Maternidade

Grávida menstrua? – Pode acontecer? É normal? Causas do sangramento

Muitas pessoas não sabem a resposta de uma pergunta aparentemente simples: grávida menstrua? Por isso, vamos responder para você, segundo os especialistas.

Atualizado em 16/08/2019

Você já parou para pensar se grávida menstrua? A resposta é rápida e sucinta: Não!

Basicamente, menstruação e gravidez são dois eventos incompatíveis entre si. Dá mesma forma que grávida não menstrua, quem está menstruada também não pode estar grávida. Além disso, não há exceções.

Grávidas não menstruam, mas podem ter episódios frequentes de sangramento vaginal durante a sua gestação. Esses sangramentos podem ter várias causas, mas a menstruação nunca será uma delas. Consequentemente, quando uma grávida tem sagramentos deve procurar um médico imediatamente para descobrir a causa.

Apesar de existirem causas benignas de sangramento vaginal durante a gestação, o ideal é que todo e qualquer sangramento seja comunicado ao obstetra. Para continuarmos, primeiramente precisamos dar um passo para trás e explicarmos o que é a menstruação.

O que é a menstruação?

Grávida menstrua? Descubra agora se grávidas podem menstruar

A cada ciclo menstrual, o endométrio (camada superficial da parede do útero) se prepara para receber um possível embrião. Esse processo se dá através da proliferação das células do endométrio e do desenvolvimento de vasos sanguíneos. Eles são responsáveis pelo fornecimento de fluidos e nutrientes para o futuro feto.

Isso ocorre todo mês e inicia-se no primeiro dia do ciclo menstrual. Ele é primeiramente estimulado pelo hormônio estrogênio e posteriormente pelo hormônio progesterona. Conforme passam-se os dias, a estimulação hormonal faz com que as células do endométrio se proliferem e novos vaso sanguíneos sejam criados.

Na fase final do ciclo, o endométrio torna-se espesso, com três camadas, viscoso, rico em vasos sanguíneos e com cerca de 1,5 cm de espessura, que é quase 4 vezes mais espesso que no início do ciclo. Após a ovulação, se o óvulo não for fecundado em cerca de 24 horas, ele se degenera e o estímulo para a produção de estrogênio e progesterona acaba.

Consequentemente, a parede do endométrio começa a desabar, levando consigo tecido endometrial, muco, água e sangue. A menstruação, então, nada mais é que o descolamento de parte expressiva da parede interna do útero, que ao longo do ciclo menstrual se preparou para receber um embrião que nunca foi gerado.

Grávida menstrua? Por que isso não acontece?

Grávida menstrua? Descubra agora se grávidas podem menstruar

Inicialmente, se a mulher menstruasse após a fecundação, o endométrio estaria descamado e não teria condições de receber nem manter viável o embrião que acabou de chegar. Além disso, uma vez que o embrião tenha se implantado e vá se desenvolver, um novo hormônio começa a ser produzido: a gonadotrofina coriônica humana, também conhecida pelo acrônimo HCG.

Um dos vários papéis do hCG é avisar ao organismo materno que há um bebê em desenvolvimento. Isso significa, entre outras coisas, que o ovário é “orientado” a não mais maturar óvulos todo mês, o que, na prática, faz com que a mulher não ovule durante todo o período em que estiver grávida.

Portanto, como um dos requisitos básicos para haver menstruação é a ovulação, se a mulher não ovula nem tem as flutuações hormonais de estrogênio e progesterona que ocorrem ao longo do ciclo menstrual, ela não apresenta os estímulos necessários para que possa menstruar todo o mês.

A mulher grávida não tem nenhum dos estímulos necessários para que a menstruação ocorra. Se grávida menstruasse, assim que ela menstruasse o embrião seria expelido junto com o tecido endometrial que desabou.

Causas de sangramento vaginal na gravidez

Grávida menstrua? Descubra agora se grávidas podem menstruar

Inicialmente, existem diversas causas de sangramento durante a gravidez. Uma em cada cinco grávidas apresenta, pelo menos, um episódio de sangramento vaginal nas 12 primeiras semanas de gestação. Da mesma forma que algumas dessas causas são inocentes, outras podem indicar problemas graves na gravidez, tais como risco de abortamento ou gravidez ectópica.

Entre as causas benignas de sangramento na gravidez está o chamado sangramento de implantação, que é uma discreta perda sanguínea que pode surgir quando o embrião se implanta na parede do endométrio.  Sangramentos sem relevância clínica podem ocorrer também após um exame ginecológico ou mesmo após relações sexuais.

Esses sangramentos ocorrem porque a vagina e o colo do útero encontram-se mais sensíveis, com alterações nos seus tecidos e com maior aporte de sangue durante a gravidez. Mulheres com pólipos ou miomas uterinos também podem ter episódios de sangramento vaginal ao longo da gestação.

Além disso, entrando na área das doenças temos outras opções. Temos as infecções ginecológicas, tais como gonorreia, herpes, clamídia, candidíase ou outras formas de vaginite. Consequentemente ocorre os sangramentos.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: É possível engravidar enquanto se está menstruada?

Fonte: MD Saúde

Imagens: Confirme De Mãe para Mãe Tudo Ela, Vix