Celebridades

Tiago Leifert detalha câncer da filha em entrevista emocionante

O apresentador Tiago Leifert detalhou para o público as circunstâncias do câncer da filha pequena, Lua, de 1 ano e 3 meses.

Tiago Leifert e a esposa, Daiana Garbin, contaram um pouco mais sobre o período que antecedeu a descoberta do câncer da filha, Lua. A menina, que tem 1 ano e 3 meses, recebeu o diagnóstico de retinoblastoma, um tumor raro nos olhos. Nesse sentido, na ocasião em que Tiago Leifert detalha câncer da filha, o apresentador se emociona diversas vezes contando sobre o que aconteceu.

“Eu tinha ido para o Rio para gravar 10 dias do ‘The Voice Brasil’. Quando voltei, morrendo de saudades, peguei ela no berço para brincar e vi que ela não olhou no meu olho, olhou meio de lado. Ela estava olhando para mim, mas olhando meio para lá… E falei: ‘Dai, ela não olhou no meu olho’. Eu botei ela na frente do espelho e vi o olhinho direito dela fazer um movimento irregular. Perguntei se ela tinha batido a cabeça, mas não tinha batido”.

Além disso, Daiana ainda conta sua reação com a preocupação do pai. “Eu dizia: ‘Para de ser doido, ela é perfeita’. Acho que coração de mãe não quer enxergar”, lamentou a jornalista. Logo depois, após a insistência de Tiago e apoio da internet, levou a filha para um oftalmologista.  “Ele olhou e disse na hora que isso não era bom. Nos encaminhou pra um especialista e disse que provavelmente aquilo era um tumor. Ela não dava nenhum sinal. Nenhuma dor, nenhum incômodo. A gente nunca ia imaginar”.

Tiago Leifert detalha câncer da filha junto de Daiana Garbin

Tiago Leifert detalha câncer da filha

Da mesma forma, ainda na ocasião em que Tiago Leifert detalha câncer da filha, visivelmente emocionado, comentou também sobre outros perigos do diagnóstico. De acordo com ele, por conta da demora para procurar um médico e por desconhecer os sintomas da doença, o tumor já atingia seu grau máximo.  “A doença estava no limite já, nos acréscimos. A gente teve muita, muita sorte. Claro que quando eu oro, eu peço a cura dela e mais coisas, mas a gente já tem muito o que agradecer porque a gente chegou lá em cima da hora”.

“A pressão do olhinho já estava super alta, ela estava correndo seríssimo risco quando a gente chegou. Mas a gente também, logo depois que descartaram a metástase, a gente foi tomado por uma força e vamos embora, vamos pra cima. Ela muito alegre e nós fomos pra cima. Mas se demorasse uma semana a mais a gente estaria num tom diferente nessa entrevista aqui”, continuou ele. “O retinoblastoma é de A a E. A gente descobriu o do olhinho direito no tamanho E, que é o máximo possível”.

O apresentador, muito querido por seus telespectadores, chegou a admitir que chorava escondido diante da situação com Lua. “Eu descobri na véspera da gravação da segunda fase do ‘The Voice’. Liguei pro Boninho na hora e ele falou pra eu ficar em casa que ele daria um jeito.  “Eu não sou uma pessoa triste, estou sempre animado, mas naqueles dias eu conheci a escuridão. Eu não tinha a menor condição de trabalhar. A gente demorou alguns dias, depois de algumas sessões de quimioterapia pra falar: ‘vamos começar a tentar viver de novo'”.

Situação de Lua

Em seguida, Daiana também comentou sobre como funcionava o tratamento da filha.  “A gente já fez 4 sessões de quimioterapia, que é como se fosse um cirurgia, um cateterismo. Os médicos levam o remédio até o olhinho e por isso que ela não tem tantos efeitos colaterais. A gente ainda não sabe quantas sessões vão ser necessárias, mas a gente tem muita confiança, muita fé e certeza na cura total da nossa filha”.

Por fim, pouco tempo antes do final da entrevista, Tiago brincou com a mulher ao destacar que os dois não choraram. Por sua vez, a jornalista respondeu que estava segurando firme.  “A gente combinou de nunca chorar na frente da Lua também. Na frente da Lua é alegria. A criança sente tudo, então a gente chora escondido no banheiro. Chora juntos, mas pra Lua não.”

“A gente precisa ficar forte pra que ela fique forte também. O fato dela não saber o que está acontecendo, ela não deixa a gente ficar triste, porque ela está sempre tão alegre, tão disposta, que eu falo: ‘minha filha, você me dá força pra conseguir, pra aceitar toda a dificuldade, pra ter força pra estar aqui conversando com vocês”.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você