Beleza

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é

Movimento Corpo Livre surgiu nos EUA como Body Positive e se fortalece no Brasil. A ideia é ajudar mulheres a aceitarem seus corpos como são!

Atualizado em 29/01/2020

Já ouviu falar no movimento Corpo Livre? O conceito nasceu, basicamente, porque muitas mulheres ainda sentem vergonha de expor o corpo. A grande maioria, aliás, se sente insatisfeita com a própria aparência.

O movimento Corpo Livre, então, incentiva não só mulheres, mas todo mundo, a deixar esse sentimento de lado e amar o corpo como ele é. Em suma, ele prega que ninguém deve se sentir desconfortável por colocar um biquíni em público, por exemplo. Sobretudo, que ninguém se prive de um passeio à praia ou ao clube para evitar a exposição.

Basicamente, esse incômodo aparece por conta do sobrepeso, de cicatrizes deixadas pela gravidez ou até mesmo manchas de nascença. Esses são fatores que motivam essas mulheres a não colocar um biquíni, por exemplo.

Origem do movimento

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Pexels

O movimento Corpo Livre nasceu nos Estados Unidos, em 1967. Na época, aliás, ele recebeu o nome de: Body Positive ou Positividade Corporal. Isso significa ter um olhar mais afetuoso para o corpo do jeito que ele é.

Como resultado disso, mulheres que investem pesado em dietas milagrosas e até mirabolantes na busca desenfreada da perda de peso, recebem ajuda para entender que nada disso importa. E aprendem a amar seus corpos como são.

Além disso, veja algumas fotos de mulheres que estão trabalhando a auto-estima e o amor próprio.

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Pexels
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Pexels
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Pexels

Body Positive no Brasil

Para quem aderiu ao movimento Corpo Livre no Brasil garante que o corpo perfeito não existe. Portanto, é preciso ajudar essas mulheres a aceitarem e amarem seus corpos do jeito que eles são.

Contudo, sem descuidar da saúde, claro. Porque a ideia nada tem a ver com apologias ao sedentarismo ou sobrepeso. Até mesmo porque, mulheres que são magras, também estão insatisfeitas ou infelizes com seus corpos.

Certamente, muita dedicação, estudo e terapia fazem parte da rotina das mulheres que abraçaram no Brasil o movimento Corpo Livre.

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Pexels
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Pexels
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Pexels

A força por trás do movimento Corpo Livre

A cabeça do movimento Corpo Livre no Brasil é a influenciadora digital, Alexandra Gurgel, que ficou conhecida depois de divulgar numa rede social, um tutorial de como colocar um biquíni e ir à praia. Alexandra formou em jornalismo pela PUC do Rio de Janeiro. É dona do canal Alexandrismos no Youtube. Basicamente, é lá que ela realiza grande parte das discussões sobre o movimento Corpo Livre.

Mais conhecida pelos seus seguidores como , Xanda. Ela começou o seu processo de autoaceitação em 2015. Contudo, de lá para cá, vem ganhando notoriedade nas redes sociais e sobre assuntos que envolvem, empoderamento feminino, gordofobia e body positive.

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
YouTube

Como resultado disso, o movimento Corpo Livre ganhou força porque atingiu todas as mulheres que em algum momento da vida, deixou de participar de algum programa, como ir à praia ou à piscina de biquíni com vergonha de expor o corpo.

Todavia, ele incentiva exatamente o contrário: a pôr um biquíni que se sinta confortável e ir à praia, à piscina, a amar o corpo do jeito que ele é, diminuindo as cobranças e se aceitando mais.

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Pixabay

#CorpoLivre

A hashtag Corpo Livre surgiu há cinco anos, quando Alexandra Gurgel decidiu falar sobre o que incomoda a maioria das mulheres: o corpo.

Basicamente, ela se dedicou a estudar o assunto, publicou o livro Pare de se Odiar e de lá para cá, o movimento só vem crescendo. Atualmente a #CorpoLivre é seguida no Instagram por mais de 90 mil pessoas.

Como resultado disso, outras mulheres abraçaram o movimento Corpo Livre e estão se ajudando como, Joana Canabrava e Carla Paredes, do blog: papo sobre autoestima.

Declaração delas feita no blog: “somos mulheres fora do padrão imposto de beleza, mas ainda assim criadas com todos os privilégios e oportunidades”.

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Facebook

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é

Instagram

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é

Instagram

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Instagram
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Instagram
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Instagram
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Instagram

 

Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Instagram
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Instagram
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Instagram
Movimento Corpo Livre, o que é e como ensina a amar o corpo como ele é
Instagram

Gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Taís Araújo dispensa retoques em estrias em ensaio para revista

Fonte: Papo sobre autoestima, G1, Instagram

Imagem de destaque: O Documento