Celebridades

Jantar do BrazilFoundation reúne famosos em Nova York

O jantar do BrazilFoundation contou com convidados célebres, realizando uma noite de homenagens e conscientização sobre causas sociais.

O 583 Park Avenue, em Nova York, foi palco do jantar filantrópico do BrazilFoundation, organização sem fins lucrativos baseada na cidade. O evento, que ocorreu na quinta-feira (28), reuniu famosos com o propósito de levantar o tema “Combate à Fome no Brasil”. Alguns nomes conhecidos do jantar do BrazilFoundation surgiram como mestres de cerimônia. Esse é o caso do ator Marco Pigossi, bem como a primeira bailarina do Dance Theatre of Harlem, Ingrid Silva. O show da festa, porém, ficou por conta da cantora Claudia Leitte.

O evento fez questão de homenagear iniciativas como a da ONG Gerando Falcões, por meio de Edu Lyra, o Fundo Luz Alliance, com Gisele Bündchen, e o trabalho do embaixador Thomas A. Shannon Jr. Da mesma forma, o jantar do BrazilFoundation lembrou a trajetória da professora Zélia Amador de Deus, uma das principais referências na luta antirracista, bem como voz ativa na busca pelos direitos da população negra. A professora Zélia recebeu o Prêmio de Direitos Humanos da organização, o “BrazilFoundation’s Human Rights Award”.

Se interessou pela iniciativa do evento? Se sim, confira abaixo tudo sobre o jantar do BrazilFoundation e seus convidados, bem como o objetivo da ação da organização.

O jantar do BrazilFoundation

Jantar do BrazilFoundation reúne famosos em Nova York

Após o show de Claudia Leitte, quem assumiu a pista de dança foi o DJ Johnny Stuart, conhecido por suas participações em shows como os desfiles da Victoria’s Secret, bem como outras festas de sucesso com nomes célebres e internacionais. Já Rafa Kalimann foi a responsável por apresentar o leilão do evento, um momento tradicional das festas da organização, com peças para todos os gostos.

Nesse sentido, foi possível conferir peças como a camisa dos Buccaneers autografada por Tom Brady, astro de futebol americano, ou a obra “Anjo”, do fotógrafo baiano Mário Cravo Neto. Da mesma forma, estavam disponíveis para arremate joias, pinturas, esculturas, fotografias exclusivas e até mesmo experiências singulares.

A ação do evento

O jantar filantrópico do BrazilFoundation teve como objetivo arrecadar recursos para continuar seu trabalho com a campanha “BrazilFoundation em Ação – Juntos contra a COVID-19”. Desde março de 2020, a iniciativa já arrecadou mais e R$18 milhões, valor voltado para a ajuda humanitária. Nesse sentido, foram capazes de impactar 85 organizações, e por meio delas, mais de 540 mil pessoas que estão em situação de vulnerabilidade no Brasil.

A presidente e CEO do Brazil Foundation, Rebecca Tavares, comentou sobre como o último jantar foi diferente dos oferecidos em outros anos. De acordo com ela, a razão é justamente a pandemia do COVID-19. “Sabemos da nossa responsabilidade em ajudar os brasileiros nesse momento em que o Brasil volta ao mapa da fome, e o país precisa dos recursos que o evento mobiliza. Mas mesmo assim, temos consciência que é um momento delicado. Por isso, temos um jantar, e não um gala”.

Convidados de honra do BrazilFoundation

Jantar do BrazilFoundation reúne famosos em Nova York

Em entrevista, a bailarina Ingrid Silva falou sobre suas impressões como mestre de cerimônia. Segundo ela, estava “muito feliz de poder estar nesse evento”, e Ingrid conta que acompanha a causa desde 2014, quando dançou para ela. “Estar acompanhando essa instituição há tantos anos e ver todas as causas que eles têm apoiado me deixa muito grata. Hoje, poder ser um dos mestres de cerimônia é de um privilégio e honra muito grande”.

Ingrid também falou sobre como está “representando essas pessoas”. “Esse projeto ajudou muitas famílias durante a pandemia e continua ajudando. Nós precisamos da ajuda das pessoas para que esse projeto ajude mais famílias”.

Luciana Gimenez, que também estava no jantar, reforçou a importância do objetivo do BrazilFoundation, e qualquer uma das causas sociais. “Sempre que podemos apoiar essas ONG’s, apoiamos, porque é necessário emprestar a imagem para lembrar  que todos saibam que no Brasil muita gente passa fome. Esse ano, com a pandemia, o significado foi ainda mais especial. No pós-pandemia, as pessoas estão mais carentes e nessa hora temos que nos unir mais”.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você