Curiosidades

Filmes de empoderamento feminino – 14 indicações para ver e aprender

Os filmes de empoderamento feminino contam histórias incríveis, que atuam de forma educativa, muitas vezes baseadas em fatos reais.

Atualizado em 10/09/2020

Afinal, muitos perguntam: mas, para o que servem os filmes de empoderamento feminino? As produções cinematográficas tem sido uma ótima ferramenta educativa e inspiradora para milhares de pessoas. Entretanto, as mulheres estão no pódio quando o assunto é descobrir a diversidade de opções prontas para serem escolhidas.

Por vários anos a fio, desde o surgimento do cinema, as mulheres estiveram e ainda estão atuando como protagonistas na direção e na atuação dos grandes filmes. Sobretudo as lutas relacionadas ao empoderamento feminino as questões de gênero fazem parte deste universo na frente e por trás das telinhas.

Cada qual constitui-se por sua abordagem específica dentro dos diversos tipos de emponderamento. Empoderar-se significa sobretudo adquirir ou conceder um poder a uma pessoa ou a um grupo. As personagens dos filmes a seguir são figuras femininas que carregam este significado do inicio ao fim de suas tramas.

Por que assistir filmes de emponderamento feminino?

Claudia

Parece simples a princípio. Mas, a questão é que estas mulheres e personagens exibidas nos cinemas são importantíssimas para que haja  o que chamamos de representatividade. Qualquer mulher que esteja vendo um filme deste segmento é capaz de descobrir a amplitude que há no universo feminino e descobrir mais sobre sua história.

Portanto, assistir filmes de empoderamento feminino é sinônimo de educação e também de tomar consciência das ações conjuntas efetivas em espaços de decisões. Por exemplo, quando assistimos um filme como “A Dama de Ferro”, descrito na lista abaixo, não estamos só contanto a história de vida de Margaret Thatcher.

Essa representação vai muito além do que imagina-se. Pois, na verdade, o que está por trás da encenação é a informação de uma nova abertura para um novo espaço de atuação para a mulher. Margaret representa portanto a conquista do poder da mulher no ramo da política. E em se tratando de história este acontecimento é um grande avanço nos direitos da mulher.

Emponderamento feminino no trabalho

Homer

Todavia, quando falamos de empoderamento temos que ter em vista que há vários tipos de empoderamentos. As diferenças de raças, cor e situações devem ser abordadas de formas particulares. No cinema cada história recortada, criada ou baseada em fatos reais trazem uma pequena parte deste universo rico de detalhes e riquezas profundas.

No entanto, ao mesmo tempo, sentar para assistir e se dedicar vendo uma dessas obras primas faz com que concretize o que chamamos de “ação social coletiva”. Assim como as protagonistas, nós, mulheres espectadoras, também podemos fazer parte das conquistas vindas de outras mulheres que lutaram pelos nosso direitos.

Sendo assim, a amplitude desta consciência possibilita a emancipação, isto é, a libertação das mulheres. Portanto os filmes de empoderamento feminino são instrumentos para um mundo mais igualitário e justo. De que outra forma, mais eficaz, poderíamos transmitir de fato uma mensagem com sentimentos, informações relevantes  e de forma tão didática quanto o cinema nos proporciona?

16 opções para assistir e aprender

Medium

Prepare portanto o papel e a caneta e comece a se programar para assistir a lista a seguir. As mulheres, principalmente no âmbito do trabalho, foram incrivelmente representadas nos filmes de empoderamento feminino entre os anos 2000 e 2019.

1 – Harriet (2019) da Kasi lemmons

A princípio, não poderíamos começar de outra forma do que a abordagem de Harriet da diretora Kasi Lemmons. Esta cineasta estadunidense teve a ideia genial de fazer o filme de empoderamento feminino voltado para a mulher negra, seu próprio lugar de fala. O abolicionismo é sua principal temática conduzida pela personagem Harriet Tubman.

A protagonista interpretada por Cynthia Erivo conta a história de uma ativista política responsável pela condução da fuga de centenas de escravos. O local de moradia dos escravizados era o sul dos Estados Unidos e o enredo se passa em um período de Guerra Civil. O ano de 1849 começa, por fim, tomar novos rumos na história graças a coragem e competência de Harriet.

2 – Revolução em Dagenham (2010) de Nigel Cole

Em se tratando de filmes de empoderamento feminino a Revolução de Dagenham é ideal para retratar a temática. Assuntos como “salários iguais” e “direitos da mulher” são conduzidos via a liderança de Rita O’Grady. A princípio sua função é como costureira em uma fábrica, mas, o que não pode deixar de ser mencionado, é que são toda a história vem de fatos reais.

O ano de 1968 foi cenário para uma série de mudanças para as trabalhadoras das fábricas. Assim como o filme, a líder encabeçou greves importantes que resultaram no reconhecimento de suas funções. Portanto, a busca pela valorização da mulher no mercado de trabalho é fundamental no contexto do filme.

3 – Estrelas Além do Tempo (2017) de Theodore Melfi

E mais uma vez os filmes de empoderamento feminino trazem a representatividade da mulher negra no mercado de trabalho. A história da obra Estrelas Além do Tempo vai diretamente para o mundo da ciência onde 3 incríveis mulheres prestam serviços para NASA. O filme passa na década de 1960 nos Estados Unidos e abrange o cenário da Guerra Fria.

O trio Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson foram verdadeiros estímulos para a corrida espacial. O lançamento do foguete em direção a órbita com o astronauta John Glenn trouxe à tona não só a conquista, mas as questões em relação a atuação da mulher negra nos ambientes da ciência em um país e um período repleto de preconceitos de gênero e raciais.

4 – Filmes de empoderamento feminino: Rainha de Katwe (2016) da Mira Nair

Assistir filmes de mulher já é muito bom. Agora, filme de mulher dirigido por mulher é sensacional. O olhar diferenciado sobre a história da “Rainha de Katwe” conta a audácia e a coragem de uma moradora de zona rural da Uganda que decidiu ser campeã de xadrez e levar este título para sua cidade.

Portanto este é um dos filmes de empoderamento feminino da África para o mundo. A determinação da jovem traz para os espectadores e espectadoras a importância de se abrir as fonteiras e superar as limitações. As barreiras sociais para a mulher, em especial, são muito duras, mas a mensagem é de enfrentamento e de superação.

5 – O Sorriso de Mona Lisa (2003) de Mike Newell

O nome em si já é impactante, porque se trata de uma figura muito famosa no mundo da arte. Contudo, assim como todos os filmes anteriores, a representação não é literalmente a modelo do quadro de Leonardo da Vinci. A época se passa em 1950 em um colégio chamado ” Wellesley College”.

Lá, portanto, era um local de educação para meninas com foco em transformá-las nas mulheres ideais: mãe e esposa dedicada e do lar. A personagem principal é uma professora que luta contra este tipo de sistema implantando para as mulheres. Por meio de aulas e reflexões ela garante o pensamento crítico de suas alunas levando-as a compreender a sociedade em que vivem.

6 – Valente (2012) de Brenda Chapman e Mark Andrews

O universo das animações não poderiam ficar de fora dessa lista. Esta é somente umas das referências que podemos tem de filmes de empoderamento feminino nos tão cobiçados filmes de desenho. O ponto forte é que estas obras também alcança o imaginário infantil. Portanto seu alcance não é somente para um público, mas para uma geração.

Valete é sobretudo a história de um princesa que é destina a se casar com o filho de outro nobre. Para isso, a mãe se dedica a ensinar os melhores comportamentos e como ela deve se portar diante do seu futuro. O problema é que a menina almeja outros sonhos e conquistas para sua vida. Primeiramente, o seu maior talento é tiro ao arco.

A princípio, sua função na Escócia e no período em que castelos, reis e rainhas eram a realidade não se fazia jus. Muitos problemas são gerados no decorrer na animação, pois Valente tenta fugir do seu casamento. Mas, muitas coisas boas resultam-se sua teimosia. Uma delas é a conciliação dos reinos e o impedimento de uma guerra.

7 – Filmes de empoderamento feminino: Frida (2002) de Julie Taymor

Como passar ileso pela história de Frida Kahlo? A figura da artista representada pela atriz Salma Hayek é impactante para a época em que se passa e o resultado da vida de muita dor e de muita arte desta mexicana. Nascida no século XX, suas obras começaram a ganhar o mundo após um terrível acidente que quase a deixou tetraplégica.

A princípio, as sequência de cirurgias não a abalaram. E como a arte salva vidas, ela também salvou a vida e o futuro de Frida. Seus quadros são pinturas fiéis e transparentes de suas angustias e em todo momento sua história é tema de suas obras. Esta sinceridade e abertura da própria alma não é só uma tela, mas sim sinônimo de um comportamento e de uma personalidade única já registrada pelo cinema.

8 – Coco antes de Chanel (2009) de Anne Fontaine

De mulher para mulher, o filme Coco Antes de Chanel foi dirigido por Anne Fontaine e atuado por Audrey Tautou, atriz de Amélie Poulain. O filme conta a história do empoderamento de Gabrielle Bonheur no mundo da moda. Esta mulher foi responsável por melhorar a qualidade de vida da mulher em relação as suas vestimentas.

A vida de Chanel não foi nem um pouco fácil, já que sua trajetória é vinda de uma liberdade nas relação e principalmente no modo de se vestir. A primeira mulher a usar calças em pleno início do século XX nos proporcionou o simples, mas não menos significante, direito de usar calças. Isso era uma terrível afronta para os vestidos grandes com náguas, babados, cintas e corpetes.

Mas, sua dedicação representada no filme ganha completamente o espectador, graças a suas forte personalidade e persistência. Por fim, essa mulher deu origem um império com seu sobrenome “Chanel” que é altamente respeitado até os dias de hoje.

9 – Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento (2000) de Steven Soderbergh

O longa metragem, diretamente dos anos 2000, tem como principal personagem Erin, atuado por Julia Roberts. Mãe de 3 filhos ela consegue, enfim, um emprego em uma pequena advocacia. A figura forte e bem construída não poderia comprar uma causa menor do que a destinada em sua trama.

A princípio, durante o tempo de atuação em sua área, ela resolve comprar uma briga quando descobre que água de uma cidade vem sendo contaminada. Dedicada a resolver o caso, ela consegue convencer a todos da cidade a contribuir com sua luta, resultando no ganho do processo e mais 333 milhões de dólares.

10 – Joy – O Nome de Sucesso (2015) de David O. Russell

Ainda no mundo dos negócios Joy é um dos filmes de empoderamento feminino mais surpreendentes da história. Baseado em fato reais a história representada conta a vida de uma inventora que se torna milionária após invetar o Esfregão Mágico. Isso mesmo! Um simples objeto doméstico a fez ganhar o mundo.

O fato mais curioso e incrível é que mesmo tendo que criar seus 3 filhos, aos 27 anos de idade, ela não desistiu de conseguir ganhar a vida e se tornar mundialmente conhecida.

11 – Filmes de empoderamento feminino: Olga (2004) de Jayme Monjardim

Chegamos, por fim, ao cenário do cinema nacional brasileiro. Olga é para nós um ganho inestimável quando o assunto é filmes de empoderamento feminino. A personagem retrata uma ativista comunista no século XX que luta ao lado de seu parceiro contra o nazismo e todo o regine totalitário do vivido na época.

Olga Benário não somente contra o regime, mas também contra os ideias da sua família Alemã e de um país dominado por atrocidades. O resultado disso foi sua fuga para o Brasil onde encontrou ainda mais batalhas a enfrentar.

12 – Filmes de empoderamento feminino: A Dama de Ferro (2011) de Phyllida Lloyd

A Dama de Ferro é nada mais, nada menos que Margaret Thatcher. Essa incrível mulher foi responsável por abrir as portas da política e ocupar espaços jamais dominados em sua época. Sua persistência e sua competência a levaram a ocupar o cargo de primeira ministra britânica. O filme conta sua história de vida e traz à tona as barreiras de uma sociedade patriarcal, machista e cheia de preconceitos contra o gênero.

13 – Filmes de empoderamento feminino: Histórias Cruzadas (2011) de Tate Taylor

Antes de tudo, Histórias Cruzadas é um dos filmes de empoderamento feminino mais incríveis da história do cinema e do mundo. Uma jornalista resolve escrever um livro sobre as vidas das mulheres negras que trabalhavam nas casas das famílias ricas de Mississipi. Os anos de 1960 foi rodeado pelas lutas por direitos civis para a população negras.

Cada história contada de forma tão particular e profunda é sinônimo desta luta. A escrita traz para o mundo real a dureza enfrentada por essas mulheres no seio familiar das pessoas brancas. E, também, como elas eram tratadas e consideradas pelo meio.

14 – Moana: Um Mar de Aventuras (2016) de Ron Clements e John Musker

Vamos, por fim, finalizar a nossa lista de filmes de empoderamento feminino com Moana. A divertida animação traz a vida as aventuras de uma princesa da polinésia que mergulha, literalmente, nas histórias dos ancestrais de sua família. A menina de apenas 16 anos é capaz de desbravar o mar e conhecer o poder da deusa Maui.

Sua avó é uma outra figura feminina importante na sua vida, pois ela guia os passos de Moana e a encoraja a ganhar o mundo e abrir as portas do seu pequeno reino. A relação íntima com a natureza é o maior ponto forte do longa metragem. Portanto, este é um dos filmes de mulher que podem ocupar a lista de filmes para ver a aprender sobre empoderamento feminino.

Por fim, leia mais curiosidades sobre a mulher em Feminismo: diferentes visões na luta pela igualdade de direitos

Fontes: Adoro Cinema, Stoodi, Guia da Semana, Nova Escola, Guia da Semana 2, Dia a Dia Educação, Adoro cinema 2, Atraído Pela Leitura, Adoro Cinema 3, Observatório do Cinema, Guia do Estudante, Guia da Semana 3, Telecineplay, Guia da Semana 4, Impact Hub, Amiga Irônica, MBF, MBF 2, Eu sem fronteiras, SB Coaching, Fia, Prime Video

Fontes de imagens: Claudia, Medium, TrailersBR, Filmes do YouTube, 20th Century Studios Brasil , Walt Disney Studios Br, Arquivo de Trailers, Cartoon Vídeo, Miramax, Warner Bros. Pictures Brasil, Riochens20th Century Studios Brasil 2, ociosocio, Lixeira Dourada, EdTrailers, Sony Puctures Brasil, Filmes do YouTube 2,