Leite materno: 8 dicas aumentar a produção do alimento do seu bebê

O leite materno oferece tudo o que o bebê precisa para se manter nutrido e para fortalecer o sistema imunológico. É por isso que nos primeiros seis meses de vida, o bebê não precisa de qualquer outro tipo de alimento ou de bebida que não seja o leite da mamãe.

Isso, sem contar que a amamentação estreita a relação entre mãe e filho, fortalece os laços e permite até mesmo um momento de relaxamento para a mãe, que precisa parar o que estiver fazendo se dedicar exclusivamente àquele ato.

Mas, como você vai perceber ao longo desse post, muitos aspectos podem interferir na produção do leite materno. Até mesmo o estado psicológico da mãe influencia na quantidade de leite que ela terá disponível para o bebê.

É por isso que, seguindo algumas dicas simples e alterando o ritmo de vida durante a lactação, é possível garantir que seu bebê tenha leite materno por muito tempo, como você pode conferir abaixo.

Confira 8 dicas para aumentar a produção de leite materno:

1. Nada de estresse

O psicológico influencia diretamente na produção de leite. Evite situações estressantes ou que desestabilizem você emocionalmente.

2. Coma bem

Alimente-se de forma balanceada e dê preferência aos alimentos que são fonte de minerais, especialmente em cálcio e fósforo, como leite e seus derivados, além dos cereais integrais.

3. Beba água

Água é o principal elemento do leite materno. Por causa disso, mantenha-se sempre muito bem hidratada. O recomendado é que as lactantes tomem pelo menos quatro litros de água por dia.

4. Ensine bebê a mamar

A sucção feita corretamente estimula a produção de hormônios como a prolactina e a ocitocina, que atuam na formação do leite materno. Para quem não sabe, o certo é que o bebê abocanhe toda a aréola do seio e não só o bico.

5. Uma mama de cada vez

Para estimular igualmente a produção do leite, deixe o bebê sugar todo o leite de um seio antes de oferecer o outro.

6. Amamente sempre que ele tiver fome

 

Quanto mais a mãe amamenta, mais leite o corpo produz.

7. Cuide de seus seios

Além de ajudar na produção do leite materno, ensinar o bebê a mamar corretamente evita rachaduras nos seios, o que é um ponto positivo para a mulher.

Outras medidas também podem contribuir para que os seios se mantenham saudáveis, como a massagem nos mamilos, durante o banho, utilizando óleos naturais, como o de gergelim.

8. Mantenha a calma

Respeito o tempo do seu bebê para mamar. Faça da amamentação um momento de relaxamento e cumplicidade entre você e a criança.

E então, quantas dessas dicas você já seguia? Se conhecer outras dicas eficientes, não deixe de comentar!

Agora, aproveitando o assunto, não deixe de conferir também: Amamentação: 5 maiores dificuldades das mães e como resolvê-las.

Fonte: Vix