Curiosidades

Primeira mulher no espaço enviada pela China sai em sua primeira missão

A China enviou recentemente sua primeira mulher no espaço, junto de outros dois integrantes em uma missão de 6 meses.

Wang Yaping é o nome da astronauta e primeira mulher chinesa no espaço. O objetivo de sua caminhada espacial foi dar prosseguimento à construção de uma estação espacial, a Tiangong. Nesse sentido, as informações sobre a missão foram anunciadas na última segunda-feira (8), pelas autoridades da China.

A primeira mulher no espaço enviada pela China tem 41 anos, e é piloto e coronel do exército. Além disso, Yaping também é integrante da missão Shenzhou-13, que teve lançamento em outubro. Já a estação espacial Tiangong, que significa “palácio celestial”, é a nova empreitada do país. Recentemente, a China tem buscado avançar na tentativa de se tornar uma potência espacial. Assim, o novo plano se junta ao veículo enviado a Marte e as sondas à Lua.

O módulo central da estação Tiangong entrou em órbita ainda durante este ano. Dessa forma, já deve estar operacional em 2022. A primeira mulher no espaço chinesa e seu colega de missão, Zhai Zhigang, saíram do módulo no último domingo à noite. O objetivo dos dois era instalar um aparelho de suspensão e conectores de transferência na estação.

China envia primeira mulher no espaço

Primeira mulher no espaço

De acordo com a Agência Espacial Chinesa, a missão de Wang Yaping marca a primeira atividade extraveicular da tripulação da Shenzhou-13. Da mesma forma, é também a primeira caminhada da história espacial chinesa com a participação de uma mulher astronauta. Em comunicado, a agência também revelou que o processo foi tranquilo e um sucesso.

A estação chinesa Tiangong deve permanecer operacional por pelo menos 10 anos. Wang Yaping não é apenas a primeira mulher no espaço enviada pela China, mas também a primeira mulher a entrar na estação. Seu comandante de missão, Zhai Zhigang, é um ex-piloto de combate. Em 2008, fez sua primeira caminhada espacial pela China. A operação do grupo no domingo só ocorreu semanas depois da decolagem, e entre os integrantes, além de Wang e Zhai, estava também Ye Guangfu.

Os três partiram do centro de lançamento de Jiuquan, que fica no deserto de Gobi, noroeste da China. Guangfu, o terceiro integrante, é piloto do Exército Popular de Libertação, mas ficou dentro da nave durante a caminhada. Além da primeira atividade, o trabalho da missão envolve instalar alguns equipamentos de teste, bem como tecnologia para outras operações no futuro. Contudo, mais uma caminhada espacial ainda deve ocorrer. A equipe passará 6 meses na estação, enquanto a última a retornar de Tiangong ficou lá por 3 meses, voltando em setembro.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você