Todo mundo comete esses erros na hora de lavar roupa, inclusive você!

Se você tem um máquina de lavar, provavelmente, não considera a tarefa de lavar roupa uma missão muito impossível. No entanto, o que a gente não percebe é que, mesmo usando a máquina de lavar, é preciso tomar alguns cuidados especiais durante a lavagem para garantir que nossas roupas tenham uma durabilidade maior.

O problema é que a maioria de nós não conhece as regras para lavar roupa do jeito certo, a não ser que você seja uma dona ou um dono de casa exemplar. E, para isso, você deveria começar lendo cada uma das suas etiquetas. Você faz isso?

Mas não são apenas as instruções nas etiquetas das roupas que a gente costuma ignorar. É comum que, na hora de lavar roupa, a gente junto todas e coloque dentro da máquina sem pensar. Tem gente, por exemplo, que nem separa as peças por cor, não é verdade?

Pode parecer coisa de gente desocupada, mas todos esses erros que eu e você cometemos na hora de lavar roupa podem comprometer bastante a durabilidade do tecido, sem contar no desperdício que acabamos bancando por não saber usar direitinho as coisas da lavanderia. Mas, claro, você confere tudo isso detalhadamente na lista abaixo.

Conheça os 14 erros mais comuns na hora de lavar roupa:

1. Não respeitar as etiquetas

Se você nunca parou para ler as etiquetas de suas roupas, faça isso. O maior erro das pessoas na hora de lavar roupa é não respeitar o que cada tipo de pano precisa nesse momento. Por exemplo, a maioria das peças do seu guarda-roupa, com certeza, não precisam (ou não podem) ser lavadas em água quente, não permitem alvejante e assim por diante.

2. Lavagem pausada

É mais eficiente, mais rápido e gasta menos energia se você não deixar a máquina fazer pausas na hora de lavar a roupa, especialmente se você estiver usando água quente.

3. Usar muito sabão em pó

Não é a quantidade de espuma que vai limpar a roupa que você colocou para lavar. Quando você usa muito sabão em pó ou detergente na lavagem, além de gastar o produto além do necessário, você também vai precisar de mais água e mais energia para o enxágue e ainda corre o risco de danificar o tecido de suas roupas. Lembre-se a máquina, basicamente, trata a espuma como uma outra forma de sujeira na água.

4. Usar muito alvejante

Prefira os alvejantes sem cloro, já que eles costumam danificar menos o tecido. Mesmo assim, controle a mão na hora de utilizá-lo. Esse é um produto que não faz bem para o tecido e ainda traz reflexos à sua saúde e à saúde de sua famílias.

5. Usar muito amaciante

Apesar do cheirinho bom, o amaciante pode não ser tão benéfico assim para suas roupas, em especial para as toalhas. Quando você usa o produto nas suas toalhas de banho, elas tendem a ficar mais macias, mas o produto diminui a capacidade do tecido absorver água. Logo, essa é uma péssima ideia.

Se você quiser continuar com toalhas macias, mas eficientes na hora de enxugar, use vinagre, como ensinamos nessa outra matéria (clique para conferir).

6. Separar roupas só por cor

Embora isso já seja um avanço e tanto (já que não é todo mundo que tem essa paciência), não é só pela cor que as roupas precisam ser separadas na hora a lavagem. Também é bom separar as peças de acordo com o tipo de tecido. Isso porque cada um precisa de um ciclo específico, como no caso do algodão e dos tecidos sintéticos, por exemplo.

7. Esfregar as roupas

Não esfregue suas peças. Além danificar suas unhas e a ressecar ou até mesmo causar irritação na pele, você só estraga as fibras do tecido quando o esfrega e acaba deixando as manchas mais profundas ainda mais impregnadas. O certo é usar um removedor de manchas (aqui temos uma receita caseira) e descobrir na internet mesmo qual é a melhor forma de utilizar esse produto em cada caso.

8. Lavar biquíni na máquina

Se você quiser conservar a elasticidade do pano, a cor e o formato da peça, lave esse tipo de roupa à mão. Por se tratarem de peças delicadas, as máquinas, mesmo no ciclo adequado, podem estragá-las.

9. Lavar zíper aberto

Feche sempre o zíper, na hora de lavar uma calça jeans, por exemplo. Quando você deixa esse acessório aberto as chances dele ficar preso em outras peças e acabar as danificando são enormes.

10. Casacos na máquina

Se você não quiser lavar esse tipo de peça à mão, não se esqueça de colocar algumas bolas de tênis junto com os seus casacos dentro da máquina. Isso vai fazer com que esses itens conservem a forma por mais tempo.

11. Lavar meias separadas

A melhor forma de garantir que você ainda vai ter um par de meias depois de lavar roupa é colocando essas peças para lavar juntas, enroladas. Além de desgastar menos o tecido das meias, isso vai impedir de uma das duas acabe sendo sugada por alguma parte da máquina, como acontece muito com a borracha que isola a porta do tambor.

12. Enxágue simples para roupas de cama

Fronhas, lençóis e outras roupas de cama precisam sempre passar por um enxágue extra para garantir que não ficará sabão acumulado no tecido. Além de desbotar a cor da peça, isso pode despertar alergia em pessoas mais sensíveis.

13. Não limpar a máquina de lavar

Sim, sua máquina também precisa de limpeza, ou a lavagem de suas roupas vão ser bem menos eficientes. Para dar essa “faxina” de vez em quando, confira essa outra matéria.

14. Deixar a máquina de lavar fechada

Se você deixar sua máquina de lavar só fechada, com o tempo, é provável que ela mofe por dentro, especialmente abaixo da borracha que isola a porta do tambor e em outras partes que possam acumular umidade. Portanto, sempre que possível, deixe sua máquina aberta para que seque e tenha seu interior arejado. Esse é um ótimo antídoto contra o mofo.

E aí, quantos desses erros você também cometia até agora? Agora, aproveitando o assunto, essa outra matéria pode ajudar você a poupar um dinheirinho na hora de lavar roupa em casa: Aprenda a fazer sabão líquido caseiro para roupas, sem soda.

Fonte: O Sagaz