Beleza

Chocolate causa espinha? 7 alimentos que causam acne e como reduzir

É verdade mesmo que chocolate causa espinhas? O doce mais querido por todos pode ser uma sobremesa ideal, mas as suas ações dentro do corpo podem contribuir para a melhora ou piora da acne na pele.

É verdade mesmo que chocolate causa espinhas? O doce mais querido por todos pode ser uma sobremesa ideal, mas as suas ações dentro do corpo podem contribuir para a melhora ou piora da acne na pele. Não adianta tornar o doce como vilão da história na hora de falar sobre espinhas: toda a sua alimentação influencia nas inflamações da pele.

Durante a adolescência e a juventude, a piora na pele é mais comum, devido às alterações hormonais que provocam a mudança na oleosidade da pele. Além disso, nas mulheres, essas mudanças são ainda piores quando levamos em conta o período pré-menstrual. Isso porque além de dores uterinas como cólicas e afins, esse período também pode ocasionar um aumento no número de acne na pele.

Todas essas alterações estão intimamente ligadas com a alimentação: não é só o chocolate que causa espinhas. Alimentos, como o chocolate, ricos em açúcar, leite e farinhas refinadas estão relacionados com o aumento da produção de sebo pela pele. Esse aumento é o que contribui para o aparecimento da acne.

Por que o chocolate causa espinhas?

Segundo especialistas, quando consumimos chocolate ou açúcar em excesso, o organismo passa por um processo de glicação. Esse processo une as glicoses (carboidratos) com algumas proteínas, como a elastina e o colágeno. Essa união desestabiliza as proteínas, que se quebram e causam flacidez e criam linhas de expressão.

As temidas rugas também são consequência do consumo excessivo de açúcar, pois a pele perde elasticidade e tonicidade quando a glicação acontece. Alguns dermatologistas afirmam que esse processo é tão prejudicial quanto a ação de radicais livres, que causam o envelhecimento precoce da pele.

7 alimentos, além do chocolate, que causam espinha

Fonte: Site Claudia

Dentre os principais alimentos que causam espinhas estão os alimentos com um alto índice glicêmico. Isto é, alimentos com excesso de gorduras, açúcares e farinha refinadas podem causar um aumento da produção de sebo pelas glândulas sebáceas da pele.

Devido ao alto índice glicêmico, esses alimentos estimulam também a produção de insulina, levando a um pico que leva o açúcar a corrente sanguínea rapidamente. Dessa forma, essas são as características que baseiam a relação desses alimentos com a produção de espinhas na pele.

Conheça agora 11 alimentos que podem ser causadores de acne e devem ser consumidos moderamente:

1. Pizzas e massas estão entre os alimentos que causam acne

Fonte: O clã da pizza

Alimentos ricos em farinha de trigo refinadas, como pizzas, macarrão e massas no geral, possuem altos índices glicêmicos. Toda essa glicose produzida causam inflamação no organismo e principalmente na pele. Evitar o exagero e o consumo em excesso pode ser uma boa escolha para evitar o aparecimento de acnes.

2. Pães, bolos e bolachas

Fonte: Blog Eduk

Da mesma forma que as massas, pães e bolos também são produzidos com grandes quantidades de farinha branca refinada. Além disso, bolos e bolachas recheadas também são ricos em açúcares que aumentam significativamente a quantidade de índice glicêmico e de açúcar no sangue.

3. Chocolates, doces e sobremesas no geral podem causar espinhas

Fonte: iStock Photo

Além do chocolate, doces em geral também podem causar espinhas. Isso acontece por causa do alto nível de açúcar refinado e leite presente nesses alimentos, que são capazes de gerar inflamação na pele. Por isso, não é somente o chocolate que causa espinhas, e essa informação não tem evidências comprovadas.

4. Alimentos fritos e ricos em gorduras trans são possíveis causadores de acne

Fonte: Psicorpus

Tanto quanto os chocolates, alimentos que causam inflamação do organismo também causam espinhas. Isto é, alimentos como temperos em cubos, salsichas, embutidos e frituras são fontes de gorduras que causam inflamações, segundo dermatologistas. Além disso, a gordura hidrogenada é a principal causadora do entupimento dos vasos sanguíneos, que aumentam a possibilidade do colesterol “ruim”, muito prejudicial à saúde.

5. Cervejas e bebidas alcoólicas também podem causar acne

Fonte: UOL

Além de comidas e bebidas alcoólicas terem muitos açúcares, esses alimentos também causam inflamações que aumentam a probabilidade de acne na pele. Fora isso, o álcool causa inflamação nos órgãos e principalmente no fígado, devido ao alto nível de toxinas. Portanto, seu consumo sem moderação está ligado ao aumento de espinhas.

Ainda, o álcool também diminui a absorção de zinco pelo nosso organismo, sendo o zinco um dos principais minerais responsáveis pela redução da oleosidade da pele e da acne. Ademais, consumir bebidas alcoólicas em excesso causa desidratação o que contribui para o ressecamento da pele e o surgimento de espinhas.

6. Leites e derivados do leite causam inflamações que aumentam a acne

Fonte: Globo Esporte – G1

Devido a presença da lactose, proteína presente no leite e seus derivados, algumas pessoas podem ser mais sensíveis a inflamações causadas pela dificuldade de digestão desse açúcar. Isso, consequentemente, irá gerar maiores inflamações na pele e gerar um aumento das acnes nessas regiões.

Também, muitas pessoas não são capazes de digerir a proteína do leite de nenhuma maneira, sofrendo de alergias e irritações, sendo intolerantes à lactose.

7. Fast foods são alimentos que contém todos os ingredientes que provocam a acne

Fonte: Blog Delivery Much

Os alimentos industrializados de fast food contém todos os ingredientes que causam inflamação. Portanto, são ricos em farinhas, açúcares e gorduras.

Entretanto, muitas pessoas acreditam no mito de que as gorduras desses alimentos vão direto para os poros da pele. Essa informação não é comprovada, mas o excesso desses alimentos podem ser causadores de acne.

Como reduzir as espinhas causadas pelo consumo excessivo de chocolate e outros alimentos

Fonte: BuonaVita

Apesar de todos malefícios desses alimentos, muitos deles são benéficos para nossa saúde quando consumidos com moderação. Os chocolates, por exemplo, em suas variações meio amarga e amarga, são ricos em antioxidantes. Portanto, é importante manter uma alimentação equilibrada e saudável para ter uma pele sadia e sem acne.

O chocolate também, quando consumido de forma moderada, renova nossa energia, melhora a circulação sanguínea e libera serotonina, conhecido como “hormônio da felicidade”. Ademais, esse alimento promove a melhora da circulação do sangue e estimula o sistema nervoso central. O correto é evitar os tipos de chocolate mais “gordurosos”, como em brigadeiros ou ovos de páscoa.

Além disso, é importantíssimo no geral manter-se sempre hidratado, tanto para a saúde da pele quanto para saúde do corpo. Por isso, beber bastante água pode ajudar a reduzir a produção de sebo na pele. O ideal, segundo especialistas, é beber em torno de 2 litros de água por dia para um bom funcionamento dos órgãos internos.

1. Evite consumo excessivo de chocolates e alimentos que causam espinhas

Fonte: Circuito MT

Como já mostramos até aqui, para manter uma pele sem acne é necessário ter uma alimentação balanceada e equilibrada. Por isso, é importante evitar excessos de alimentos gordurosos, ricos em farinhas e açúcares refinados e todos os listados aqui.

Além de reduzir a produção de oleosidade na pele, uma alimentação saudável também melhora a sua saúde em todos os aspectos.

2. Substitua os carboidratos refinados por integrais

Fonte: Notícias ao minuto

Para fazer essas substituições, comece aos poucos. Ao invés de arroz branco, opte por arroz integral. Isso vale também para pães tradicionais e integrais.

Além disso, adicionar frutas, legumes e verduras na alimentação pode ajudar a reduzir o consumo de alimentos que causam acne. Por terem açúcares naturais, as frutas e legumes te farão sentir mais saciedade e evitar o desejo excessivo de doces e açúcar refinado.

3. Utilize produtos dermatológicos e protetor solar

Fonte: 100 fronteiras

Para amenizar os efeitos do consumo excessivo de chocolate e outros alimentos que causam espinhas, é necessário manter uma rotina de cuidados com a pele. Por isso, fazer a famosa skincare é realmente importante para renovar as propriedades da pele que se perdem com o tempo.

Algumas pessoas pensam que produtos dermatológicos são muitos caros, mas existem diversos produtos no mercado bem em conta para não deixar de cuidar da pele. Portanto, utilizar produtos como hidratantes, tônicos e máscaras podem te auxiliar a reduzir o número de espinhas. Além disso, o uso de protetor solar diariamente é indispensável para manter a pele saudável e sem manchas.

Entretanto, para começar a utilizar produtos dermatológicos e iniciar um tratamento contra a acne, o ideal é que você passa por uma consulta médica. Diversos dermatologistas são especialistas em acne e podem te auxiliar nessa jornada de cuidados com a pele.

4. Consuma mais alimentos ricos em ômega-3

Fonte: Espartanos

Consumir alimentos ricos em ômega-3 pode te ajudar a reduzir o aparecimento de acne por conta da produção de oleosidade. Sendo assim, alimentos como abacate, salmão, nozes e brócolis ajudam a diminuir o colesterol ruim e estimulam o colesterol bom. A produção desse colesterol melhora a circulação sanguínea e ajudam a combater a inflamação.

5. Evite espremer as espinhas da pele

Fonte: Todateen – UOL

Para melhor eficácia dos tratamentos e da alimentação balanceada, há outro fator importante a ser considerado. Além de causar o aparecimento de manchas, espremer espinhas faz muito mal à saúde da sua pele.

Isso porque ao espremer espinhas, você está machucando as camadas mais finas da pele, que entram em contato com as bactérias das mãos e unhas diretamente.

Caso essas bactérias entrem em contato com as espinhas, podem causar aumento da inflamação e gerar lesões e dores ainda maiores.

6. Consulte um dermatologista

Fonte: Solumedi

Por fim, mesmo com todos os cuidados, realizar uma consulta com um profissional capacitado é totalmente recomendado. Por isso, sempre que possível, agende consultas médicas com seu dermatologista de confiança.

Esse profissional tem todos os conhecimentos para cuidar bem da sua pele e te deixar com a aparência mais saudável e sem espinhas, recomendando os tratamos necessários corretos.

Enfim, gostou desse conteúdo? Se sim, saiba mais sobre a Maskne, o que é? Dicas de como prevenir a acne causada pela máscara.

Fontes: Tua Saúde, Derma Club, Loja Adcos, Agora MT, La Roche-Posay, Site Claudia, Derma Club

Imagens: CPAPS, O clã da pizza, Blog Eduk, iStock Photo, Psicorpus, UOL, Globo Esporte – Globo, Blog Delivery Much, Buona Vita, Circuito MT, Notícias ao minuto, 100 fronteiras, Espartanos, Toda teen, Solumedi.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você