Saúde

Corrimento esverdeado: saiba o que é e como tratar

O corrimento vaginal é sempre um sinal de alerta! Entenda as causas co corrimento esverdeado e o que você pode fazer para evitar que ele seja recorrente.

Nós mulheres precisamos estar sempre atenta a saúde vaginal. Já que essa é uma região sensível e que deve ser sempre monitorada. O corrimento é algo relativamente normal, desde que de seja transparente e corriqueiro. Agora, se você notou o corrimento esverdeado ou em qualquer outra tonalidade, este pode ser um sinal de alerta.

Embora o corrimento seja algo normal, quando existem alterações na cor e no cheiro e também existem alguns outros sinais, é preciso prestar atenção. Isso significa que você pode estar com algum tipo de infecção ou inflamação.

Nesses casos o melhor a se fazer é procurar um médico, mas existem algumas coisas que você pode fazer para evitar que isso ocorra. Além disso, é importante manter sempre alguns hábitos de higiene mínimos, dessa forma as chances de algo parecido ocorrer é mínima.

Conheça agora algumas das causas do corrimento esverdeado e as maneiras de se livrar dele. E claro, mantenha as consultas ao ginecologista sempre em dias!

Causas do corrimento esverdeado

Entenda as causas do corrimento esverdeado e como tratar
Inciclo

Como dissemos acima, o corrimento pode ser sinal de alguma infecção, como a tricomoníase por exemplo. A infecção é causada pelo Trichomonas Vaginalis e além do corrimento esverdeado, causa coceira vaginal, dor ao urinar e também durante as relações sexuais. É importante lembrar que a doença é considerada sexualmente transmissível e requer tratamento com uso de remédios antibióticos.

Outra possível causa possível causa do corrimento esverdeado é a vulvovaginite, uma inflamação que atinge a vulva e o revestimento da vagina. O que agentes causadores da inflamação são vários, a inflamação pode ser causada por fungos, vírus, bactérias e até mesmo por substâncias químicas. Por isso é importante tomar cuidado com sabonetes, perfumes e qualquer outro produto que seja utilizado na região da vagina.

A inflamação também é tratada com o auxílio de remédios que são indicados de acordo com suas causas. O médico pode receitar um antifúngico, ou anti-histamínicos e até antibióticos. Por isso é importante sempre consultar o médico que irá prescrever o tratamento adequado.

Como pôr fim ao corrimento esverdeado?

Entenda as causas do corrimento esverdeado e como tratar
Fertilidade Patrocínio

Como te dissemos a maneira mais rápida e a mais aconselhável é procurar um médico ginecologista. O profissional irá identificar as causas do problema e a melhor forma de tratá-lo. Feito isso, existem algumas outras coisas que você pode fazer em casa, para auxiliar no tratamento.

Primeiramente é preciso lavar a região íntima de 2 a 3 vezes por dia, apenas com água corrente. Com você viu, existem alguns cosméticos que podem ser na verdade os causadores do problema, por isso evite usá-los!

Além disso, evite usar roupas apertadas ou calcinhas de tecido sintético, opte sempre por calcinhas de algodão.

E a coceira?

Para aliviar a coceira você pode pode realizar um banho de assento com água morna ou com chá de goiabeira. Apenas 10 minutos serão o suficiente para aliviar a coceira.

Entenda as causas do corrimento esverdeado e como tratar
Blog do Nove

O mais importante de tudo é ter esses cuidados permanentemente. Não use calças apertadas todos os dias, elas atrapalham a respiração da vagina e propiciam um ambiente quente e úmido que é excelente para o proliferação de fundos e bactérias.

Esteja sempre atenta ao corrimento e qualquer outra alteração vaginal, eles são um sinal de alerta para algo que não está funcionando bem em seu organismo.

Gostou dessa matéria? Então não deixe de conferir: Candidíase, o que é, quais os sintomas, tipos e tratamentos.

Fonte: Tua Saúde.

Imagens: Veja, Inciclo, Fertilidade Patrocínio, Blog do Nove.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

3 1 vote
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você