Dicas & Truques

Cravo no nariz: 6 formas de eliminar e prevenir os pontinhos indesejados

Um dos problemas de pele mais comuns é o cravo no nariz e por isso listamos as causas e os tipos, além de alguns truques para eliminar.

O cravo no nariz é certamente um dos inconvenientes da pele mais comuns que existem. Ainda assim, ele não deixa de ser desagradável. Acima de tudo, incomoda qualquer um esteticamente.

Também conhecidos como comedão, são acúmulos de sebo em poros entupidos pela produção de óleo da pele e células mortas. Apesar de serem mais comuns em quem possui pele oleosa, podem acontecer em qualquer um.

Além disso, ele é um dos maiores sintomas da acne. São mais frequentes no rosto, especialmente na zona “T” (nariz, testa e queixo). Também é preciso salientar que são mais comuns na adolescência e gestação.

Formação do cravo

Primeiramente, os cravos se formam principalmente por dois dois motivos.

  • Produção excessiva de sebo feita pelas glândulas da pele, como a alta oleosidade da pele e alto número de espinhas;
  • Entupimento dos poros por conta do sebo excessivo e por fatores externos, como uso de maquiagens e cosméticos.

O rosto pode ter até 300 mil poros, sendo que em cada um, existem folículos capilares. Nos folículos estão as raízes dos pelos e as glândulas sebáceas, responsáveis pela produção de sebo (gordura que evita que a pele fique ressecada).

As vezes, glândulas sebáceas produzam sebo em excesso. Consequentemente, o folículo pode ficar entupido e ainda assim continuar produzindo sebo. Assim nasce o cravo.

Cravo no nariz

Fonte: Em tempo

Inicialmente é preciso deixar claro que os cravos podem aparecer em qualquer parte do corpo. Ainda assim, a zona “T” é a região mais comum para o aparecimento do problema.

Isso ocorre por que essa é a região do corpo em que há uma maior quantidade de glândulas sebáceas. Consequentemente, é um local mais oleoso e favorável ao surgimento desses comedões. Além disso, elas podem virar espinhas.

Por fim, o local mais comum para o problema é no nariz. O cravo no nariz é algo que você pode ver em quase todo mundo, isso por que é a região mais oleosa de todas.

Tipos de cravo

Basicamente, existem três tipos diferentes de cravo. Veja:

Cravo preto

Fonte: VIX

Os cravos pretos são os mais populares. Sua cor escurecida acontece por que o entupimento faz com que o sebo que está em contato com o oxigênio endureça, escureça e forme uma tampa para o folículo.

Também é chamado cravo aberto, já que o poro não está fechado por pele. Além disso, é o tipo mais fácil de retirar.

Cravo branco

Fonte: Só científica

Os cravos brancos também são chamados de cravos fechados. O poro fica entupido pela própria produção de queratina da pele.

Apesar disso, a glândula sebácea continua produzindo sebo, que não consegue sair do poro, criando o cravo branco. Além disso, sua diferença para o cravo preto é que se forma dentro da pele, e não fora. Isso dificulta a retirada do cravo.

Miliuns

Fonte: Dicas online

Miliuns são pequenos cistos de queratina que surgem na pele. Eles se parecem muito com cravos brancos e podem aparecer em qualquer idade.

Na maioria dos casos, eles desaparecem em poucas semanas por conta própria. Além disso eles não podem ser espremidos. Tentar fazer isso pode causar feridas na pele, deixar cicatrizes e causar infecções.

Mitos e prevenção

Mitos

Fonte: Catraca Livre

Certamente existem muitos mitos em relação aos cravos. Por exemplo, algumas pessoas falam que o problema é contagioso. Obviamente isso é uma mentira.

Algumas bactérias podem contaminar cravos? Sim, mas essas bactérias existem em todos os corpos humanos, e não são transmissíveis.

Também não existe ligação entre má alimentação e cravos, como algumas pessoas costumam afirmar. Entretanto, outros tipos de acne, como espinhas, podem sim ser causadas pela má alimentação, então, é preciso ficar atenta. Além disso, creme dental não reduz cravos. Ela pode ressecar o tecido, fazendo com que, momentaneamente, a oleosidade diminua. Apesar disso, o corpo irá reagir e aumentar a produção, criando mais cravos.

Adolescentes também costumam dizer que existe ligação entre masturbação e cravos. Obviamente também é um mito e não se comprova. Por fim, os cravos não são aracnídeos. Apesar de poderem sim atrair pequenos animais, elas não são formadas por outros seres vivos.

Prevenção

Fonte: VIX

Finalmente, existem formas de prevenir os cravos, inclusive o cravo no nariz. Para isso, é importante manter a pele muito bem higienizada limpa e os poros desentupidos. Mantenha sob controle a produção de sebo e escolha os produtos corretos, como os que não provocam a obstrução dos poros e que não aumentam a oleosidade.

Primeiramente, lave o rosto diariamente. De preferência uma vez pela manhã e outra pela noite. Também pode usar produtos que ajudem no processo. Além disso, não exagere na lavagem. Lavar o rosto com água exageradamente pode ressecar a sua pele.

Proteger a pele do sol evita que ela fique ressecada. Por isso o uso de um protetor solar específico para o rosto é importante, já que a pele da face é diferente e os protetores solares normais costumam ser mais oleosos, o que facilita o entupimento dos poros.

Além disso, manter uma alimentação equilibrada e beber bastante água também é essencial para que a prevenção da acne seja eficiente. Por isso, a recomendação é comer bastante legumes e frutas, e beber cerca de 2L de água por dia para manter o organismo limpo de dentro para fora.

6 formas de eliminar o cravo no nariz

Primeiramente, você já aprendeu ao longo dessa matéria que o cravo no nariz é o mais comum devido a alta oleosidade da zona “T”. Por isso, algumas vezes é necessário assumir alguma técnica para eliminar esse problema.

Confira as cinco opções que separamos para você.

1 – Limpeza da pele

Fonte: Onodera

Primeiramente, para limpar a pele é necessário lavar o rosto com água morna e sabonete liquido.  Além disso, pode-se passar na pele um disco de algodão embebido em água micelar, para remover completamente toda sujeira e oleosidade da pele.

2 – Esfoliação

Fonte: Dermaclub / Shutterstock

Além disso, você deve fazer uma esfoliação da pele. Existem duas opções: comprar um pronto ou fazer o seu naturalmente. Para fabricar seu próprio esfoliante vai precisar de 1 colher de fubá de milho e 1 colher de mel.

Faça uma mistura homogênea e aplique no nariz e nas bochechas com movimentos circulares. Essa passo é importante para abrir os poros e remover as células mortas.

3 – Máscara removedora

Fonte: Tua Saúde

Também é uma ótima opção é máscara facial. Novamente você pode comprar pronto ou fabricar a sua. Para fazer o caseiro, você vai precisar de 1 colher (de sopa) de gelatina em pó sem sabor e 4 colheres de leite.

Junte os ingredientes e leve ao micro-ondas por 10 a 15 segundos, até que fique uma mistura uniforme. Aplique diretamente sobre o nariz e deixe secar naturalmente. Depois de completamente seca, o que pode demorar aproximadamente 20 minutos, deve-se remover a máscara do nariz puxando pelas bordas.

4 – Vapor de água quente

Fonte: VIX

Para facilitar a remoção dos cravinhos indesejados, o ideal é que seus poros estejam bem abertos, a fim de machucar menos a pele. Por isso, recomendamos que você fique, por um tempo, com o rosto perto de um vapor de água quente, como se fosse uma sauna.

Portanto, aqueça 1 litro de água em uma panela e despeje em uma bacia assim que começar a ferver, com cuidado para não se queimar. Em seguida, pegue uma toalha e coloque sobre a cabeça, e fique com o rosto acima do vapor da água. Se estiver muito quente, afaste o rosto um pouco mais da bacia. Permaneça por 15 minutos ou até o vapor acabar.

5 – Extração de cravos

Fonte: Loja mundo barato

Para remover os cravos, inclusive os cravos no nariz, mais profundos na pele é necessário espremer com os dedos ou com um pequeno instrumento próprio. Para que a pele não fique inflamada deve-se ter o cuidado de espremer os cravos do nariz usando 2 cotonetes. Eles devem pressionar exatamente ao lado de cada cravinho.

Além disso, você pode usar um aparelho eletrônico removedor de cravos, pinça ou extrator removedor de cravos ou espinhas. Elas são facilmente encontrados em mercados e farmácias.

6 – Hidratação facial

Fonte: Beleza e saúde

Após a extração, deve-se pulverizar um pouco de água termal em todo rosto, secar com algumas palmadinhas suaves com um disco de algodão e aplicar um gel secativo para espinhas ou gel hidratante para pele oleosas com tendência à acne.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Como fazer sua própria máscara de carvão contra cravos

Fonte: Minuto Saudável Tua Saúde

Imagens: Beauty Health Tips Tudo Ela Opas VIX Les Peaux Fatos Desconhecidos Universo Curioso Copias na Net Gaucha ZH Dicas de Mulher

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

5 1 vote
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você