos cristais e quaisquer reações alérgicas.

Contraindicações

Há quem diga que o produto ainda pode ser utilizado como um método natural para estreitar o canal vaginal, até mesmo após o parto, proporcionando maior prazer durante o ato íntimo. Apesar disso, o truque popular é mito, e ainda pode trazer riscos para a saúde. O alúmen de potássio é capaz de alterar o pH da vagina, bem como ressecar as paredes vaginais e aumentar o risco de infecções.

No geral, a pedra hume não deve ser utilizada em excesso, devido ao alumínio presente em sua composição, que pode causar alergias. Seu uso deve ser recomendado por um médico, ela não deve ser ingerida sob nenhuma circunstância e deve ser mantida em local seco e arejado. Em qualquer caso de irritação, é preciso suspender o uso e consultar um médico imediatamente.

E aí, o que você achou dessa matéria? Se te interessou, confira também Gelo na pele – Para que serve, benefícios e como usar

Fontes: Tua Saúde, Dicas de Mulher, CliqueFarma

Imagens: Tua Saúde, Tua Saúde, Fala Moda, Green Me, Green Me, OCP, Incrível

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você