Bolinhas no corpo: saiba por que elas aparecem e como tratar

O aparecimento de bolinhas no corpo é extremamente comum, mas mesmo que o sintoma não seja grave, é importante tratá-lo da melhor forma.

Não é raro o aparecimento de bolinhas vermelha pelo corpo. No entanto, por mais que pareça algo simples, e na maioria das vezes é, esse tipo de bolinha geralmente vermelha que pode aparecer em várias partes do corpo pode ser um indicativo de que algo está errado, possivelmente uma reação que precisa de atenção.

Essas bolinhas no corpo, ou como são chamadas na comunidade médica, lesões em pápulas eritematosas podem ser um sintoma comum entre várias condições de pele. Tais como foliculite, rosácea (confira tudo sobre a doença aqui), alergias, miliárias entre outras lesões inflamatórias.

Contudo, por mais que essas bolinhas sejam incomodas, normalmente eles são facilmente tratadas e até mesmo prevenidas, com alguns hábitos e cuidados simples do dia a dia. Por exemplo, existem alguns fatores que podem aumentar a chance de aparecer essas bolinhas, como agentes agressivos e atritos com a pele. Sendo assim, evitar o uso de roupas apertadas, poderia ser uma forma de evitar que isso volte a acontecer.

Confira abaixo as possibilidades mais comuns para o surgimento das bolinhas no corpo, bem como o que fazer para resolver o problema.

O que pode causar bolinhas no corpo?

Vários fatores podem resultar no aparecimento de bolinhas pelo corpo, os mais comuns são o atrito com a roupa, pelos encravados, pele ressecada, entre outros. A seguir, as principais causas desse sintoma tão incômodo. 

1 – Foliculite

A foliculite é um problema bastante comum para muita gente. Se trata de uma doença inflamatória, que é resultado da inflamação do folículo piloso, ou seja, do lugar onde sai o pelo. Essa é inclusive a causa mais comum das bolinhas nos braços, virilhas, pernas e axilas, região da barba e nádegas.

Nesse caso, elas geralmente aparecem devido a pelos encravados, ou pelos grossos e mais de um pelo saindo do mesmo folículo. Além disso, pode ocorrer devido a depilação com lâmina e até mesmo pelo uso de roupas muito justas que causam atrito na pele e atrapalham o crescimento do pelo.

Como tratar nesse caso

Se a causa das bolinhas no corpo for a foliculite, o tratamento é bem simples. O ideal é esfoliar a pele frequentemente, e sempre antes de depilar. Além disso, evitar roupas muito apertadas. No entanto, se houver uma infecção na área, procure um médico que irá receitar uma pomada antibiótica para tratar a inflamação.

2 – Queratose pilar

A queratose pilar é uma condição onde a um excesso na produção de queratina pela pele. Nesse caso, se trata de uma alteração genética, e portanto não tem cura. Nesse caso, as bolinhas aparecem principalmente na parte lateral e parte de trás dos braços ou na bunda. Se não for tratada corretamente, as bolinhas podem inflamar e até manchar a pele.

Como tratar nesse caso

O ideal é aderir roupas mais frescas e que deixem a pele respirar. Além disso, nesse caso é recomendado evitar as esfoliações corporais, que podem piorar o quadro. Também é recomendado o uso de hidratantes com ureia, ácido glicólico ou ácido salicílico, que ajudam a controlar a produção de células mortas e proporcionam a hidratação que a pele precisa.

3 – Alergia

Alergias também são uma causa bem comum das bolinhas no corpo. Uma alergia de pele pode levar a uma coceira bem intensa, bolinhas e até a formação de crostas na pele, que podem até chegar a formar feridas. As causas de alergia mais comuns são por alimentos, pelos de animais, alguns tipos de tecido, cosméticos entre outros.

Como tratar nesse caso

Então, se a causa das bolinhas no corpo for alergia, é importante consultar um médico que irá indicar o melhor tratamento. Geralmente, inclui um antialérgico e a lavagem da área que foi exposta a causa da alergia. Contudo, em casos mais graves, pode ser necessário o uso de medicamentos injetáveis e por isso é preciso ir ao hospital o mais rápido possível

4 – Espinhas ou cravos

Sim, espinhas ou cravos, que se assemelham muito com as bolinhas vermelhas. Nesse caso, elas tendem a aparecer principalmente no rosto e costas, e afetam principalmente adolescentes.

Como tratar nesse caso

O primeiro passo é básico, uma boa higiene da região, combinada com o uso de produtos próprios para pele acneicas, que tem como intuito controlar a produção de sebo e oleosidade da pele. Além de evitar que as espinhas fiquem mais grandes e inflamadas. Já quanto aos cravos, evite espremer, já que isso pode causar pequenas cicatrizes.

5 – Herpes zóster

Essa é uma doença infecciosa que é causada pelo mesmo vírus da catapora. E um dos principais sintomas da Herpes zóster é o surgimento de bolinhas vermelhas pelo corpo. Elas aparecem principalmente na região do tórax, costas e barriga. Aliás, essas bolinhas podem coçar e doer muito.

Como tratar nesse caso

Por se tratar de uma doença infecciona, é fundamental consultar um médico, seja dermatologista ou infectologista para ter um diagnóstico preciso e então começar um tratamento. Sendo assim, o tratamento é para aliviar a dor causada pelas bolinhas e principalmente conter a atividade do vírus, por isso geralmente será indicado o uso de algum antiviral.

6 – Intolerância ao glúten

Sim, além dos sintomas gastrointestinais, a intolerância ao glúten também pode desenvolver sintomas como a dermatite, e pode ser observada bolinhas pelo corpo. Nesse caso, elas tendem a coçar muito, além de uma sensação de queimação e descamação no local.

Como tratar nesse caso

No primeiro momento, o médico irá indicar o uso de cremes ou pomadas de uso local para aliviar os sintomas das bolinhas. Mas o principal tratamento é a mudança alimentar, assim evitando os alimentos que contenham glúten, consequentemente evitando futuras crises. 

Aliás, confira aqui uma lista de alimentos sem glúten para incluir na dieta. 

7 – Miliária

A Miliária, conhecida popularmente como “brotoeja”, é uma condição que é caracterizada principalmente pelo surgimento de várias bolinhas vermelhas, normalmente acompanhadas de água e pus. Elas são causadas principalmente pelo atrito e oclusão das glândulas de suor e são mais comuns em bebês recém-nascidos, que ficam mais cobertos e por isso, transpiram em regiões específicas.

Como tratar nesse caso

Então, a melhor solução é usar roupas mais frescas e arejadas. Além de usar cremes com ação-anti-inflamatória, e água termal para amenizar o quadro o quanto antes.

8 – Eczema ou dermatite

Ambas condições são reações inflamatórias da pele, e que são mais comuns em pessoas sensíveis e com a pele ressecada. Além disso, é comum aparecer essas bolinhas pelo corpo no inverno, devido aos banhos mais quentes e a falta de hidratação da pele. Aliás, essas bolinhas tendem a coçar muito, resultando em placas vermelhas que podem descamar.

Confira todos os sintomas, tipos e tratamentos da dermatite. 

Como tratar nesse caso

Aqui, o melhor tratamento é a hidratação da pele, e que seja feita com produtos emolientes para então remover as bolinhas do corpo. No entanto, se chegar ao ponto de criar crostas, pode ser indicado o uso de anti-inflamatórios em forma de corticoides.

Como prevenir as bolinhas no corpo?

Primeiramente, é importante saber os fatores causadores das bolinhas no corpo. Contudo, alguns hábitos e cuidados podem ajudar a manter a pele livre dessas bolinhas.

Por exemplo, é fundamental manter a integridade da barreira da pele, esse é o primeiro passo para diminuir as chances dessas bolinhas surgirem. Então, para isso, o ideal é manter a pele sempre hidratada e protegida, cuidados que devem ser priorizados diariamente.

“Nesse caso, o uso de hidratantes sem essências, sem conservantes, sem álcool na formulação e com o mínimo de ativos possível são os mais indicados”, recomenda a especialista Tatiane Curi, para o DermaClub.

Além de cuidado com a hidratação da pele, outro fator determinante no aparecimento das bolinhas é o atrito com a pele. Sendo assim, também é válido usar roupas mais soltas e que não cause tanto atrito, como por exemplo, calças jeans muito justas. 

Bolinhas no corpo e COVID-19

Além dos casos mais comuns da irritação de pele, existe ainda o sintoma recentemente descoberto da COVID-19 que causa a aparição de pequenas bolinhas avermelhadas ao longo do corpo. Essas que são acompanhadas de coceira e manchas.

Esse sintoma é comum em infecções virais no geral, como o sarampo, a catapora, a dengue e a Zika. Agora, as manifestações cutâneas também são identificadas no coronavírus. Os casos mais comuns evidenciam manchas vermelhas com bolinhas por todo o corpo, mas também podem se manifestar como manchas vermelhas exclusivamente no tronco em formato de moeda, com escamação nas bordas.

Por fim, para tratar o sintoma, é necessário que o tratamento da doença de base ocorra, e o quadro da infecção vá melhorando ao longo dos dias. Além disso, ainda é possível utilizar cremes específicos com propriedades calmantes e anti-histamínicos orais.

LEIA MAIS: 

Manchas de espinhas – Como tratar e prevenção

Bibliografia: 

  • UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Doença Celíaca / Intolerância ao Glúten . Disponível em: <https://www.ict.unesp.br/php/stsaude/arquivos/Doenca_Celiaca.pdf>. Acesso em 08 abr 2021
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Doença Celíaca. Disponível em: <https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2016/fevereiro/05/Doen–a-Cel–aca—PCDT-Formatado—port1449-2015.pdf>. Acesso em 08 abr 2021

Fontes: DermaClub, Tua Saúde DermaClub 


Outras postagens

4 6 votos
Dê a sua opinião

guest
1 Comentário
Antigos
Novos Mais votados
Feedbacks
Ver todos os comentários
Manuela
Manuela
22 de junho de 2022 19:25

Muito obrigada