Celebridades

MC Melody chora ao ser proibida de divulgar “Fake Amor”

MC Melody apareceu em seu Instagram aos prantos para contar aos fãs que sua versão da música de Anitta havia sido vetada pela gravadora.

A cantora MC Melody gravou um vídeo para seus seguidores no Instagram aos prantos após ser proibida de divulgar “Fake Amor”, versão remix da canção de Anitta, “Faking Love”. Nesse sentido, a gravadora da estrela vetou a menina de postar qualquer trecho de sua canção. Em seu depoimento, MC Melody implora que Anitta libere a música.

Assim, a menina relata: “Gente, eu não estou acreditando. Sério. Não sei se vocês viram, mas tive que tirar a música de todas as plataformas”, começou Melody, emotiva. “A música, gente, eu fiz em questão parecida com Assalto Perigoso, era um remix. Coloquei a voz dela também, da Anitta e um remix em cima. A gravadora não quis deixar eu postar. Ontem, quando eu postei, eles me mandaram um e-mail pedindo para eu apagar e não postar. Eu tentei tirar a voz dela, a imagem dela… Eles não deixaram e pediram para eu tirar. Estou muito triste”.

Logo depois, a funkeira mirim pede: “Eu fiz de coração, eu juro. Não estou querendo dinheiro. Eu ofereci todos os direitos da música para eles, toda a monetização, já provando que eu não queria ganhar dinheiro. Foi uma homenagem porque ela falou que gostou de Assalto Perigoso e de piseiro. Pensei: ‘Vou fazer homenagem para ela, mas tiraram tudo do ar (chora). Estou muito chateada. Anitta, se você estiver vendo esse vídeo, por favor, libera. Eu fiz de coração. Não quero ganhar nada”.

MC Melody chora ao contar sobre veto da gravadora de Anitta

Seja como for, após o depoimento da menina, Anitta também se pronunciou sobre o caso, por meio de seu Twitter. Dessa forma, a cantora explica: “Acabaram de me mandar a versão (ótima) que a melody fez de faking love. Mas, galera, música não é bagunça e Internet não é terra de ninguém quando se trata da propriedade de terceiros. É automático o algoritmo da minha gravadora derrubar automaticamente qualquer conteúdo postado. Que tenha a minha voz ou imagem e não esteja autorizado previamente”, começou ela.

“Por isso, provavelmente os links subidos com minha voz e imagem caíram. Quanto a versão da música sem a minha voz… essa também precisa de autorização da editora (Sony)… que todo bom empresário sabe que não. Se faz por meio do Twitter, e sim entre as editoras por e-mails, ligações etc. Faking Love tem 11 donos. A autorização deve ser enviada formalmente (não pelo Twitter) para essas 11 (eu liberar a minha parte não significa que as outras pessoas vão liberar). E não tem como liberar. Algo do qual não se tem conhecimento”, disse.

Por fim, Anitta ainda fez questão de alfinetar o pai de Melody, responsável por agenciar a jovem. “Então, pai da melody, ADOREI a versão, achei divertida a estratégia de marketing pra bombar com meu nome e me forçar a autorizar (achei meio pânico na TV com a sandália da humildade) mas a burocracia infelizmente (ou felizmente) ainda merece respeito. Para proteger o direito dos artistas e suas criações. Adorarei liberar a minha parte quando receber um pedido formal”.

Dessa forma, a estrela termina: “Mas já aviso, para os outros pedidos, que essa tática que utilizou não é muito bem vista lá fora nesse tipo de negociação. Mil fake beijos. Então a # correta a ser usada seria #FazTeuTrabalhoPaiDaMelody e não #LiberaAnitta”.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você