Saúde

Coágulo na menstruação: 7 possíveis causas + como tratar

Muitas mulheres se preocupam quando tem coágulo na menstruação. No entanto, na maioria das vezes trata-se de algo normal.

A menstruação sempre causa preocupações para as mulheres, seja na sua falta ou no excesso. Principalmente, quando há coágulos na menstruação. No entanto, o fato de sair esses coágulos de sangue, geralmente é considerado normal. Pois, está relacionado ao desequilíbrio hormonal durante o ciclo.

Em suma, quando acontece alguma alteração dos hormônios, pode fazer com que o revestimento das paredes internas do útero engrosse. Dessa forma, acaba provocando um sangramento mais abundante e com formação de coágulos. Que podem medir entre 5 mm a 3-4 cm.

Todavia, em alguns casos pode estar relacionado a alguns tipos doenças. Como anemia ou endometriose, por exemplo, precisando então de tratamento. Por isso, é muito importante consultar regularmente um ginecologista. Dessa forma, ele poderá avaliar a causa dos coágulos na menstruação e indicar o tratamento mais adequado.

Coágulos na menstruação: como acontece

Inicialmente, coágulo na menstruação pode causar certa preocupação em várias mulheres. No entanto, esses pedaços que saem nada mais são do que o endométrio se desfazendo, o que é normal. Ou seja, o coágulo é resultado de uma alteração hormonal, o aumento do nível de estrogênio.

Em suma, o endométrio (parede do útero) é rico em progesterona, o que faz com que o sangue saia mais fluído, líquido e na cor vermelho vivo. Mas, quando há um aumento do nível de estrogênio, o sangue se torna mais rígido.

Como resultado, a parede do útero fica mais grossa. Então, o volume de sangue aumenta causando a descamação da parede uterina, fazendo com que pedaços de sangue gelatinosos saiam junto com o sangue menstrual.

Ademais, uma menstruação comum libera de 35 a 40 mililitros de sangue e tecido. Além disso, esse sangue pode ter uma variação de cor, que vai da mais escura, podendo até mesmo apresentar a cor de borra de café, até o vermelho vivo. Da mesma forma, a textura e duração, também podem variar.

Coágulo na menstruação: conflitos sobre origem de sua formação

Coágulo na menstruação: o que são e 7 possíveis causas

De acordo com o Centro de Saúde de Mulheres Jovens no Hospital Pediátrico de Boston (EUA), durante o período menstrual, o corpo libera anticoagulantes para impedir que o sangue menstrual coagule enquanto é eliminado. Mas, quando o volume do fluxo aumenta e se torna muito intenso, nem sempre dá tempo para que os anticoagulantes façam efeito. Como resultado, os coágulos são formados.

Entretanto, há alguns conflitos sobre onde os coágulos na menstruação são formados (vagina ou útero). Pois, a coagulação sanguínea ocorre devido à interação entre a trombina e fibrinogênio. Porém, pesquisas mostraram que nenhuma dessas proteínas estão presentes no sangue menstrual.

Dessa forma, alguns estudos sugerem que é o agente lítico quem dissolve o sangue menstrual que é previamente coagulado. Enquanto que outros sugerem que os coágulos durante o período menstrual são resultados da agregação de células vermelhas às substâncias relacionadas ao muco.

Ademais, a mucosa seria responsável por liquidificar o sangue menstrual. Enfim, seja onde for à origem dos coágulos, de acordo com ginecologistas, é normal sua ocorrência durante fluxos muito intensos.

Além disso, vale lembrar que o sangue menstrual não tem o mesmo processo de sangramentos em outras partes do corpo. Portanto, nem sempre se apresenta na mesma cor, textura, volume e duração de ciclo.

Coágulo na menstruação: principais causas

Como já mencionamos, coágulo na menstruação é normal, podendo significar uma alteração hormonal ou simplesmente uma limpeza no organismo. Entretanto, é preciso ficar atento quando esses coágulos são excessivos. Ou quando a mulher apresenta mais de 2 ciclos menstruais com pedaços de sangue. Pois, em alguns casos pode estar relacionado a alguma doença. Enfim, entre as principais causas estão:

1- Aborto

Coágulo na menstruação: o que são e 7 possíveis causas

Um das causas para sair coágulo na menstruação pode estar relacionado a um aborto espontâneo no 1º trimestre de gestação. Principalmente, se o coágulo apresentar a cor amarelada ou acinzentada. Dessa forma, é importante procurar um ginecologista para que através do exame beta hcg, ele possa confirmar se realmente se trata de um aborto.

Agora, se o sangramento for muito intenso, é preciso ir a um hospital o mais rápido possível. Onde poderá iniciar o tratamento adequado para impedir a perda excessiva de sangue.

Por fim, aborto espontâneo ocorre normalmente nas primeiras semanas de gravidez, onde o sangramento pode durar de 2 a 3 dias.

2- Endometriose

Endometriose é uma doença mais frequente em mulheres entre 30 e 40 anos. No entanto, pode surgir em qualquer idade. Em suma, a endometriose causa o crescimento do tecido do endométrio fora do útero. Dessa forma, o fluxo menstrual se torna mais volumoso e intenso, formando coágulos.

Nesse caso, o mais indicado é consultar um ginecologista para fazer exames que possam confirmar o diagnóstico. E assim, poder indicar o tratamento mais adequado. Enfim, mulheres que desejam engravidar, precisam fazer tratamento com remédios, hormônios, e dependendo do caso, pode ser necessária uma intervenção cirúrgica.

3- Mioma

O mioma é um tumor benigno que pode aparecer na parede interna do útero. Ademais, entre os sintomas estão dor no útero, coágulo na menstruação e sangramentos fora do período menstrual.

Nesse caso, é importante realizar um ultrassom pélvico, que é indicado pelo ginecologista, para poder confirmar o diagnóstico. Por fim, o tratamento consiste na cirurgia para a retirada do mioma e uso de medicamentos.

4- Anemia ferropriva

A anemia ferropriva também pode provocar a formação de coágulos na menstruação. Pois, a deficiência de ferro causada pela anemia, altera a coagulação sanguínea. Dessa forma, o mais indicado é procurar um clínico geral para realizar um exame de sangue para confirmar a doença.

Ademais, o tratamento é feito pelo uso de suplemento de ferro, que é receitado pelo médico. Além do consumo de alimentos ricos e ferro. Por exemplo, feijão, carnes, salda e lentilhas.

5- Hiperplasia endometrial e polipose

Coágulo na menstruação: o que são e 7 possíveis causas

A hiperplasia endometrial e polipose são doenças do endométrio. Sendo que, a hiperplasia endometrial é o crescimento excessivo do endométrio. Já a polipose trata-se da formação de pólipos no endométrio. E ambas podem provocar a formação de coágulos na menstruação.

Enfim, o ginecologista deve ser consultado para a identificação da doença, além de indicar o tratamento. Que é feito através de uma curetagem do tecido do endométrio, mais o uso de progesterona.

6- Deficiência de vitaminas e minerais

Em casos de deficiência de vitamina C ou K pode haver a alteração da coagulação do sangue. Como resultado, causa a formação de coágulo na menstruação. Para o tratamento, é preciso identificar qual o mineral ou vitamina que está deficiente no organismo e aumentar o consumo de alimentos que vão aumentar a quantidade necessária do mineral ou vitamina.

Uma boa dica é aumentar o consumo de espinafre, laranja, brócolis, cenoura ou morango. Que vão ajudar a evitar a formação de coágulo na menstruação.

7- Exames ginecológicos ou parto

É comum após a realização de um exame ginecológico ou complicação no parto ocorra à formação de coágulo na menstruação. No entanto, a menstruação costuma se normalizar após 2  ou 3 dias. Por isso, caso os coágulos continuem saindo, consulte um ginecologista.

Ademais, em alguns casos é comum a presença de pedaços de pele na menstruação. Trata-se de pedaços do endométrio, mas sem a presença de cor. No entanto, se o aparecimento da pele persistir por mais de 2 ciclos seguidos, é importante procurar um ginecologista para a realização de exames.

Então, se você gostou dessa matéria, saiba mais sobre o assunto em: Endometriose, o que é? Sintomas, consequências, tratamento, prevenção.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você