Maternidade

Anemia na gravidez, como evitar? Causas, sintomas, riscos e alimentação

A redução de níveis de ferro no organismo causa anemia, assim os tecidos do corpo não recebem a quantidade suficiente de glóbulos vermelhos.

Atualizado em 09/09/2020

Você tem medo de desenvolver anemia na gravidez? Calma, antes de mais nada, é preciso entender que ela pode ser tratada ou evitada, antes de se tornar um problema grave.

Em síntese, a anemia é causada pela redução de níveis de ferro no organismo. Em outras palavras, a doença aparece quando os tecidos do corpo não recebem a quantidade suficiente de glóbulos vermelhos para obterem oxigênio. Isto é, o ferro é um nutriente essencial na gravidez.

Sendo assim, as gravidinhas produzem maior quantidade de sangue para ajudar no crescimento do bebê. Logo, elas precisam do dobro de nutrientes que seriam necessários normalmente. Por isso, é tão importante consumir ferro o suficiente na gestação. Assim, o sangue adicional pode ser produzido sem maiores riscos.

Tipos de anemia na gravidez

Glóbulos vermelhos
Uol
  • Ferropriva: esse é o tipo mais comum de anemia na gravidez. A falta de ferro nas células do corpo representa 95% dos casos, ao passo que, o mineral é responsável por enviar oxigênio dos pulmões para o restante do corpo.
  • Megaloblástica: quando o organismo da grávida não consegue produzir glóbulos vermelhos o suficiente para o bom funcionamento do metabolismo, isto acontece pela deficiência de ácido fólico e vitamina B12.
  • Perniciosa: é causada quando o corpo não consegue absorver uma quantidade suficiente de vitamina B12, extremamente necessária para o trato gastrointestinal.

Sintomas de anemia na gravidez

A gestante precisa estar atenta aos sinais do seu corpo, já que ela pode desenvolver anemia na gravidez, devido às mudanças fisiológicas repentinas no organismo.

Em suma, um simples hemograma é o método mais utilizado para diagnosticar a doença. O médico avalia a quantidade de hemoglobina no exame e prescreve uma medicação conforme a deficiência no organismo da paciente.

Grávida com sintomas
Revista da Mulher

Contudo, alguns principais sintomas podem indicar anemia na gravidez. Caso você esteja sentindo qualquer um destes sintomas, é preciso procurar o seu médico para investigar as causas.

  • Palidez nos lábios, unhas, e pálpebras inferiores;
  • Cansaço prolongado;
  • Fraqueza e falta de ânimo;
  • Tontura;
  • Falta de ar ou apetite;
  • Sangramento no nariz;
  • Dificuldade de concentração;
  • Batimento cardíaco acelerado;
  • Machas roxas no corpo.

Fatores de risco da anemia na gravidez

Em geral, as mulheres grávidas podem se tornar anêmicas, porém existem algumas condições específicas que podem aumentar essas chances.

Além disso, os riscos da anemia grave para a mãe vão desde o parto prematuro, a necessidade de transfusão de sangue durante o nascimento e a depressão pós-parto. Do mesmo modo, o bebê pode nascer com anemia ou atrasos no desenvolvimento.

Anemia na gravidez
Salon

Assim também, alguns fatores podem contribuir para o desenvolvimento da anemia na gravidez, o que posteriormente, pode acarretar numa gestação de risco.

  • Gravidez na adolescência;
  • Duas gestações em um curto espaço de tempo,
  • Já ter tido anemia antes de engravidar;
  • Vômitos em excesso durante a gravidez;
  • Estar grávida de mais de um bebê;
  • Não ingerir alimentos ricos em ferro em quantidade suficiente.

Tratamentos

O tratamento mais indicado é uma alimentação rica em ferro e suplementos alimentares. Todavia, o médico pode receitar uma medicação intravenosa em casos graves.

Em contrapartida, o acompanhamento por um profissional de nutrição é muito importante durante a gravidez, já que a alimentação correta pode evitar a anemia. Assim como, cada paciente deve ser avaliada e orientada conforme as suas necessidades nutricionais.

Alimentação na gravidez

Não é raro algumas grávidas manifestarem o desejo de comer terra ou tijolo, o que não se sabe é que essa vontade pode estar relacionada à falta de ferro no organismo, consequentemente a anemia na gravidez.

Alimentação de grávida
Lá vem bebê

Todos sabemos que as mamães precisam se alimentar bem para fortalecer o sistema imunológico, porém elas também precisam selecionar os alimentos para proteger o bebê.

Assim, um ponto importante é priorizar os alimentos cozidos, além daqueles que possuem vitaminas e minerais suficientes para consumo durante a gravidez. Sendo eles: ácido fólico, ferro, vitamina C e vitamina A.

Portanto, também existem alimentos que devem ser evitados, como comidas cruas, queijos maduros, brotos crus, sorvete de máquina e amendoim. Os cuidados devem ser redobrados com frutas e vegetais, pois devem ser bem lavados e higienizados para evitar contaminação.

Carnes vermelhas

As carnes vermelhas são ricas em ferro, sendo que o fígado, coração de galinha, patinho, lagarto e coxão mole possuem melhor concentração do mineral. Em média, cada 100 gramas contém 2mg de ferro. Lembrando que, a carne precisa ser sempre bem passada, as grávidas devem evitar alimentos crus.

fígado para anemia
Cantinho do Vídeo

Vegetais escuros

Os vegetais escuros são ótimas fontes de ferro, vitaminas e cálcio. As mais indicadas são o espinafre, rúcula, salsa, couve e brócolis. Elas podem ser consumidas nas saladas, sopas ou sucos.

Anemia na gravidez, como evitar? Causas, sintomas, riscos e alimentação
Tudo Gostoso

Grãos

Os grãos são fontes de vitamina B e ferro, por isso, são alimentos muito recomendados para mulheres grávidas. São eles: feijão, lentilha, grão de bico, fava, aveia, linhaça e castanha-do-pará. No entanto, não siga as recomendações populares de colocar prego ou parafuso enferrujado no alimento, isto pode fazer mal.

grãos para anemia
Sabores Anjinomoto

Ademais, outros cuidados alimentares podem ser acrescentados pelo médico para evitar a anemia na gravidez. Ainda assim, comer de forma saudável é a prioridade para minimizar os riscos de qualquer problema durante a gravidez.

Uma observação muito importante na alimentação durante a gestação, é que a mãe só deve comer quando estiver com fome. Definitivamente, é necessário evitar excessos para não ultrapassar o peso ideal para o seu corpo.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também: Estrias na gravidez – O que são, por que surgem e como evitá-las

Fontes: Danone Nutricia, Huggies, Genera e Trocando Fraldas

Imagens: Revista Crescer, Salon, Uol, Revista da Mulher, Lá vem bebê, cantinho do vídeo, Sabores Anjinomoto e Tudo Gostoso

Por <a href='https://areademulher.r7.com/author/karinybianca/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Kariny Bianca</a>
Por Kariny Bianca
Jornalista, goiana e aventureira, sempre em busca de conhecimento e informação. É amante da escrita, interessada em boas conversas e autora de um livro. (@bianca.kariny)