Como fazer iogurte natural caseiro

Gostoso e um grande aliado nas dietas, o iogurte natural é bastante saudável, ajuda a regular o intestino preguiçoso e ainda mata a foma.

Mas, como os preços nos supermercados não andam nada amigáveis, a boa notícia é que dá para fazer iogurte natural em casa, em uma quantidade bem maior e gastando bem pouquinho.

Como você vai ver na receita, tudo o que você vai precisar é de um potinho de iogurte natural e de um litro de leite.

O iogurte natural vai ser usado como uma espécie de fermento para o iogurte caseiro e será também o responsável em dar uma textura cremosa a ele. O leite, por sua vez, é a base da receita. Você pode usar qualquer um, até mesmo os de caixinha funcionam bem.

A receita também pode ser feita com leite e iogurtes naturais em versão desnatada. A única diferença é que no final o iogurte caseiro ficará mais fininho e menos concentrado.

Mais uma dica: iogurtes naturais saborizados não funcionam. Na composição ele precisa conter apenas leite e fermento lácteo.

As únicas exceções são ingredientes como leite reconstituído e leite em pó, que não alteram a receita. No entanto, não utilize iogurtes com açúcar, gelatina espessante e outros ingredientes extras.

Como fazer iogurte natural caseiro:

1 litro de leite (integral ou desnatado)

1 pote de iogurte natural (integral ou desnatado)

Como preparar?

A primeira coisa que você precisa fazer é aquecer bem o leite. Tem gente que diz que não é necessário deixar que ele ferva, mas é bom permitir que o leite entre em ebulição, já que isso vai ajudar bastante a encontrar a temperatura correta para utilizá-lo.

Depois de fervido, deixe o leite esfriar até atingir 40ºC, 50ºC. Se você não tiver um termômetro, a temperatura correta é quando você consegue colocar o dedo (limpo, por favor!) dentro do leite e permanecer com ele ali por 10 segundos, sem sentir desconforto.

Então, misture o iogurte natural ao leite, fazendo com que os dois ingredientes se misturem bem.

Se quiser colocar em potinhos individuais, esse é o momento. Se preferir deixar em uma tigela grande, certifique-se que ela seja de vidro. Se tiver uma tampa é melhor ainda.

Se sua vasilha não tiver tampa ou se escolher potinhos pequenos, cubra cada recipiente com papel filme e leve ao forno pré-aquecido (240ºC por 15 minutos) e já desligado. Ele vai funcionar como uma espécie de estufa, onde deve ficar descansando de 5 a 8 horas, aproveitando o calor para se transformar em iogurte natural.

Depois desse tempo, seu preparo deve estar pronto… embora seja preciso avisar: fazer iogurte natural em casa não é uma receita exata e nem sempre ele vai ficar no ponto que você gostaria.

De qualquer forma, você pode comê-lo em temperatura ambiente ou deixá-lo gelar antes de servir com frutas, mel, canela e o que mais você quiser.

A melhor parte disso tudo é que nem sempre você vai precisar usar um novo iogurte. Você pode, simplesmente, usar a dobra do iogurte que você fez como isca. Você só precisa garantir que tenha pelo menos 100 ml para a próxima receita.

Pulo do gato!

Se você quiser fazer iogurte grego, basta seguir a mesma receita que ensinamos até aqui. A diferença é que depois de pronto, antes de ir para a geladeira, é preciso deixar o iogurte mais denso.

Para isso, você precisa passar o iogurte caseiro em uma peneira sobre uma travessa funda e, encima da peneira, deve colocar um pano de prato limpo.

Daí é só colocar o iogurte natural no pano, como se fosse um trouxinha; e mantê-lo na geladeira desse jeito por mais 6 horas. Isso vai fazer com que todo o soro escorra e seu iogurte se transforme em iogurte grego.

E aí, gostou da receitinha? Babado, né, e ainda dá aquele gás na dieta!

Agora, falando em coisas gostosas que ajudam na dieta, não deixe de conferir ainda: Aprenda a fazer bolo de banana, sem farinha ou açúcar.

Fontes: Panelaterapia, Sophie Deram