Beleza

Volume Russo, o que é? Como é feita a extensão de cílios + cuidados

Basicamente, o alongamento de cílios volume russo consiste na aplicação de fios finos e leves que possuem uma textura e dão volume.

Ao assistir os stories das blogueiras, você já se pegou perguntando “meu Deus, como elas fazem para estar sempre com cara de maquiagem sem parecer maquiada?”. O olhar está sempre destacado e levantado, né? Pois então, um dos maiores agentes responsáveis por isso, é o alongamento ou extensão de cílios. Existe o fio a fio, o Lash-lifting… mas o que, realmente, vem chamando a atenção das mulheres é o Volume Russo.

O procedimento consiste em dar volume e alongar os cílios através da aplicação de fios sintéticos entre os verdadeiros. Enquanto o clássico “fio a fio” é mais discreto e delicado, o volume russo se enquadra na categoria “drama”! É um método para quem gosta de se destacar e quer apostar em um olhar mais divertido.

Justamente por isso, é bastante indicado para mulheres que têm os cílios naturais pequenos e curtos. Porque ele concede um olhar mais aberto. Portanto, o melhor é já logo investir no volume russo. Dessa forma, é aconselhado evitar a técnica fio a fio, pois o volume não será suficiente.

Volume Russo - o que é, como cuidar e preços
Fonte: Amanda Lorenzo

Como é feito o volume russo

Consiste na aplicação de fios finos e leves que possuem uma textura que, em comparação com os tradicionais, é mais macia e natural. Ou seja, nada de cílios de boneca, essa técnica busca naturalidade. O volume é alcançado através de pequenos “grupos” de fios sintéticos entre os naturais. Geralmente de 3 ou 4, e para que o resultado saia perfeito.

Continua após a publicidade

O procedimento leva cerca de duas horas para ser finalizado e deve ser feito por uma profissional da área, que realmente tenha estudado sobre o assunto!

Manutenção

A durabilidade do volume russo é de cerca de 40 dias. Assim, após esse período, é necessário a manutenção. Às vezes, pode acontecer das extensões caírem naturalmente. De qualquer forma, isso só interferirá no volume, o alongamento será mantido.

Continua após a publicidade

E a saúde dos cílios naturais?

Volume Russo - tudo sobre a técnica, o que é e como cuidar
Capricho

Apesar de ser um método comum e seguro, é importante se atentar à advertência dos médicos. Segundo informa a oftalmologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, Lisia Aoki, ainda há o risco de sensibilidade à cola, que por ser a base de cianoacrilato, pode causar vermelhidão, coceira e até mesmo a queda dos cílios naturais.

De acordo com a médica, outro fator que pode impulsionar a queda dos cílios naturais, é o excesso de peso. Visto que é decorrente do uso dos fios para alongamento. Ela reforça que deve-se levar em conta que, muito além da questão de beleza, os cílios têm a função de proteger dos olhos.

Continua após a publicidade

Para Aoki, não existe uma normativa para recomendação ou não do procedimento. Pelos riscos, ela orienta que deve-se ser realiza-lo por profissionais especializados e com material regulamentado pela Anvisa.

A médica também desaconselha fazer o procedimento diversas vezes seguidas. “Se possível, é melhor deixar os cílios sem esse alongamento periodicamente para recuperação da pele da região e dos próprios cílios”, finaliza.

Volume russo X alongamento tradicional

O passo-a-passo dos dois métodos é, basicamente o mesmo. Que consiste em manter a base com perfeitamente isolada e, principalmente, sem excesso de cola. Porém, no fio-a-fio a aplicação é feita pela relação 1×1, ou seja, um fio sintético para cada fio real da cliente.

Já no volume russo, podem ser colocados até 6 fios no intervalo dos cílios, e, claro, para garantir a naturalidade do look, sempre é analisado individualmente o rosto da cliente e suas expectativas.

Continua após a publicidade

Detalhes

Primeiramente, no volume russo, de 500 a 700 fios são aplicados. Também é possível encontrar o leque do volume russo contendo de três a oito fios sintéticos por cílio natural. De forma que  o volume não é conquistado através da extensão e que preza pela naturalidade.

Além disso, ainda existem as modalidades 3D e 4D. Essa nomenclatura se dá por causa da quantidade de fios por leque de cílios artificiais colados ao natural. No alongamento 3D, por exemplo, são três fios artificiais para cada fio natural. Por isso, além do volume variável, a técnica permite corrigir efetivamente algumas falhas, como as decorrentes de uso de máscaras à prova d’água

O custo do procedimento, geralmente, é a partir de R$ 300, em média.

Ciclo de vida dos cílios

Volume Russo - tudo sobre a técnica, o que é e como cuidar
Fonte: Gisele Apiciela

Segundo os especialistas, nós temos em média de 50 a 75 cílios dispostos em fileiras – duas ou três – na borda anterior da pálpebra inferior. A pálpebra superior contém o dobro. A vida de um cílio dura de três a cinco meses e só no segundo mês que ele atinge seu comprimento total. A especialista Iara Sato ainda explica detalhadamente como funciona o ciclo:

Continua após a publicidade

A primeira etapa é a Anágena, onde o bulbo do cílio está em plena atividade. Pode durar de quatro a cinco semanas. A segunda é a Catágena, neste momento o folículo se prepara para entrar em descanso. Assim, o crescimento do cílio é interrompido. O fio se desconecta da papila e a base do folículo começa a “subir” em direção à superfície.

Na terceira fase, chamada de Telógena, o fio está pronto para cair. Normalmente ele se solta do folículo quando o cílio é lavado ou escovado, ou quando um novo fio começa a ser produzido e a crescer no mesmo folículo, “empurrando” o antigo para fora. Esta etapa pode durar de quatro a cinco semanas.

E aí? Se interessou pelo “Volume Russo”? Quer saber também como alongar os cílios em casa? Leia nossa matéria: Dicas de como alongar os cílios em casa.

Fontes: UOL  Blog Tonalidade 

Continua após a publicidade

Imagem de destaque: Beauty All

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

5 1 vote
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você