Maternidade

Soluço em bebê – Principais causas, como prevenir e aliviar o desconforto

O soluço em bebê é algo muito comum e não representa nenhum risco à saúde, porém, existem algumas medidas que podem prevenir e aliviá-lo.

Atualizado em 05/10/2020

Para os adultos, o soluço é algo recorrente e muito incômodo. E por incrível que pareça, isso é ainda mais comum em bebês, principalmente recém-nascidos. Isso é tão natural, que acontece até mesmo dentro do útero. Contudo, por mais normal que o soluço em bebê seja, não deixa de causar uma certa preocupação por parte dos pais. Afinal, parece que a criança está sofrendo com isso, mas não.

O soluço nada mais é do que o resultado de uma contração involuntária que ocorre no diafragma. Desse modo, as cordas vocais se fecham rapidamente, resultando no famoso “hic” e um certo desconforto. Sendo assim, o soluço em bebê é mais recorrente devido aos músculos respiratórios e diafragma ainda estarem muito imaturos, e por isso acabam sendo estimulados com mais facilidade.

De modo geral, não há com o que se preocupar. Mas tem sim como prevenir e até aliviar o desconforto do bebê. E é isso que iremos aprender a seguir, assim como as principais causas do soluço em bebê.

Causas do soluço em bebê

Vix

Como dito anteriormente, o soluço em bebê pode acontecer até dentro do útero, sendo percebido pela mãe nos últimos dias de gestação. E isso é completamente normal e até esperado nos primeiros meses de vida do bebê, sendo muito recorrente até o primeiro ano. E diferentemente do soluço em adultos, o soluço em bebê não gera muito desconforto à criança.

No caso dos bebês, o soluço pode acontecer por vários motivos, entre eles: comer demais, engolir ar durante a mastigação, mudanças drásticas de temperatura, refluxo, fome e até mesmo animação e ansiedade. A mais comum é engolir o ar durante as refeições. Sendo assim, o ideal é “esticar” a barriga do bebê para liberar o ar acumulado. Além dos soluços, esse ar pode resultar em maiores desconfortos e até vômitos.

Contudo, os soluços em bebês não costumam ser um grande problema nem motivo para preocupação. A não ser é claro quando os episódios forem muito intensos e constantes, a ponto de atrapalhar o sono e a alimentação do bebê. Nesses casos deve-se consultar o médico pediatra para investigar a causa dos soluços são intensos e se necessário, começar um tratamento.

Prevenção

Alô Mãe

O soluço em bebê é algo totalmente normal e não causa nenhuma dor ou desconforto à criança. Mas, apesar disso existe algumas coisas que você pode fazer para prevenir que isso aconteça com seu filho.

  • Primeiramente, procure alimentar o bebê quando ele estivar tranquilo e relaxado, preferencialmente quando ele não estiver muito faminto. Isso ajuda com ele não vá com muita sede ao pote, aumentando as chances de engolir ar.
  • Para evitar isso, procure oferecer ao bebê pequenas refeições, porém frequentes e regulares para ele se acostumar com uma rotina e não ficar muito faminto para a próxima refeição.
  • Na hora de amamentar, ficar atenta a o posição do bebê, o ideal é manter a cabeça elevada para diminuir as chances de ele engolir ar durante a mamada.
  • Após as refeições, deixe o bebê ereto por pelo menos 20 minutos, além de ajudar a arrotar, também evita o soluço.
  • Fique atenta durante a amamentação e perceber quando o bebê já se alimentou o suficiente. Isso evita que o seu estômago fique cheio demais, aumentando as chances de refluxo e contrações do diafragma.

Como parar o soluço em bebês

Guia do Bebê

Então, como vimos até aqui o soluço em bebês não representa nenhum desconforto e não há necessidade de abreviar o soluço. No entanto, se você quer aliviar ou até mesmo acabar com o soluço do seu filho aqui vai algumas dicas:

  • Antes de mais nada, dê um pouco de água para o bebê;
  • Você também pode deixar o bebê em uma posição em que ele fique inclinado, isso facilita a saída de gases do estômago fazendo com que ele arrote mais rápido, acabando com o soluço;
  • Outra opção é dar de mama no peito, porque a sugada estimula o diafragma a voltar ao seu ritmo normal. Mas claro, isso deve ser feito de acordo com os horários de mamada da criança;
  • Manter o bebê aquecido, isso porque quando ele fica sem roupa por muito tempo o seu corpo acaba resfriando, podendo causar o soluço. Então, uma boa opção para prevenir e aliviar o soluço é deixa-lo bem agasalhado.

Apenas essas medidas são capazes de acabar com o soluço em bebê. Como não traz nenhum risco para a saúde, não tem muito mais o que fazer a respeito, como técnicas caseiras de dar susto ou sacudir o bebê, isso sim pode ser prejudicial à criança.

No geral, o soluço normal dura apenas alguns minutos. Portanto, se for muito intenso e durar muito tempo é um sinal de alerta e hora de procurar um médico.

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aliás, aproveite para conferir também dicas e benefícios da amamentação.

Fontes: Santo Remédio Nutricia Tua Saúde

Imagem destacada: Cia da Consulta

Imagens: Guia do Bebê Alô Mãe Vix