Saúde

Sintomas de depressão – quais são, como identificá-los e o tratamento

A depressão é caracterizada pelo sentimento de profunda tristeza e vazio, no entanto, poucos conhecem a fundo quais são os sintomas depressão. Acredite até problemas de má digestão podem ser um sintoma da doença.

A depressão é um distúrbio que gera grande tristeza, falta de ânimo, desinteresse generalizado e mudanças de apetite (perda de apetite ou aumento). Dependendo do estágio da doença, pode haver também pensamentos suicidas.

É importante importante buscar por ajuda médica caso os sintomas da depressão sejam notados. Existem várias maneiras da doença se apresentar e também várias formas de trata-la.

Independente da causa ou do tipo de depressão, o importante é buscar tratamento médico. Isso porque quando a doença não é tratada, ela vai progredindo silenciosamente.

É nesses casos de progressão que o indivíduo pode chegar a um quadro de depressão profunda. É nesses casos que as tentativas de suicídio são mais comuns.

Conheça os sintomas de depressão e como tratá-la

1 – O que causa a depressão?

Conheça quais são os sintomas de depressão e como tratar a síndrome

A depressão não é causada por um motivo específico e isolado. São vários os fatores que podem levar a crises depressivas. Alguns deles são: abusos, conflitos internos ou externos (com a família, por exemplo), morte de alguém próximo ou abuso de substâncias.

A genética é também um fator de risco. Os genes dos pais podem passar para os filhos e isso aumenta as chances de o indivíduo desenvolver a depressão. Principalmente caso ele passe por algumas das situações que descrevemos acima.

Problemas pessoais, doença graves e eventos grandiosos também podem levar a quadros depressivos. Além desses sintomas emocionais, algumas vezes os sintomas também são físicos. Dor de barriga, azia, má digestão, dores de cabeça e no corpo são alguns deles.

2 – Quais são os tipos de depressão que existem?

Conheça quais são os sintomas de depressão e como tratar a síndrome

Como dissemos, a depressão é um distúrbio e por isso tem vários níveis e também formas de se classificar. Existe um tipo que é classificado como depressão bipolar. Sabe aquela história de que nem sempre a pessoa depressiva só vive triste? É basicamente isso o que acontece nesse quadro clínico, a pessoa tem momentos depressivos e de tristeza, mesclado com momentos de extrema euforia.

A distimia é um outro tipo de quadro depressivo, dessa vez crônico, podendo durar por até 2 anos. Nesse caso a pessoa se sente desesperançosa, perde o interesse em atividades diárias e tem baixa produtividade. São pessoas extremamente críticas e vivem reclamando.

A depressão atípica causa um estado de extrema melancolia, sentimento de inutilidade e de tristeza. Nesses casos há um aumento do sono e o indivíduo se torna apático.

Existe também um tipo de depressão momentânea, chamada de sazonal. Esse tipo é mais comum na época do inverno ou próximo de datas específicas que causam grande estresse.

E por fim, a depressão pós parto que é ocasionada por conta da grande alteração hormonal causa pelo fim da gravidez. Alterações de humor e crises de choro são alguns dos sintomas. No entanto, há casos em que as mães sentem isso de forma mais intensa e é aí que ocorre a depressão pós parto.

3 – Quais são os sintomas?

Conheça quais são os sintomas de depressão e como tratar a síndrome

Os sintomas da depressão podem parecer muito corriqueiros e por isso, as vezes passam despercebidos. No entanto é preciso estar atento. Se você estiver sentido alguns dos sintomas abaixo, por boa parte do dia já há algum tempo (mais de 2 semanas), pode ser que você esteja sofrendo de depressão. Confira alguns dos sintomas de depressão:

  • Sentimento de tristeza, ansiedade e vazio persistente;
  • Inquietude
  • Desesperança ou pessimismo
  • Dificuldade de concentração ou de toma decisões
  • Lentidão para falar e se movimentar
  • Dificuldade para dormir ou para acordar
  • Sentimentos de culpa ou inutilidade
  • Perda de interesse na vida, no hobbies e atividades do dia a dia
  • Irritabilidade
  • Dores de cabeça, cólicas ou problemas digestivos sem motivo claro, aparente
  • Fadiga
  • Alterações de apetite
  • Pensamentos de morte ou tentativas de suicídio

4 – Como e onde buscar ajuda?

Conheça quais são os sintomas de depressão e como tratar a síndrome

Se você perceber que pode estar com depressão, a atitude correta é procurar um médico de imediato. Você pode buscar por um psiquiatra ou psicólogo. É importante que durante a consulta você descreva exatamente tudo o que está sentido, dessa forma o médico conseguirá fazer um diagnóstico preciso.

O médico pode ainda indicar a realização de exames de sangue ou neurológicos, uma vez que quadros depressivos podem ser detectados também por conta da atividade cerebral e de nossos neurotransmissores.

Para o tratamento o médico pode indicar remédios ou a psicoterapia, ou até mesmo os dois. Muitas pessoas tem preconceito com os medicamentos indicados para o tratamento da depressão e chegam a dizer que funcionam como drogas para provocar um estado de alegria frequente. Mas na verdade os medicamentos agem no cérebro para ajudar no bom funcionamento dos neurotransmissores e de todas as substâncias envolvidas nesse processo.

Gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: 20 coisas sobre ter depressão e ansiedade que ninguém conta.

Fonte: Minha Vida, Vittude.

Imagens: Alto Astral, Holiste, Psicologia Viva, Vittude, Grupo Genera.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você