4 “sintomas” de que você está no período fértil e como calculá-lo

Todo mundo sabe que, mulheres não grávidas (e saudáveis), devem menstruar todos os meses, mas será que todo mundo sabe porque isso acontece? Conforme especialistas, todo esse processo interno, chamado de ciclo menstrual, faz parte de um preparativo para a reprodução e abriga o período fértil, ou seja, a época do mês que as mulheres podem engravidar.

E, embora o período fértil ocorra 14 dias antes da próxima menstruação, a verdade é cada mulher conta com o período fértil em uma fase diferente. Essa etapa, aliás, é ditada pela duração do ciclo menstrual.

Mulheres que têm ciclos mais curtos, por exemplo, ovulam mais cedo. Enquanto as que têm ciclos mais longos, ovulam mais tarde.

Isso ocorre porque o ciclo menstrual é divido em duas fases: folicular e lútea lembra das aulas de biologia?). No primeiro caso, os folículos ovarianos se desenvolvem; no segundo, o corpo se prepara para uma possível gravidez. Esses dois períodos são divididos justamente pela ovulação.

Mas, complicações à parte, a verdade é que nem sempre contas são a única forma de determinar se uma mulher está ou não no período fértil. Como você vai ver abaixo, o próprio corpo feminino se encarrega de dar sinais de que algo está acontecendo internamente e que é possível engravidar. Quer ver?

Conheça os “sintomas” de que você está no período fértil:

1. Dor no baixo ventre

Um dor não muito forte, na verdade um leve incômodo, no baixo ventre costuma ser um sinal de ovulação. Ela acontece quando o óvulo rompe uma estrutura que o envolve na parte interna do ovário. Mas, tem muita mulher por aí que não sente nada também.

2. Secreção característica

Durante o período fértil, toda mulher percebe um aumento da secreção na região íntima, que fica mais espeça, elástica e levemente esbranquiçada, bem parecida com uma clara de ovo. Isso é um sinal de que o corpo está preparado para a fecundação e essa secreção tem a tarefa de ajudar a chegada dos espermatozoides ao óvulo.

3. Libido em alta

Para “ajudar a natureza”, durante o período fértil, o desejo feminino costuma ficar em alta. Como o organismo está pronto para a fecundação, os hormônios femininos trabalham para torná-la mais atraente e disposta a uma relação.

4. Aumento da temperatura corporal

É comum que a temperatura, chamada basal, do corpo da mulher aumente meio grau durante a ovulação. Esse sintoma ajuda bastante os casais que estão tentando engravidar, já que a temperatura pode ser monitorada por um termômetro, desde o primeiro dia do ciclo menstrual.

Como calcular o período fértil?

Antes de mais nada, você precisa saber quanto tempo dura seu ciclo menstrual. Geralmente, o primeiro dia é quando a menstruação desce. A partir daí, o intervalo até o início de cada menstruação é o seu ciclo menstrual.

Sobre a duração, um ciclo menstrual entendido como regular dura entre 25 e 30 dias. Mesmo que seu ciclo tenha duração diferente, mas varie entre esse intervalo de tempo, ainda assim é considerado regular.

Se você não for uma pessoa “regulada” e a menstruação variar de mês a mês, monitore os intervalos a cada três meses e tente calcular qual é o tempo médio a partir disso. Seu ginecologista, aliás, pode ajudar você com isso.

Agora, partindo da premissa que você já conhece o tempo de duração do seu ciclo:

1. Subtraia 14 dias do número de seu ciclo menstrual. Isso revela o dia de sua ovulação.

2. O período fértil é o intervalo de 6 dias que acaba no dia da ovulação. Para descobrir, exatamente, quando é isso, pegue o resultado da conta anterior, conte 5 dias para trás e você descobrirá.

Fonte: Minha Vida