Saúde

Fluxo menstrual – Volume, intensidade, fases, cores e irregularidades

O fluxo menstrual acontece todos os meses e depende da frequência, intensidade e duração da menstruação, podendo ser intenso, leve ou moderado.

A menstruação é uma condição onde a mulher passa todos os meses com sangramento vaginal por um período de tempo que pode durar de 3 a 8 dias, dependendo de cada organismo. Ela acontece apontando o período fértil, onde ele não ocorre quando a mulher não está grávida. O fluxo menstrual é perceptível por algumas características e é importante observar sua intensidade, volume e até suas cores.

O fluxo menstrual é composto por basicamente por sangue e tecido uterino. Todas as vezes que o corpo da mulher está se preparando para uma ovulação e quando não ocorre a fecundação, acontece o sangramento.

Entender o fluxo menstrual é importante para escolher o melhor contraceptivo para seu organismo, além de aprender suas fases, ciclos, como controlar a Tensão Pré-Menstrual (TPM), cólicas, fazer a famosa tabelinha e calcular o período fértil.

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
Eai Rolou

O que é menstruação?

A menstruação é um sangramento que acontece durante a descamação das paredes internas do útero quando não há fecundação. Ela ocorre todos os meses quando o corpo está se preparando para gravidez, e quando não ocorre, a membrana interna do útero (endométrio) se desprende.

Fases do ciclo menstrual

Fase folicular

Esta fase é caracterizada pelo aumento do hormônio folículo estimulante (FSH), responsável por desenvolver folículos com óvulos, determinantes da produção de estrógeno até um pico em que essa produção é interrompida. Em outras palavras, é nesta fase que seu corpo está se preparando para uma possível gravidez. Ela se inicia no primeiro dia da menstruação e termina no dia da ovulação. Posto que, essa fase pode durar de 12 a 16 dias.

Ovulação

Biologicamente falando, a ovulação é o momento do pico que os folículos se rompem e liberam o óculo, que vai em direção às trompas, realizando a ovulação. Portanto, a partir desta fase é que a mulher entra no período fértil. Em geral, essa fase ocorre no 14º dia do ciclo menstrual.

Lútea

Após a ovulação, o folículo começa a produzir progesterona, mas ao perceber que não foi fecundado, a quantidade de hormônio cai juntamente com o estrógeno. A partir disso então é iniciada a descamação do endométrio, provocando o sangramento da menstruação.

TPM

A Tensão Pré-Menstrual, mais conhecida como TPM, assombra muitas mulheres todos os meses. Em resumo, TPM é o resultado de alterações hormonais durante o fluxo menstrual. Elas podem ocorrer 10 dias antes da menstruação e até mesmo durante ela.

Seus efeitos são uma explosão de sentimentos que levam a mulher do 8 ao 80 em questão de segundos. Dentre os principais sintomas, temos: ansiedade, irritabilidade, compulsão alimentar, sensibilidade, baixa autoestima, entre outras variações no humor.

Quantidade fluxo menstrual

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
Fernando Gustella

Uma menstruação normal libera de 5  a 80ml (mililitros) durante um fluxo menstrual e após isso é considerado um fluxo intenso. Pode ser difícil medir em mililitros a quantidade de sangue que é extraído durante o seu período menstrual para saber qual é o nível de intensidade do seu fluxo. No entanto, existem algumas formas de detectar o nível de intensidade do fluxo a partir de características do seu ciclo menstrual.

Fluxo menstrual forte

Praticamente todos os dias são de grande fluxo e geralmente é necessário utilizar absorvente noturno durante quase todo o período menstrual. Dessa maneira, os absorventes precisam ser trocados pelo menos de 3 em 3 horas, e no caso de coletor ele enche em até 4 horas no máximo. O ciclo pode durar por até 6 dias ou mais.

Fluxo menstrual moderado

A menstruação mais moderada acontece por cerca de 4 a 6 dias, com os primeiros dias de fluxo menstrual mais intenso e com coágulos, e dias de fluxo menstrual mais fraco. Sendo assim, nos dias de maior fluxo, você consegue ficar com um absorvente normal por pelo menos 4 horas, ou 6 horas com um coletor menstrual.

Fluxo menstrual fraco

Antes de mais nada, para identificar sua menstruação como fraca, é preciso fazer algumas observações no seu fluxo menstrual. Para isso, observe se você fica pelo menos 4 horas com um absorvente sem encher ou 6 horas com um coletor menstrual, sem que você tenha medo de que vaze. Além disso, seu período menstrual deve durar até 3 ou 4 dias, sendo a primeira metade desse tempo com sangue de menstruação vermelho, e a outra metade com sangramento marrom.

Fluxo menstrual — Quantos dias pode durar menstruação?

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
Clinica Cemep

O ciclo menstrual de uma mulher adulta dura cerca de 28 dias, mas pode variar entre 24 a 35. Por outro lado, a menstruação em média dura de 3 a 7 dias. Sendo assim, se alguma alteração nesse ciclo for detectada por mais de dois meses seguidos, é recomendável que um ginecologista seja consultado.

Fluxo menstrual desregulado

É sempre bom estar atenta aos motivos que leva a menstruação estar desregulada. Decerto, quando a mulher está na puberdade ou na menopausa, é muito comum que a menstruação não tenha um fluxo normal. Contudo, fora dessas situações, é melhor se atentar ao seu organismo para descobrir o que fez o fluxo sair dos eixos.

Antes de mais nada, é importante entender quando sua menstruação está realmente desregulada. Um dos sinais para enxergar isso é o espaço de tempo em cada período menstrual mudando constantemente, ficando muito longo ou muito curto. Outro sinal é a quantidade de sangue de menstruação e a quantidade de dias menstruada. Caso oscile muito, sua menstruação está de fato desregulada.

São muitos os fatores que podem influenciar na alteração do fluxo menstrual, dentre eles estão perda ou ganho excessivo de peso, estresse, atividade física, alterações hormonais, uso de drogas lícitas e ilícitas, medicamentos, entre outros.

6 Motivos para sua menstruação estar atrasada

Além da gravidez: sua menstruação pode estar atrasada por diversos motivos que não sejam a vinda de uma criança. Veja abaixo quais são eles:

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
Violeta Cup

1. Exercícios físicos em excesso

Ao realizar exercícios físicos excessivamente, o corpo produz de forma exagerada prolactina, hormônio que ajuda na amamentação, o que pode gerar atrasos na menstruação.

2. Fases de estresse e ansiedade

Em momentos de estresse e ansiedade, o organismo libera o hormônio cortisol, o qual pode afetar o fluxo menstrual.

3. Puberdade

Quando se está na puberdade, é normal ocorrer atrasos na menstruação, visto que o sistema reprodutor ainda está em desenvolvimento e pode levar até cerca de cinco anos para se formar totalmente.

4. Obesidade

Quando uma pessoa que está em situação de obesidade tem o metabolismo alterado, pode ser que isso afete a parte do cérebro que regula a liberação dos óvulos, como consequência, o ciclo menstrual também é afetado.

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
Centro de Ginecologia

5. Interromper do uso de anticoncepcional

Ao interromper o uso de anticoncepcional após um longo período de uso, pode ocorrer falhas no ciclo menstrual. Nesse sentido, o organismo da mulher precisa precisa ser readaptado novamente.

6. Doenças e remédios

Medicamentos para infecções, inflamações, gripes e resfriados podem alterar fatores no organismo que chegam a desregular a ovulação. Dessa mesma forma acontece com doenças, mais especificamente nos ovários e tireoide. A menopausa precoce também é um fator de desregular o ciclo menstrual.

Fluxo menstrual — menstruação adiantada

Da mesma forma que acontece com a menstruação atrasada ou irregular, é com a menstruação adiantada. Fatores internos e externos contribuem para que o ciclo menstrual não funcione como deveria e ocasione surpresas. Estresse, ansiedade, tristezas profundas, emocional abalado e troca de anticoncepcional estão entre os motivos da menstruação adiantar.

Fluxo menstrual — menstruação prolongada

Por outro lado, a menstruação pode não terminar no dia previsto e se prolongar por 8 dias e até mais. Nestes casos, o mais indicado é procurar um ginecologista para entender o que está acontecendo com o seu corpo.

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
HerSelf

Fluxo menstrual — parar de menstruar

Acredite, existem mulheres que nunca menstruaram e elas possuem uma condição chamada amenorréia. Essa condição não deixa a mulher menstruar e ela pode ser dividida em dois tipos.

O primeiro tipo é quando a mulher nasceu sem útero ou ele não se desenvolveu como deveria, ainda no leito da mãe. Já o segundo tipo de amenorréia está ligado a menopausa precoce, problemas no ovário ou gravidez.

Menstruação com mau cheiro

A menstruação tem um cheiro característico dela mesma e não tem nada de anormal nisso. Em suma, é uma mistura do cheiro da flora vaginal com sangue. Qualquer variação desse cheiro, significa que há algum desequilíbrio ou problema na vagina e você precisará consultar um especialista.

Todavia, há alguns fatores que podem influenciar no mau cheiro, sendo eles: tempo demais com o mesmo absorvente, estresse, má alimentação, infecção vaginal e fluxo menstrual intenso.

Fluxo menstrual — Cores da menstruação

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
Incrível Club

Durante a menstruação é notável que o sangue pode conter diferentes cores e é isso que vamos explicar logo abaixo:

Menstruação escura (preta/marrom/borra de café)

No início e principalmente no final da menstruação é normal que a cor seja um pouco mais escura, semelhante ao marrom. Isso acontece porque em pequena quantidade o sangue pode se acumular no suco vaginal, demorando ainda mais para sair. Dessa forma, ocasiona a coagulação dentro do organismo, deixando a cor mais escurinha.

Menstruação rosa

Esse tipo de cor de menstruação é sempre bom ficar atento e vamos explicar o porquê. Primeiramente, quando o sangue sai em pequena quantidade, ele pode ser misturado ao muco vaginal, que pode ter a cor branca ou amarela. Outro motivo para a cor rosa é os baixos níveis de estrógeno. Por último, caso o sangramento ocorra fora do período menstrual, pode ser um sinal de gravidez. Na dúvida, consulte sempre um especialista.

Menstruação vermelho vivo

Também chamada de “menstruação artificial”, o sangramento muito vermelho ocorre em mulheres que utilizam métodos contraceptivos hormonais, pois é uma menstruação mais “forçada”. Em outras palavras, utilizando métodos contraceptivos não há descamação completa do endométrio, como consequência, o sangue sai vermelho vivo.

Menstruação com coágulos

Se você tem fluxo muito intenso, essa condição pode ser comum. Acontece que, conforme a quantidade de fluxo seja grande, o sangue coagula dentro do organismo da mulher. Por ser um fluxo intenso, o sangue logo sai e não fica escurinho.

Menstruação laranja ou alaranjada

Preste bastante atenção caso sua menstruação venha com um tom alaranjado: pode indicar uma infecção. Em geral, ela vem acompanhada de mau cheiro e dores na região.

Fluxo menstrual — Menstruar grávida

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
Sou Mamãe

Condição muito rara, mas não impossível: a menstruação durante a gravidez. Primeiramente, bom salientar que mulheres que apresentam pequeno fluxo de sangramento vaginal no período da ovulação, pode confundir com menstruação e acabar engravidando, então bom ficar atenta.

Um dos fatores que deixam que a mulher menstrue grávida é o fato de que muitas possuem o ciclo curto, de aproximadamente 21 dias, resultando na ovulação no sétimo dia do ciclo. O que muitos não sabem é que os espermatozóides podem viver por alguns dias no corpo de uma mulher, caso a relação sexual ocorra no quinto dia, por exemplo, quando há ainda menstruação e o espermatozóide estiver vivo na hora da ovulação.

Além disso, muitas mulheres podem apresentar pequeno fluxo de sangramento vaginal no período da ovulação e, quando confundido com menstruação, há uma chance muito grande de engravidar.

Métodos contraceptivos e volume da menstruação

Muita gente não sabe de fato qual o funcionamento de métodos contraceptivos no organismo e seus efeitos no fluxo menstrual. Os anticoncepcionais hormonais, como a pílula, o anel vaginal ou o adesivo, são responsáveis por regularem não somente os hormônios estrogênio, mas também a progesterona em seu corpo. Esses hormônios impedem seus ovários de preparar e liberar óvulos (ovulação).

Enquanto você toma anticoncepcionais hormonais (pílula, adesivo, anel), o sangramento da menstruação é chamada de escape, mancha ou spotting. Ele é resultado do declínio dos hormônios reprodutivos no corpo durante os dias em que você fica com pouco hormônio proveniente do anticoncepcional.

Dessa forma, pessoas que usam métodos contraceptivos podem ter alteração no volume da menstruação. Por exemplo, ao usar anticoncepcional, o revestimento interno do útero não engrossa tanto como acontece sem uso do MAC. Como resultado, as menstruações são mais curtas ou nem sequer existem, sobretudo para pessoas que usam o anticoncepcional há muitos meses ou anos.

Fluxo menstrual — volume, intensidade, fases, cores e irregularidades
Saúde Abril

Minipílula

Em suma, esse tipo de método contraceptivo utiliza apenas hormônios progestagênios, e como consequência pode resultar em um fluxo menstrual anormal. Isso acontece porque essas pílulas suprimem a ovulação, mas depende do tipo de pílula. As mudanças no volume da menstruação acontecem em resposta às mudanças nos hormônios.

Injeção e implante

Primeiramente, quem utiliza desse tipo de anticoncepcional podem ter dias de sangramentos mais curtos ou nem menstruarem. Esse é o resultado desse método contraceptivo, que suprimem a ovulação.

O DIU hormonal

Para quem usa DIU normal, é comum ter um fluxo menstrual mais leve, e até mesmo nem menstruar. Isso é resultado do não engrossamento do endométrio, sendo assim, gerando sangramento irregular.

O DIU de cobre

Esse método contraceptivo não é hormonal, portanto, a menstruação pode ser normal durante o período. Contudo, nos primeiros seis a doze meses, a quantidade do fluxo menstrual pode ser mais intensa, pelo fato de acontecer alterações vasculares e alterações no fluxo sanguíneo no útero.

Gostou deste conteúdo? Leia também: Massagem para cólica – Técnicas para aliviar a dor.

Fontes: Trocando Fraldas, Herlself, Minha Vida, Hello Clue.

Imagens: Eai Rolou, Fernando Guastella, Go Outside, Clinica Cemep, Herself, Violeta Cup, Centro de Ginecologia, Incrível Club, Sou Mamãe.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você