Saúde

Coenzima Q10, o que é? Benefícios e como fazer uso

A coenzima Q10, também conhecida como ubiquinona, ubiquinol ou coQ10, é uma substância com poderosa ação antioxidante.

A coenzima Q10, também conhecida como ubiquinona, ubiquinol ou coQ10, é uma substância com poderosa ação antioxidante. Ela é produzida pelo próprio corpo humano e é responsável por gerar energia para as células.

Essa enzima desempenha papéis importantes no corpo, por isso é essencial manter sempre uma quantidade adequada presente no organismo. Nem sempre é necessário ou recomendável fazer uso de suplementação da coQ10 com medicamentos. Contudo, é perfeitamente possível usufruir de seus benefícios incluindo alimentos ricos dessa substância em sua dieta.

A propósito, a coenzima Q10 age no corpo não só gerando energia e prevenindo doenças. Seus efeitos também incluem uma notável melhora na fertilidade, tanto feminina quanto masculina. Além disso, essa substância é um eficaz agente no combate ao envelhecimento precoce, podendo até diminuir rugas, sendo uma aliada à estética.

Benefícios da coenzima Q10

1.  A coenzima Q10 melhora o desempenho físico

Coenzima Q10
Fonte: UOL

Antes de mais nada, o principal papel da coenzima Q10 no corpo é a produção de energia (ATP) nas células. Além disso, por ter propriedades antioxidantes, diminui o estresse oxidativo que prejudica a função muscular. Como resultado disso, há uma melhora no rendimento físico e diminuição da fadiga.

A propósito, a suplementação da coenzima Q10 é frequentemente relacionada ao emagrecimento. No entanto, ela não necessariamente tem efeito emagrecedor, mas sim de geração de energia e aprimoramento da performance durante o exercício físico. O que, consequentemente, contribui para a perda de peso.

2. Ajuda a proteger o cérebro

Os níveis de coenzima Q10 no corpo sofrem redução com o passar do tempo, o que torna as células gradativamente mais vulneráveis à ação de danos oxidativos. Sobretudo, no caso das células do cérebro, estes danos oxidativos são os responsáveis por doenças como Alzheimer e doença de Parkinson.

Por isso, repor a coenzima Q10 no organismo seria importante para diminuir a oxidação das células cerebrais e, assim, prevenir doenças. Além disso, estudos mostraram que a coQ10 ajuda também no tratamento e diminuição de sintomas de doenças como depressão, transtorno bipolar e da enxaqueca.

3. Melhora na fertilidade

Mulher mostra teste de gravidez positivo.
Fonte: Área de Mulher

Tanto a fertilidade feminina quanto a masculina são afetadas com a diminuição dos níveis de coQ10 conforme a idade avança. Os óvulos e espermatozoides diminuem gradativamente, perdem a qualidade e ficam cada vez mais vulneráveis à ação de danos oxidativos. Contudo, as propriedades antioxidantes da coenzima Q10 podem ajudar na manutenção saudável de óvulos e espermatozoides, aumentando a quantidade, resistência e qualidade destes.

4. Ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares

Estudos mostram que a coenzima Q10 pode reduzir os níveis de triglicérides e colesterol no sangue, geralmente causadores do acúmulo de gordura nas artérias que, por sua vez, resultam em complicações e doenças cardiovasculares diversas.

Além disso, alguns dos tratamentos usados no tratamento de doenças cardiovasculares envolvem substâncias como a estatina, que diminuem os níveis de coQ10 no corpo. Por isso, repor os níveis adequados de coenzima Q10 no organismo é importante para proteger o coração de doenças dessa natureza e melhorar sua performance.

5. Coenzima Q10 combate o envelhecimento precoce

Mulher mostra indícios de envelhecimento precoce
Fonte: Clinica Saute

A ação antioxidante da coenzima Q10 não só provê energia para a pele, como também a protege dos raios UV provenientes do sol e dos efeitos danosos dos radicais livres presentes no organismo. Dessa forma, a coQ10 previne tanto o envelhecimento precoce da pele como também o câncer de pele. Ademais, fazer uso dessa enzima em cremes, se mostrou capaz até de diminuir rugas.

Outros benefícios adicionais da coenzima Q10 são:

  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Auxilia no combate ao diabetes;
  • Ajuda na prevenção do câncer.

Como fazer uso da coenzima Q10

Alimentos com coenzima Q10
Fonte: My Best

A coenzima Q10 não permanece armazenada no corpo e tende a diminuir com o avanço da idade, portanto é importante incluí-la na alimentação ou fazer uso de suplementação para manter doses saudáveis da enzima no organismo.

Todavia, quanto a suplementação da coenzima Q10, é indispensável a consulta com o médico ou nutricionista para investigar se é realmente necessário fazer uso de suplementos e saber a dose indicada para o seu caso. No entanto, a dose diária recomendada é geralmente de 50 mg a 200 mg, os suplementos podem ser encontrados em farmácias na forma de cápsulas ou até cremes, contendo apenas a coenzima Q10 ou adicionada a outras vitaminas.

A coenzima Q10 é lipossolúvel, portanto é solúvel em gordura e, por isso, o ideal é que seja consumida juntamente com as refeições para que haja uma melhor absorção no organismo. Ademais, é preciso atentar-se a contraindicações, pois a Anvisa desautoriza o uso de suplementação de coenzima Q10 para crianças menores de 12 anos, mulheres que estão amamentando e gestantes sem permissão médica.

Já a ingestão de coenzima Q10 através de alimentos ricos da substância não possui contraindicações e faz parte de uma dieta saudável. Pensando nisso, listamos abaixo alimentos que contém coQ10 para incluir nas refeições:

  • Cereais;
  • Amendoim;
  • Nozes;
  • Carnes e peixes;
  • Frutas vermelhas;
  • Soja;
  • Lentilha;
  • Tofu;
  • Espinafre e brócolis;
  • Laranja;
  • Abacate;
  • Cogumelos;
  • Damasco;
  • Gergelim;
  • Pistache
  • Maçã.

Afinal, gostou de saber mais sobre a coenzima Q10 e seus inúmeros benefícios? Confira também: Suplementos para mulheres.

Fonte: Tua Saúde, UOL, Ocean Drop.

Imagens: Vita Foods Insights, UOL, Área de Mulher, Clínica Saute, My Best.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você